Textos de Apoio

Olá alunos e colegas professores. Neste espaço estarão os textos de apoio que serão utilizados nas nossas aulas expositivas. São esquemas de explicação que deverão ser complementados com anotações durante a aula expositiva. Peço aos colegas professores que caso queiram utilizar este material, fiquem à vontade, mas façam as devidas citações. Bom trabalho!!!

 

AULA 1 – PROF. EDUARDO FERIANI – HISTÓRIA

  • APRESENTAÇÃO E METODOLOGIA
    • AULAS EXPOSITIVAS UTILIZANDO AS NOVAS TIC’S (P)
    • REGISTROS COMPLEMENTARES NA AULA EXPOSITIVA (A);
    • DEDICAÇÃO NOS ESTUDOS PARA OS MOMENTOS QUE ANTECEDEM O JOGO INTERATIVO (A);
    • ORGANIZAÇÃO DO JOGO INTERATIVO (P);
    • DIRECIONAMENTO DA LEITURA (P)
    • TRAZER O LIVRO DIDÁTICO E REALIZAR A LEITURA INDICADA (A);
    • EXPLICAÇÃO E MEDIAÇÃO DA ATIVIDADE PRÁTICA (P);
    • REALIZAR A ATIVIDADE PRÁTICA (A).
  • ANÁLISE DOS RESULTADOS DE AVALIAÇÕES EXTERNAS;
  • AVALIAÇÕES:
    • ATRAVÉS DO SISTEMA DE PONTUAÇÃO. PODENDO O ALUNO FAZER UMA PROVA DE RECUPERAÇÃO AO TÉRMINO DO BIMESTRE CASO NÃO TENHA ALCANÇADO A MÉDIA SATISFATÓRIA.

OBS: A NOTA DA PROVA SERÁ ACRESCIDA AOS PONTOS, PORTANTO NÃO SUBSTITUIRÁ OS PONTOS.

VEJA O EXEMPLO:

  • NOTA MÁXIMA DA SALA: 82

82 – MÉDIA 10

73 – MÉDIA 9

65 – MÉDIA 8

57 – MÉDIA 7

49 – MÉDIA 6

41 – MÉDIA 5

33 – MÉDIA 4

25 – MÉDIA 3

17 – MÉDIA 2

  • NOTA MÁXIMA DA SALA: 82
  • 41 – MÉDIA 5

PEDRO FECHOU COM 38 PONTOS (PRECISA TIRAR 3 NA PROVA DE RECUPERAÇÃO);

BRUNA FECHOU COM 30 PONTOS (MESMO TIRANDO 10 NÃO CONSEGUIRÁ A MÉDIA 5, POIS ALCANÇARÁ APENAS 40 PONTOS).

  • RECUPERAÇÃO CONTÍNUA
    • PERGUNTAS ORAIS SEM CONSULTA SOBRE O CONTEÚDO EXPLICADO VALENDO PONTOS EXTRAS PRIORIZANDO OS ALUNOS COM BAIXA PONTUAÇÃO;
    • LEITURA DE RECUPERAÇÃO: PERGUNTAS ORAIS COM CONSULTA SOBRE AS ANOTAÇÕES DA LEITURA VALENDO PONTOS EXTRAS PRIORIZANDO OS ALUNOS COM BAIXA PONTUAÇÃO;
    • UM PONTO EXTRA NAS ATIVIDADES PRÁTICAS FINAIS PARA OS ALUNOS COM NOTA PRÓVISÓRIA INSATISFATÓRIA.
  • PROVA DE RECUPERAÇÃO
    • DISSERTATIVA;
    • NÍVEL DE DIFICULDADE ALTO.
  • SISTEMA DE PONTUAÇÃO (SEQUÊNCIA DIDÁTICA)
    • ANOTAR A PAUTA;
    • RESPONDER CHAMADA;
    • ATENÇÃO ÀS AULAS;
    • REGISTROS COMPLEMENTARES;
    • JOGO INTERATIVO;
    • LEITURA DE RECUPERAÇÃO;
    • ATIVIDADE PRÁTICA FINAL.
  • PORTAL DE HISTÓRIA
  • CARIMBO
    • ATIVIDADE NÃO REALIZADA
      • DEVER DE CASA;
      • TEXTO-ESQUEMÁTICO.
        • CASO NÃO ESTEJA ASSINADO PELO RESPONSÁVEL A PONTUAÇÃO É BLOQUEADA ATÉ A APRESENTAÇÃO DA ASSINATURA.
      • REGRAS DE CONVIVÊNCIA
        • ATRASOS;
        • BONÉS;
        • BALAS, CHICLETES, ETC…;
        • CONVERSA NA EXPLICAÇÃO;
        • FALTA DE ATENÇÃO NAS EXPLICAÇÕES.
        • TOMAR ÁGUA / IR AO BANHEIRO
  • A IMPORTÂNCIA DE ESTUDAR HISTÓRIA;
  • HORA DO VÍDEO;
  • AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA;
  • CORREÇÃO DA AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA.

____________________________________________________________________

A CONSOLIDAÇÃO DA INDEPENDÊNCIA DOS EUA

  • AMPLIAÇÃO TERRITORIAL (MARCHA OU CORRIDA PARA O OESTE) ATÉ OCEANO PACÍFICO;
  • EXPANSIONISMO (ACORDOS DIPLOMÁTICOS, COMPRAS OU GUERRAS):
    • 1803 – LOUISIANA (FRA);
    • 1829 – FLÓRIDA (ESP);
    • 1846 – OREGON (ING);
    • 1867 – ALASCA (RUS)
  • CONFLITOS COM OS INDÍGENAS
  • MOCINHOS X BANDIDOS???
    • SIOUX – NORTE;
    • APACHES – APACHES;
    • DIZIMAÇÃO DE POPULAÇÕES INDÍGENAS.
  • FILMES DO GÊNERO FAROESTE (WEST – OESTE, FAR – LONGE);
  • TEORIA DO DESTINO MANIFESTO – SÉC 19 – DOMINAÇÃO DA AMÉRICA;
  • DOUTRINA MONROE – JAMES MONROE – 1823 – “A AMÉRICA PARA OS AMERICANOS” – LIBERTAÇÃO DAS COLÔNIAS ESPANHOLA E PORTUGUESAS NA AMÉRICA;
  • GUERRA DE SECESSÃO (1861 – 1865)
    • SURGIMENTO DE VÁRIOS ESTADOS;
    • DIVERGÊNCIAS ENTRE OS ESTADOS DO NORTE E DO SUL
      • NORTE QUERIA AUMENTO DAS TAXAS ALFANDEGÁRIAS, O SUL NÃO;
      • NORTE DEFENDIA A ABOLIÇÃO DA ESCRAVATURA, O SUL NÃO;
      • NORTE DEFENDIA QUE OS RECURSOS FEDERAIS FOSSEM USADOS EM FERROVOAS, O SUL EM PORTOS.
      • PARTIDO REPUBLICANO (NORTE) E DEMOCRATA (SUL)
      • ELEIÇÕES DE 1860 – ABRAHAN LINCOLN – PARTIDO REPUBLICANO – ABOLIÇÃO DA ESCRAVATURA;
      • ESTADOS CONFEDERADOS DA AMÉRICA – 10 ESTADOS;
      • GUERRA – 4 ANOS – 1 MILHÃO DE MORTOS – VITÓRIA DO NORTE.
      • SURGIMENTO DO GRUPO KU KLUX KLAN.
    • INDEPENDÊNCIA DE CUBA:
      • 1898 – APOIO DOS EUA CONTRA A ESPANHA – CUBANOS (MAIORES PRODUTORES DE AÇÚCAR DO MUNDO) – EMENDA PLATT (DIREITO DE INTERVIR NA POLÍTICA CUBANA E OCUPAR MILITARMENTE A ILHA);
    • INTERVENÇÃO NO PANAMÁ:
      • 1903 – APOIO DOS EUA CONTRA A COLOMBIA – CANAL DO PANAMÁ;
    • PRESIDENTE THEODORE ROOSEVELT – BIG STICK (“DEVEMOS FALAR MACIO COM UM GRANDE PORRETE NA MÃO”).

____________________________________________________________________

A ÁFRICA ATLÂNTICA

  • NOMES DO CONTINENTE AFRICANO: LÍDIA (GREGOS E ROMANOS), ETIÓPIA (EUROPEUS- GRANDES NAVEGAÇÕES);
  • BERÇO DA HUMANIDADE – PRIMEIROS HOMINÍDEOS / EGITO;
  • PÉRIPLO AFRICANO (CONTORNO DA ÁFRICA) – RELACIONAMENTO COM OS AFRICANOS – ESCRAVIZAÇÃO;
  • ÁFRICA ÁRABE – MUÇULMANOS – NOROESTE AFRICANO – CEUTA (1415) – SOCIEDADE URBANA (SURPRESA DOS PORTUGUESES);
  • QUANTIDADE MUITO GRANDE DE POVOS COM LÍNGUA, COSTUMES E RELIGIÃO PRÓPRIOS;
  • DIFICULDADE DO ESTUDO DOS POVOS AFRICANOS SUBSAARIANOS
  • NÃO USAVAM ESCRITA;
  • USAVAM MADEIRA E BARRO COMO MATÉRIA-PRIMA (SENSÍVEIS AO TEMPO);
  • IORUBAS (ATUAL NIGÉRIA), MUSGUNS (ATUAL CAMARÕES), ACHANTI (ATUAL GANA), BAPUNAS (ATUAL ZAIRE).

 

____________________________________________________________________

CAFÉ E A ABOLIÇÃO DA ESCRAVIDÃO NO BRASIL

 

  • INÍCIO DO SÉCULO 19 – CAFÉ (VALE DO PARAÍBA: PROVÍNCIAS DE SÃO PAULO E RIO DE JANEIRO) – SOLO FÉRTIL / ESTRADAS (AS MESMAS USADAS PARA EXTRAÇÃO AURÍFERA NO SÉCULO ANTERIOR);
  • APÓS 1870 – CAFÉ – OESTE PAULISTA (CAMPINAS E RIBEIRÃO PRETO) – ESGOTAMENTO DO SOLO NO VALE DO PARAÍBA / TERRA ROXA / ESTRADAS DE FERRO;
  • SUBSTITUIÇÃO DE EXPORTAÇÕES DE VÁRIOS PRODUTOS PELO CAFÉ – VULNERABILIDADE DA ECONOMIA;
  • LEI EUZÉBIO DE QUEIROZ – DIMINUIÇÃO DA MÃO-DE-OBRA NEGRA AFRICANA – PRESSÃO INGLESA;
  • FUGA DE ESCRAVOS – QUILOMBOS – QUILOMBOLAS – QUILOMBO DOS PALMARES (SERRA DA BARRIGA – ALAGOAS);
  • CONFLITOS ENTRE ESCRAVISTAS X ABOLICIONISTAS;
  • ESCRAVISTAS (CRIAÇÃO DE LEIS ATENUANTES DA ESCRAVIDÃO):

– LEI DO VENTRE LIVRE (1871) – VIVERIAM COM AS MÃES ATÉ OS 7 ANOS – TRABALHARIAM ATÉ OS 14 ANOS;

– LEI SARAIVA-COTEGIPE (DOS SEXAGENÁRIOS – 1885) – ALFORRIA DOS ESCRAVOS COM 65 ANOS;

– LEI ÁUREA (1888) – INTENSIFICAÇÃO DA IMIGRAÇÃO EUROPEIA;

  • SÃO PAULO – SUBSTITUIÇÃO DA MÃO-DE-OBRA ESCRAVA

– SISTEMA DE PARCERIA (IMIGRANTE ENTREGARIA PARTE DA PRODUÇÃO PARA PAGAR A VIAGEM, INSTALAÇÕES, COMIDA, ETC…) – REVOLTAS (REVOLTA DA FAZENDA DE IBICABA;

– SISTEMA DE COLONATO (COLONO PASSA A RECEBER UM PEQUENO SALÁRIO ANUAL PARA CUIDAR DE UM CERTO NÚMERO DE PÉS DE CAFÉ E NO FINAL DA COLHEITA, O COLONO RECEBIA UM OUTRO SALÁRIO. ALÉM DO SALÁRIO, O IMIGRANTE TINHA A SUA DISPOSIÇÃO TERRAS, ONDE CULTIVAVAM ALIMENTOS PARA SI.)

____________________________________________________________________

A CORTE PORTUGUESA NO BRASIL

– Bloqueio Continental – decisão de D. João VI – invasão francesa- conquista as Espanha – José Bonaparte;


– A fuga (1807) – 15 mil pessoas – proteção inglesa – ataque dos piolhos – chegada na Bahia e lá ficando por um mês;

 

– Abertura dos portos às nações amigas (Inglaterra) em 1808 – partida da corte para o Rio de Janeiro (lá viviam 60 mil pessoas) – requisição de casas (P.R) – ótima recepção (maioria da população delirante);

 

– Transformação do Rio de Janeiro (sistema de esgoto, mais comércio, criação do Banco do Brasil, mudança de arquitetura, criação da Imprensa Nacional, criação da Escola de Medicina);

 

– 1816 – contratação da Missão Artística Francesa (1816 – Joachim Lebreton (pintor), Nicolay Antoine Taunay (pintor), Auguste Marie Taunay (escultor), Jean-Baptiste Debret (pintor), Augusto Henrique Vitorio Grandjean de Montigny (arquiteto).

____________________________________________________________________

A CHEGADA DOS PORTUGUESES AO BRASIL

  • ROTA DAS ESPECIARIAS —> MUÇULMANOS VENDIAM PARA OS COMERCIANTES DE GÊNOVA E VENEZA (CIDADES ITALIANAS) —> COMERCIANTES DE GÊNOVA E VENEZA VENDEM AS ESPECIARIAS PARA O RESTO DA EUROPA (LUCRO DE ATÉ 4000%);

 

  • ESPANHA E PORTUGAL DESEJAM ALCANÇAR A FONTE DAS ESPECIARIAS (ÍNDIAS) –> DESENVOLVEM NOVAS TÉCNICAS DE NAVEGAÇÃO (CARAVELA, MAPAS, ESCOLA DE NAVEGAÇÃO, BÚSSULA, ETC);

 

  • ROTA DE PORTUGAL —> (CONTORNO DA ÁFRICA): 1415 — CONQUISTA DE CEUTA (NORTE DA ÁFRICA) 1434 — CONQUISTA DO CABO BOJADOR / 1488 — CONQUISTA DO CABO DA BOA ESPERANÇA 1498 — CHEGADA ÀS ÍNDIAS;

 

  • ROTA DA ESPANHA —> NAVEGAR PARA O OESTE PARA DAR A VOLTA AO MUNDO E CHEGAR ÀS ÍNDIAS – 12/10/1492 – TRATADO DE TORDESILHAS;

 

  • – 22/04/1500 – “DESCOBRIMENTO” – ILHA DE VERA CRUZ / TERRA DE SANTA CRUZ /BRASIL – SISTEMA DE ARRENDAMENTO – ARRENDATÁRIO (PORTUGAL) – ENVIAR 6 NAVIOS/ANO PARA VIGIAR A COSTA – PRÁTICA DO ESCAMBO E ESCRAVIZAÇÃO;

 

  • – 1530 – CAPITANIAS HEREDITÁRIAS (15) – DONATÁRIO TINHA O DIREITO DE ADMINISTRAR A TERRA, FICAR COM PARTE DOS IMPOSTOS DA COROA E O DEVER DE FUNDAR CIDADES – SÃO VICENTE E PERNAMBUCO;

 

  • – OCUPAÇÃO LITORÂNEA – CANA-DE-AÇÚCAR – ENGENHOS – SENHORES DE ENGENHO – ESCRAVIZAÇÃO DE AFRICANOS;

 

  • – GOVERNO GERAL – TOMÉ DE SOUSA (GOVERNADOR GERAL 1549-1553) – CARGOS DE OUVIDOR-MOR (JUSTIÇA), GUARDA-MOR (DEFESA DO LITORAL) E PROVEDOR-MOR (IMPOSTOS) – PRINCIPAIS MEDIDAS: DOAÇÃO DE SESMARIAS / INCENTIVO À CRIAÇÃO DE GADO / FUNDAÇÃO DE CIDADES / COMBATE À REVOLTAS INDÍGENAS) – DUARTE DA COSTA (1552-1558) – MEM DE SÁ (1558-1572).

____________________________________________________________________

CHINA ANTIGA

  • POVOS QUE FORMARAM A CHINA:

CULTURA DO NORDESTE: CAÇADORES, AGRICULTORES, CRIADORES DE PORCOS, CERAMISTAS;

CULTURA DO NORTE: CAÇADORES E PASTORES NÔMADES;

CULTURA DO NOROESTE: PASTORES, CRIADORES DE CAVALOS, AGRICULTURA SUBSIDIÁRIA (PARA O CONSUMO PRÓPRIO);

CULTURA DO OESTE: PASTORES DE OVELHAS (REGIÃO DAS MONTANHAS);

CULTURA DO LESTE: CAÇADORES E COLETORES (REGIÃO DAS MONTANHAS);

CULTURA DO LITORAL: NAVEGADORES NOS RIOS E MAR;

  • 1501 A.C. — 1122 A.C. –> ÉPOCA DA DINASTIA SHANG: BASEAVA-SE NO PLANTIO DE CEREAIS COMO AVEIA, TRIGO E ARROZ; ANIMAIS DOMESTICADOS: CAVALOS, BOI, OVELHA, GALINHA, PATO, PORCO E CACHORRO;
  • 1122 A.C. — 221 A.C. —> ÉPOCA DA DINASTIA ZHOU: ÉPOCA FEUDAL DA CHINA —> FEUDOS ERAM GRANDES EXTENSÕES DE TERRAS QUE ERAM PASSADAS PARA OS DESCENDENTES (NÃO PODIAM SER VENDIDAS OU ENTREGUES PARA PESSOAS DE OUTRAS FAMÍLIAS) NESTA ÉPOCA NASCEU CONFÚCIO: CRIADOR DE ESCOLAS, PREGAVA O AMOR ENTRE AS PESSOAS, SUA FORMA DE ENSINAR BASEAVA-SE NA REPETIÇÃO;
  • 221 A.C. — 220 D.C. : ÉPOCA DA DINASTIA HAN: O TÍTULO DE REI É SUBSTITUÍDO POR IMPERADOR — DESENVOLVIMENTO DO COMÉRCIO COMO OCIDENTE (ROTA DA SEDA);
  • 220 — 581 —> DIVISÃO DO TERRITÓRIO EM VÁRIOS PEQUENOS REINOS — ENTRADA NO TERRITÓRIO DA 1ª GRANDE RELIGIÃO DA CHINA: O BUDISMO;
  • 581 — 618: ÉPOCA DA DINASTIA SUI: CONSEGUE REUNIFICAR O TERRITÓRIO;
  • 618 — 907: ÉPOCA DA DINASTIA TANG: CRIAÇÃO DE DUAS UNIVERSIDADES E UM CÓDIGO DE LEIS;
  • 907 — 1279 —> CHINA INVADIDA POR ESTRANGEIROS;
  • 1279 — 1368: ÉPOCA DA DINASTIA YUAN: PEQUIM PASSA A SER A CAPITAL DA CHINA;
  • 1368 — 1644: ÉPOCA DA DINASTIA MING: A PORCELANA CHINESA PASSA A SER COMPRADA POR VÁRIOS POVOS;
  • 1644 — 1911 —> ÉPOCA DA DINASTIA QIN: ÚLTIMA DINASTIA NO PODER, QUE DUROU ATÉ A REPÚBLICA;
    • PRINCIPAIS INVENÇÕES DA CHINA: SEDA; MACARRÃO; FOGOS DE ARTIFÍCIO; PÓLVORA; PORCELANA.

____________________________________________________________________

OS DEZ PRINCÍPIOS DA CONFERÊNCIA DE BANDUNG

  • MONTAGEM DO GRUPO (4 PESSOAS)
  • PESQUISA (LIVROS, INTERNET)
  • MONTAGEM DO CARTAZ: INFORMAÇÕES E IMAGENS SOBRE O FATO;
    • Não esquecer de citar as fontes.
  • APRESENTAÇÃO DO CARTAZ

____________________________________________________________________

A REGIÃO DO CRESCENTE FÉRTIL

 

  • SURGIMENTO NO ORIENTE PRÓXIMO (REGIÃO DO CRESCENTE FÉRTIL) –> BOAS CONDIÇÕES GEOGRÁFICAS : GRANDES RIOS (NILO, TIGRE E EUFRATES) E CLIMÁTICAS: CHUVAS NO INVERNO, HUMUS NAS MARGENS QUANDO O RIO DESCE;

 

  • DESENVOLVIMENTO DA AGRICULTURA –> SEDENTARISMO -> PROCESSO DE LONGA DURAÇÃO;

 

  • RIOS SERVEM DE ACESSO AS MATÉRIAS-PRIMAS → NECESSIDADE DE COOPERAÇÃO ENTRE OS HOMENS -> LIDERANÇA PARA DIVIDIR AS TAREFAS (CHEFE);

 

  • MELHORIA NOS MEIOS DE TRANSPORTES -> DESENVOLVIMENTO DO COMÉRCIO DO EXCEDENTE (PRODUTOS QUE SOBRAM) – INICIALMENTE TROCAS DE PRODUTOS DIFERENTES -SURGIMENTO DE UNIDADES DE TROCA (GADO, COBRE, OURO, PRATA) – SURGIMENTO DE MERCADORES ESPECIALIZADOS (BUSCAVAM PRODUTOS EM REGIÕES DISTANTES PARA REVENDER);

 

  • DESENVOLVIMENTO DO COMÉRCIO –> INVENÇÃO DA ESCRITA (CONTAGEM, CALENDÁRIO, MEDIDAS, NOME DOS PRODUTOS, ETC);

 

  • DIVISÃO DE TAREFAS -> DESIGUALDADE DE RIQUEZAS ENTRE OS CIDADÃOS -> SURGIMENTO DE LEIS;

 

  • GOVERNANTE -> INICIALMENTE O MAIS VELHO, DEPOIS O CHEFE RELIGIOSO OU O GRANDE GUERREIRO -> SURGIMENTO DAS CIDADES – ESTADOS -> CONTROLE DAS CIDADES DOS RECURSOS FINANCEIROS (IMPOSTOS).

____________________________________________________________________

A CRISE DE 1929

– FIM DA PRIMEIRA GUERRA MUNDIAL: OS TRATADOS DE PAZ NÃO ACABARAM COM O CLIMA DE INSTABILIDADE / ALEMANHA NÃO CONSEGUIA PAGAR A INDENIZAÇÃO IMPOSTA PELO TRATADO DE VERSALHES / INGLATERRA E FRANÇA DEVIAM MUITO PARA OS EUA (ARMAS E ALIMENTOS COMPRADOS DURANTE A GUERRA) / PRESSÃO SOBRE A ALEMANHA PARA PAGAR SUA DÍVIDA / EUA PASSAM A INVESTIR NA CONSTRUÇÃO DA ALEMANHA;

– PAÍSES EUROPEUS TOMAM MEDIDAS PROTECIONISTAS (IMPOSTOS ALTOS PARA OS PRODUTOS ESTRANGEIROS QUE ENTRASSEM NO PAÍS) – OBJETIVO: EQUILÍBRIO FINANCEIRO;

– EUA –> FASE DE GRANDE PROSPERIDADE : INVESTIMENTO EM INDÚSTRIAS DE BENS DE CONSUMO E TECNOLOGIA – ACELERAÇÃO DO RITMO DE PRODUÇÃO (CARROS, RÁDIOS, TELEFONES, ETC) -EUFORIA CONSUMISTA NA CLASSE MÉDIA;

– METADE DA DÉCADA DE 1920 – FRANÇA E INGLATERRA PAGAM SUAS DÍVIDAS COM EUA / FIM DAS IMPORTAÇÕES DA FRA E ING DE PRODUTOS DOS EUA / CRISE DE SUPERPRODUÇÃO NOS EUA -> DESVALORIZAÇÃO DOS PREÇOS (MUITO PRODUTO NO MERCADO) –DIMINUIÇÃO NO LUCRO DOS EMPRESÁRIOS – –> DESVALORIZAÇÃO NO PREÇO DAS AÇÕES DAS EMPRESAS NA BOLSA DE VALORES –> DEMISSÃO DE FUNCIONÁRIOS –> FALÊNCIA DE MILHARES DE EMPRESAS;

– 1929 -> AUGE DA CRISE: GRANDE PARTE DOS INVESTIDORES TENTAM VENDER SUAS AÇÕES (QUEBRA DA BOLSA DE NOVA YORQUE) – FALÊNCIA DE BANCOS (TAMBÉM ERAM PROPRIETÁRIOS DE AÇÕES) – MILHÕES DE DESEMPREGADOS – AUMENTO NO NÚMERO DE SUICÍDIOS;

– CRISE NOS EUA AFETA TODO 0 MUNDO – DIMINUIÇÃO DAS EXPORTAÇÕES PARA OS EUA;

– PRESIDENTE ROOSEVELT (PLANO ECONÔMICO – NEW DEAL):

  • FECHAMENTO TEMPORÁRIO DOS BANCOS.-
  • USO DAS RESERVAS DE OURO PARA REGULAR O MERCADO;
  • CRIAÇÃO DA PREVIDÊNCIA SOCIAL;
  •  SALÁRIO-MÍNIMO;
  •  AMPLO PROGRAMA DE OBRAS PÚBLICAS (RODOVIAS, ESCOLAS, AEROPORTOS, ETC).

– A SITUAÇÃO MELHORA MAS NÃO SE RESOLVE ATÉ EXPLOSÃO DA SEGUNDA GUERRA MUNDIAL

____________________________________________________________________

A CRISE DE 1929 E A ASCENSÃO DE REGIMES AUTORITÁRIOS

– FIM DA PRIMEIRA GUERRA MUNDIAL: OS TRATADOS DE PAZ NÃO ACABARAM COM O CLIMA DE INSTABILIDADE / ALEMANHA NÃO CONSEGUIA PAGAR A INDENIZAÇÃO IMPOSTA PELO TRATADO DE VERSALHES / INGLATERRA E FRANÇA DEVIAM MUITO PARA OS EUA (ARMAS E ALIMENTOS COMPRADOS DURANTE A GUERRA) / PRESSÃO SOBRE A ALEMANHA PARA PAGAR SUA DÍVIDA / EUA PASSAM A INVESTIR NA CONSTRUÇÃO DA ALEMANHA;

– PAÍSES EUROPEUS TOMAM MEDIDAS PROTECIONISTAS (IMPOSTOS ALTOS PARA OS PRODUTOS ESTRANGEIROS QUE ENTRASSEM NO PAÍS) – OBJETIVO: EQUILÍBRIO FINANCEIRO;

– EUA –> FASE DE GRANDE PROSPERIDADE : INVESTIMENTO EM INDÚSTRIAS DE BENS DE CONSUMO E TECNOLOGIA – ACELERAÇÃO DO RITMO DE PRODUÇÃO (CARROS, RÁDIOS, TELEFONES, ETC) -EUFORIA CONSUMISTA NA CLASSE MÉDIA;

– METADE DA DÉCADA DE 1920 – FRANÇA E INGLATERRA PAGAM SUAS DÍVIDAS COM EUA / FIM DAS IMPORTAÇÕES DA FRA E ING DE PRODUTOS DOS EUA / CRISE DE SUPERPRODUÇÃO NOS EUA -> DESVALORIZAÇÃO DOS PREÇOS (MUITO PRODUTO NO MERCADO) –DIMINUIÇÃO NO LUCRO DOS EMPRESÁRIOS – –> DESVALORIZAÇÃO NO PREÇO DAS AÇÕES DAS EMPRESAS NA BOLSA DE VALORES –> DEMISSÃO DE FUNCIONÁRIOS –> FALÊNCIA DE MILHARES DE EMPRESAS;

– 1929 -> AUGE DA CRISE: GRANDE PARTE DOS INVESTIDORES TENTAM VENDER SUAS AÇÕES (QUEBRA DA BOLSA DE NOVA YORQUE) – FALÊNCIA DE BANCOS (TAMBÉM ERAM PROPRIETÁRIOS DE AÇÕES) – MILHÕES DE DESEMPREGADOS – AUMENTO NO NÚMERO DE SUICÍDIOS;

– CRISE NOS EUA AFETA TODO 0 MUNDO – DIMINUIÇÃO DAS EXPORTAÇÕES PARA OS EUA;

– PRESIDENTE ROOSEVELT (PLANO ECONÔMICO – NEW DEAL):

  • FECHAMENTO TEMPORÁRIO DOS BANCOS.-
  • USO DAS RESERVAS DE OURO PARA REGULAR O MERCADO;
  • CRIAÇÃO DA PREVIDÊNCIA SOCIAL;
  •  SALÁRIO-MÍNIMO;
  •  AMPLO PROGRAMA DE OBRAS PÚBLICAS (RODOVIAS, ESCOLAS, AEROPORTOS, ETC).

– A SITUAÇÃO MELHORA MAS NÃO SE RESOLVE ATÉ EXPLOSÃO DA SEGUNDA GUERRA MUNDIAL

  • CRISE SOCIAL E ECONÔMICA:

CULPADOS REAIS: 1ª GRANDE GUERRA; CRISE DE 1929;
CULPADOS PARA OS ALEMÃES E ITALIANOS: MODELO LIBERAL-DEMOCRÁTICO.
• ALTERNATIVA ALEMÃ E ITALIANA:
IMPLANTAÇÃO DE REGIMES AUTORITÁRIOS

  • CARACTERÍSTICAS PRINCIPAIS:
    – MILITARISMO;
    – NACIONALISMO;
    – UNIPARTIDARISMO;
    – GOVERNO DITATORIAL;
    – CULTO DA PERSONALIDADE;
    – EXPANSIONISMO;
    – RACISMO (ALEMANHA).
  • ALEMANHA:
    – CRISE SOCIAL / ADOLF HITLER – UM DOS FUNDADORES DO PARTIDO NACIONAL SOCIALISTA DOS TRABALHADORES ALEMÃES (NAZISMO) / 1932: MAIORIA NO PARLAMENTO / 1933: HITLER ASSUME COMO 1º MINISTRO / 1934: MORTE DO PRESIDENTE HINDEMBURG – HITLER ASSUME COMO DITADOR – MUDANÇA DA BANDEIRA – FIM DOS OUTROS PARTIDOS / TERCEIRO REICH (3º IMPÉRIO) / 1º – SACRO IMPÉRIO ROMANO-GERMÂNICO / 2º – UNIFICAÇÃO ALEMÃ.

___________________________________________________________________

A CRISE NO FEUDALISMO

TERRA SANTA (BELÉM, JERUSALÉM, NAZARÉ) – LOCAIS SAGRADOS PARA OS CRISTÃOS E OUTROS POVOS

638 – MUÇULMANOS CONQUISTAM JERUSALÉM (SAGRADA PARA OS MUÇULMANOS)

CRENÇA DE UM ÚNICO DEUS (ALÁ) / LIVRO SAGRADO (ALCORÃO) / CRENÇA EM PROFETAS, MAOMÉ ERA CONSIDERADO O MAIOR DOS PROFETAS.

PAPA URBANO II CONVOCA OS CRISTÃOS PARA RECONQUISTAREM JERUSALÉM ATRAVÉZ DO CONCÍLIO DE CLERMONT:

  • CRISTÃOS QUE LUTASSEM TERIAM SEUS PECADOS PERDOADOS; CRISTÃOS QUE NÃO LUTASSEM SERIAM EXCOMUNGADOS (EXPULSOS) DA IGREJA.

CRUZADAS (EXPEDIÇÕES RELIGIOSAS-MILITARES P/ RECONQUISTAR JERUSALÉM) / CRUZADOS (PARTICIPANTES DAS CRUZADAS – USAVAM CRUZES COSTURADAS NAS ROUPAS).

PARTICIPANTES:

  • NOBRES –> PARA AMPLIAR SUAS RIQUEZAS;
  • JOVENS NOBRES -> CONSEGUIR TERRAS POIS SOMENTE O FILHO MAIS HERDARIA O FEUDO;
  • CAMPONESES → OPORTUNIDADE DE SAIR DA MISÉRIA.

8 CRUZADAS REALIZADAS – 200 ANOS

1ª CRUZADA (CONHECIDA COMO CRUZADA POPULAR) – 1096 (CONVOCADA PELO PAPA URBANO II) – CONQUISTA DE JERUSALÉM PELOS CRISTÃOS – FUNDAÇÃO DO REINO CRISTÃO DE JERUSALÉM.

APÓS ALGUNS ATAQUES OS MUÇULMANOS RECONQUISTAM JERUSALÉM.

NOVAS CRUZADAS REALIZADAS (TOTAL DE 8)

1212: CRUZADA DAS CRIANÇAS – 50 MIL CRIANÇAS PARTEM PARA RECONQUISTAR JERUSALÉM – GRANDE FRACASSO (MORTAS OU ESCRAVIZADAS).

CONSEQUÊNCIA DAS CRUZADAS – AUMENTO DO COMÉRCIO ENTRE O OCIDENTE E O ORIENTE.

CIDADES CONHECIDAS COMO “BURGOS”

  • FORTIFICADAS
  • PARTE MAIS ALTA DA REGIÃO
  • PRÓXIMA DE UM RIO

CORPORAÇÕES DE OFÍCIO OU GUILDAS

  • ASSOCIAÇÕES DE COMERCIANTES (ARTESÃOS, PADEIROS, FERREIROS, ETC)
  • TODOS COMERCIANTES TINHAM QUE SE FILIAR OU ERAM EXPULSOS
  • PARA INGRESSAR NA GUILDA COMEÇAVA COMO UM APRENDIZ NA OFICINA DE UM MESTRE

OBJETIVOS DAS GUILDAS

  • REGULAR A CONCORRÊNCIA
  • ESTABELECER PADRÕES DE QUALIDADE
  • ORGANIZAR A COMPRA DE MATÉRIAS-PRIMAS
  • FAZER PUBLICIDADE (PROPAGANDA)

FEIRAS

  • CENTRO DOS BURGOS
  • ANUAIS OU EM FESTAS RELIGIOSAS – MAIS FAMOSA FOI A FEIRA DE CHAMPAGNE (ATUAL FRANÇA)
  • VENDA DE PRODUTOS DO ORIENTE (TEMPEROS, SEDAS, JÓIAS) E DA EUROPA
  • MAIOR USO DE MOEDAS (DIMINUINDO AS TROCAS POR PRODUTOS DIFERENTES)
  • ENRIQUECIMENTO DA BURGUESIA.

____________________________________________________________________

A CRISE DO MODELO SOCIALISTA

 

  • TERMO SOCIALISMO;

 

  • URSS
    • CRISE ECONÔMICA NAS DÉCADAS DE 1970 E 1980 / DIMINUIÇÃO NO RITMO DE CRESCIMENTO;
    • 1985 – MIKHAIL GORBATCHEV – SECRETÁRIO-GERAL DO PARTIDO COMUNISTA;
      • PERESTROIKA (REESTRUTURAÇÃO ECONÔMICA): PERMISSÃO DE NEGÓCIOS PRIVADOS NA ÁREA COMERCIAL / LIVRE CONCORRÊNCIA.
      • GLASNOST (PROCESSO DE ABERTURA POLÍTICA): DIMINUIÇÃO DA CENSURA / LIBERTAÇÃO DE PRESOS POLÍTICOS

 

  • BLOCO SOCIALISTA – PROCESSO DE DEMOCRATIZAÇÃO – REAÇÃO EM CADEIA NA EUROPA ORIENTAL;

 

  • ALEMANHA
    • QUEDA DO MURO DE BERLIM (REUNIFICAÇÃO DA ALEMANHA);

 

  • POLÔNIA
    • ATUAÇÃO DO SINDICATO SOLIDARIEDADE – DIVERSAS GREVES OPERÁRIAS – ELEIÇÃO DE LECH WELESA COMO PRESIDENTE (EX-LÍDER DO SINDICATO) – FIM DO SOCIALISMO POLONÊS;

 

  • IUGUSLÁVIA
    • 1945 – TITO (JOSEP BROZ) ASSUME O PODER – NÃO ALINHAMENTO À URSS – BLOQUEIO COMERCIAL – RELAÇÕES COMERCIAIS COM O BLOCO CAPITALISTA – AUTORITARISMO – CONTROLE DOS DIVERSOS POVOS IUGUSLAVOS (SÉRVIOS – CRISTÃOS ORTODOXOS, ESLOVENOS – CATÓLICOS E BÓSNIOS – MUÇULMANOS) – MORTE DE TITO (1980);
    • 1991 – GUERRA CIVIL – 100 MIL MORTOS – INDEPENDÊNCIA DE SÉRVIA, BÓSNIA, CROÁCIA E MACEDÔNIA.

 

  • 1991 – CRIAÇÃO DA CEI – 12 DAS 15 REPÚBLICAS DA URSS SE DESLIGARAM DA URSS.

____________________________________________________________________

CULTURA DA GRÉCIA ANTIGA

 

  • MITOLOGIA – CONJUNTO DE MITOS
    • MITOS: HISTÓRIA SAGRADA QUE ACONTECEUNOS PRIMEIROS TEMPOS GRAÇAS ÀS REALIZAÇÕES DE SERES SOBRENATURAIS

 

  • CRONOS (DEUS DO TEMPO/ERA UM TITÃ) – DEVORADOR DE FILHOS – MEDO DE PERDER O TRONO – ESPOSA REIA – ZEUS QUARTO FILHO – ENTREGUE AOS CUIDADOS DE UMA NINFA-BABÁ NA ILHA DE CRETA – ASSUMIU O PODER QUANDO ADULTO NO OLIMPO;
  • HÉRCULES E SEUS 12 TRABALHOS;
    • 12 ANOS / A SERVIÇO DO REI EURISTEU
      • MATOU ANIMAIS, MONSTROS, REIS CRUEIS, LIMPOU CURRAIS, COLHEU MAÇAS DE OURO, ETC.
    • RELIGIOSIDADE:
      • POLITEÍSTAS;
      • DEUSES
        • PARECIDOS COM SERES HUMANOS EM NECESSIDADES E SENTIMENTOS;
        • IMORTAIS;
        • GOSTAVAM DE SER HOMENAGEADOS PELOS HUMANOS;
        • HABITAVAM O MONTE OLIMPO;
      • RITUAIS RELIGIOSOS:
        • CULTO AOS ANTEPASSADOS: FEITOS EM CASA NOS ALTARES DOMÉSTICOS (NASCIMENTOS, ETC);
        • CULTOS PÚBLICOS OU CÍVICOS: HOMENAGEM AO DEUS PROTETOR DA PÓLIS;
        • JOGOS OLÍMPICOS: A PARTIR DE 776 A. C. / TRÉGUA NAS GUERRAS / OLÍMPIA / RAMOS DE OLIVEIRA
      • FILOSOFIA:
        • EXPLICAÇÃO DA ORIGEM DA VIDA E DO UNIVERSO;
        • SÓCRATES – ATENIENSE – NÃO DEIXOU TEXTOS ESCRITOS;
        • PLATÃO – ALUNO DE SÓCRATES – ESCREVEU A OBRA REPÚBLICA (SOCIEDADE DIVIDIDA EM TRÊS GRUPOS: FILÓSOFOS, GUERREIROS E ARTESÃOS);
        • ARISTÓTELES – ALUNO DE PLATÃO – DEFENDIA O ESTUDO DA EXPERIÊNCIA E DO COTIDIANO
      • MEDICINA
        • HIPÓCRATES
      • POESIA E TEATRO
        • ILÍADA E ODISSÉIA
        • TEATRO: HOMENAGEM AO DEUS DIONÍSIO OU BACO (DEUS DO VINHO) / PODIAM DURAR ATÉ 10 HORAS SEGUIDAS / APENAS HOMENS ATUAVAM, ÀS VEZES COM MÁSCARAS /TRAGÉDIAS E COMÉDIAS;
      • HISTÓRIA
        • HERÓDOTO: VIAJANTE E OBSERVADOR – NARROU A GUERRA ENTRE GREGOS E PERSAS;
        • TUCÍDIDES: NARROU O CONFLITO ENTRE ATENAS E ESPARTA, A GUERRA DO PELOPONESO
      • ARQUITETURA
        • AS CASAS GREGAS ERAM SIMPLES;
        • PATERNON – CONJUNTO DE TEMPLOS E EDIFÍCIOS CRIADOS NA ACRÓPOLE DE ATENAS PARA HOMENAGEAR A DEUSA ATENA.

____________________________________________________________________

DITADURA MILITAR BRASILEIRA

  • CONCEITO DE DITADURA;

 

  • PRESIDENTES NOMEADOS PELO EXÉRCITO BRASILEIRO;

 

  • GOLPE MILITAR – NOVO PRESIDENTE PROVISÓRIO: RANIERI MAZZILLI (EX-PRESIDENTE DA CÂMARA DOS DEPUTADOS;

 

  • COMANDO SUPREMO DA REVOLUÇÃO (MINISTROS MILITARES) – 09/04/1964 ATO ADICIONAL Nº 1- O PODER EXECUTIVO PASSAVA A TER DIREITO DE:
    • CASSAR MANDATOS;
    • SUSPENDER DIREITOS;
    • APOSENTAR;
    • NOMEAÇÃO DO NOVO PRESIDENTE: MARECHAL CASTELO BRANCO;

 

  • GOVERNO CASTELO BRANCO
    • 1964 – 1967;
    • BIPARTIDARISMO – ALIANÇA RENOVADORA NACIONAL (ARENA) E MOVIMENTO DEMOCRÁTICO BRASILEIRO (MDB);
    • BRASIL ROMPE RELAÇÕES DIPLOMÁTICA COM OS PAÍSES SOCIALISTAS (ALINHAMENTO AOS EUA).
  • GOVERNO COSTA E SILVA
    • 1967 – 1969;
    • MILITAR DE “LINHA DURA”;
    • CRIAÇÃO DA EMBRATEL (INTEGRAÇÃO NACIONAL NAS COMUNICAÇÕES);
    • AUMENTO DA REPRESSÃO DO GOVERNO – PASSEATAS DE PROTESTOS E GREVES;
    • AI5 – O EXECUTIVO PASSAVA A PODER:
      • FECHAR O CONGRESSO; ASSEMBLEIAS LEGISLATIVAS E CÂMARA DE VEREADORES;
      • SUSPENSÃO DE DIREITOS POLÍTICOS POR 10 DE QUALQUER CIDADÃO;

 

  • GRANDE MOBILIZAÇÃO NACIONAL CONTRA A DITADURA
  • AFASTAMENTO DE COSTA E SILVA (DOENÇA) – MILITARES IMPEDEM A POSSE DO VICE-PRESIDENTE (CIVIL) – INDICAÇÃO DO NOVO PRESIDENTE: MÉDICI;

 

  • GOVERNO MÉDICI
    • 1969 – 1974;
    • “MILAGRE ECONÔMICO” – CRESCIMENTO DO PIB (14%) – MAIOR CRESCIMENTO MUNDIAL DO ANO;
    • UFANISMO;
    • COPA DE 1970.

 

  • GOVERNO GEISEL
    • 1974 – 1979;
    • AUMENTO DA INFLAÇÃO;
    • PROCESSO DE REDEMOCRATIZAÇÃO LENTA;
      • REVOGAÇÃO DO AI5;

 

  • GOVERNO FIGUEIREDO
    • 1979 – 1985;
    • ANISTIA E RETORNO DOS EXILADOS;
    • PLURIPARTIDARISMO;
    • CAMPANHA DIRETAS JÁ – EMENDA DANTE DE OLIVEIRA NÃO FOI APROVADA PELO CONGRESSO;
    • ELEIÇÃO INDIRETA (1985) – VITÓRIA DE TANCREDO NEVES (OPOSIÇÃO).

____________________________________________________________________

EGITO

4000 A.C. – OS  PRIMEIROS GRUPOS HUMANOS SE ORGANIZAM EM PEQUENAS SOCIEDADES (NOMOS) ÀS MARGENS DO RIO NILO. LIDERADAS PELOS NOMARCAS;

3500 A.C. -> UNIÃO DOS NOMOS (CONSTRUÇÃO DE BARRAGENS, CANAIS DE IRRIGAÇÃO, PLANTAÇÕES, COLHEITAS) FORMAM DOIS GRANDES REINOS:

  • ALTO EGITO (SUL)
  • BAIXO EGITO (NORTE)

3200 A.C. -> LÍDER DO ALTO EGITO MENÉS CONQUISTA O BAIXO EGITO —> UNIFICAÇÃO POLÍTICA E TERRITORIAL –> PRIMEIRO FARAÓ (FILHO DO DEUS RÁ) -> “FARAÓ NÃO ERA UM REPRESENTANTE DE DEUS NA TERRA MAS SIM O PRÓPRIO DEUS NA TERRA ” ->INÍCIO DO ANTIGO IMPÉRIO

PERIODIZAÇÃO DA HISTÓRIA DO EGITO ANTIGO:

  • ANTIGO IMPÉRIO (3200 A.C. – 2300 A.C.): FARAÓ / PERÍODO DE PAZ / CONSTRUÇÃO DAS GRANDES PIRÂMIDES DE GIZÉ (QUEÓPS, QUEFREM E MIQUERINOS);

2300 A.C. -> NOMARCAS CONTESTAM A AUTORIDADE DO FARAÓ DESCENTRALIZAÇÃO POLÍTICA E ENFRAQUECIMENTO ECONÔMICO DO EGITO

2000 A.C. —> FARAÓS RECONQUISTAM SEU PODER ABSOLUTO -> INÍCIO DO MÉDIO IMPÉRIO

  • MÉDIO IMPÉRIO (2000 A.C. – 1580 A.C.): NOVA CAPITAL DO EGITO (TEBAS) / CHEGADA DOS HEBREUS AO EGITO / EGITO É INVADIDO E CONQUISTADO PELO POVO HICSO
  • NOVO IMPÉRIO (1580 A.C. – 662 A.C.): EGÍPCIOS EXPULSAM HICSOS EESCRAVIZAM OS HEBREUS / IMPERIALISMO EGÍPCIO / PRINCIPAIS FARAÓS (TUTMÉS 111 E RAMSÉS II) / O POVO ASSÍRIO SOB O COMANDO DE ASSURBANÍPAL CONQUISTAM O EGITO

 

–          SOCIEDADE

  •              FARAÓ: FILHO DO DEUS RÁ / CULTOS EM SUA HOMENAGEM
  •              NOBRES: DONOS DE GRANDES PROPRIEDADES / PRINCIPAIS POSTOS DO EXÉRCITO
  •               SACERDOTES: RICOS PORQUE FICAVAM COM PARTE DAS OFERENDAS / NÃO PAGAVAM IMPOSTOS
  •                ESCRIBAS: COBRANÇA DE IMPOSTOS / ORGANIZAÇÃO DAS LEIS
  •                SOLDADOS: NUNCA OCUPAVAM POSTOS DE COMANDO (RESERVADO AOS NOBRES)
  •                ARTESÃOS: PEDREIROS, CARPINTEIROS, DESENHISTAS, ESCULTORES, PINTORES, ETC
  •                CAMPONESES (MAIORIA): TRABALHAVAM NAS TERRAS DO FARAÓ, DOS NOBRES E SACERDOTES / PEQUENA PARTE FICA EM POSSE DOS CAMPONESES
  •                ESCRAVOS: PRISIONEIROS DE GUERRA / VIDA SEMELHANTE DOS CAMPONESES

 

–          ECONOMIA

  •                   PRINCIPAL ATIVIDADE AGRICULTURA / OUTRAS ATIVIDADES: CRIAÇÃO DE ANIMAIS (PORCOS E CARNEIROS) E TANQUES DE PEIXES

 

–          RELIGIÃO

  •                    ACREDITAVAM NA VIDA APÓS A MORTE (RETORNO DA ALMA) – MUMIFICAÇÃO.

____________________________________________________________________

ESCREVENDO A HISTÓRIA

FONTES HISTÓRICAS:

  • ESCRITAS;
  • VISUAIS;

MARCAÇÃO DA PASSAGEM DO TEMPO:

  • CALENDÁRIO CRISTÃO

2014 – NASCIMENTO DE CRISTO;

  • CALENDÁRIO JUDAICO

5774 – DILÚVIO;

  • CALENDÁRIO ISLÂMICO

1392 – PROFETA MAOMÉ DEIXA A CIDADE DE MECA

SÉCULOS

  • UM ANO PERTENCE A QUAL SÉCULO?
  • UM SÉCULO COMPREENDE QUAIS ANOS?

 

 

ALGARISMOS ROMANOS

1 – I

2 – II

3 – III

4 – IV

5 – V

6 – VI

7 – VII

8 – VIII

9 – IX

10 – X

 

11 – XI

12 – XII

13 – XIII

14 – XIV

15 – XV

16 – XVI

17 – XVII

18 – XVIII

19 – XIX

20 – XX

21 – XXI

____________________________________________________________________

ESPARTA E ATENAS

  • ESPARTA
    • SOCIEDADE:
      • ESPARTANO (DESCENDENTE DOS DÓRIOS);
      • PERIECOS;
      • HILOTAS;
      • POLÍTICA:
        • REI
        • GERÚSIA: HOMENS COM MAIS DE 60 ANOS;
        • APELA: ASSEMBLÉIA DOS CIDADÃOS
        • EDUCAÇÃO MILITAR
  • ATENAS
      • FUSÃO DOS AQUEUS, JÔNIOS E EÓLIOS;
      • REGIÃO RUIM PARA AGRICULTURA (DEDICARAM-SE AO COMÉRCIO);
      • AUMENTO DO PODER DOS COMERCIANTES – DESEJO DE REFORMAS POLÍTICAS;
      • DIVERSOS LEGISLADORES:
        • LEGISLADOR DRÁCON:
          • 620 A.C.:  CODIFICAÇÃO DAS LEIS QUE ERAM ORAIS / CONTROLE DA JUSTIÇA PASSA PARA O ESTADO / LEIS EXTREMAMENTE RIGOROSAS NÃO RESOLVEM OS PROBLEMAS SOCIAIS
        • LEGISLADOR SÓLON:
          • 594 A.C.: PROIBIÇÃO DA ESCRAVIDÃO POR DÍVIDA / UNIFICAÇÃO DE PESOS E
          • MEDIDAS / CONCESSÃO DE DIREITOS SEGUNDO O RENDIMENTO E NÃO MAIS O SANGUE / CRIAÇÃO DO CONSELHO BULÉ (400 HOMENS, MAIS DE 30 ANOS, CRIAÇÃO DE LEIS) – NÃO ACABAM COM OS PRIVILÉGIOS DOS EUPÁTRIDAS
        • TIRANO PSÍSTRATO:
          • 560 A.C.: TENTATIVA DE MELHORAR A VIDA DAS CAMADAS POPULARES / EXERCIA O PODER À FORÇA / LEIS QUE BENEFICIARAM AS CAMADAS POPULARES / ORGANIZAÇÃO DO EXÉRCITO
        • LEGISLADOR PÉRICLES:
          • 508 A.C.: CRIAÇÃO DAS DEMOS / CIDADÃOS LIVRES PASSARAM ATER OS MESMOS DIREITOS / CRIAÇÃO DA ECLÉSIA (ASSEMBLÉIA DOS REPRESENTANTES DOS DEMOS, APROVARIA OU NÃO AS LEIS CRIADAS PELA BULÉ) –
    • PERÍODO CLÁSSICO
      • 469 A.C. –  APOGEU POLÍTICO E ECONÔMICO DAS PÓLIS GREGAS;
      • SÉCULO DE PÉRICLES – EMBELEZAMENTO DE ATENAS.

____________________________________________________________________

Estudar História

 

  • PERIODIZAÇÃO;

 

  • IDADE ANTIGA – 4000 A.C. ATÉ 476 D.C. (FIM DO IMPÉRIO ROMANO) OBS: NÃO DEVEMOS COLOCAR D.C. !!!
  • IDADE MÉDIA – 476 ATÉ 1452 (TOMADA DE CONSTANTINOPLA);
  • IDADE MODERNA – 1452 ATÉ 1789 (REVOLUÇÃO FRANCESA);
  • IDADE CONTEMPORÂNEA – 1789 ATÉ HOJE

 

  • A IMPORTÂNCIA DO ESTUDO DA HISTÓRIA;

 

  • O QUE É HISTÓRIA;

 

  • HOMEM: O AGENTE HISTÓRICO.

____________________________________________________________________

FENÍCIOS, HEBREUS E PERSAS

 

– REGIÃO DO CRESCENTE FÉRTIL E PRÓXIMO DELA – LEGADO CULTURAL PARA O OCIDENTE;

  • FENÍCIOS:
    • ENTRE EGITO E MESOPOTÂMIA (LÍBANO ATUAL) – SOLO RUIM PARA AGRICULTURA – COMÉRCIO (PROXIMIDADE DO EGITO; BONS PORTOS).
    • PRINCIPAIS CIDADES-ESTADO: SIDON, BIBLOS E TIRO
    • VERDADEIRO MOSAICO CULTURAL: MUMIFICAVAM MORTOS IMPORTANTES ; CULTUAVAM FORÇAS DA NATUREZA; ESCRIÇÕES EM PLACAS DE ARGILA;
    • ALFABETO DE 22 SINAIS (REGISTRO DE COMÉRCIO);
  • HEBREUS:
    • ORIGINÁRIO DA REGIÃO DE UR (MESOPOTÂMIA) – 2000 A.C. – ENTRE VALE DO RIO JORDÃO E MAR MEDITERRÂNEO – PRIMEIRO POVO A TER UMA RELIGIÃO MONOTEÍSTA – ORIGINOU O CRISTIANISMO;
  • PERSAS:
    • ORIGEM PLANALTO DE IRÃ (LESTE DA MESOPOTÂMIA) – 2000 A.C. – REIS PODEROSOS (CIRO; DARIO I) – IMENSO IMPÉRIO – DA MESOPOTÂMIA ÀS MARGENS DO RIO INDO (ÍNDIA) – DIVISÃO EM PROVÍNCIAS – ESTRADA REAL (2500 KM) – TOLERÂNCIA AOS POVOS DOMINADOS (CULTURA).

____________________________________________________________________

FENÍCIOS, HEBREUS E PERSAS

  • DIVISÃO DOS GRUPOS;
  • DIRECIONAMENTO DO TEMA;
  • PESQUISA
    • LEVANTAMENTO DE FONTES (MARCAR PARA BIBLIOGRAFIA);
    • SELEÇÃO DE DADOS
    • ORIGEM;
    • ÉPOCA DO APOGEU;
    • PRINCIPAIS GOVERNANTES;
    • LOCALIZAÇÃO GEOGRÁFICA;
    • ECONOMIA;
    • RELIGIOSIDADE;
    • SOCIEDADE;
  • PARTE ESCRITA
    • CAPA;
    • CONTRACAPA;
    • APRESENTAÇÃO;
    • SUMÁRIO;
    • TEXTO PRINCIPAL (SE COLOCAR IMAGENS COLOCAR A FONTE ABAIXO);
    • CONCLUSÃO;
  • PARTE ORAL (EXPOSIÇÃO)
    • POSTURA;
    • CLAREZA;
    • ESTUDO PRÉVIO;
    • RECURSOS AUDIOVISUAIS.

___________________________________________________________________

FEUDALISMO

 

ALTA IDADE MÉDIA – SÉC. 5 AO 10: INVASÕES E REINOS BÁRBAROS / FRAGMENTAÇÃO (REINO DOS FRANCOS);

BAIXA IDADE MÉDIA – SÉC. 10 AO 15: FEUDALISMO;

DIMINUIÇÃO DA POPULAÇÃO EUROPEIA: BATALHAS, FOME – QUASE FIM DO COMÉRCIO – INSEGURANÇA – BUSCA DE VIVER SOB A PROTEÇÃO DE GUERREIROS;

 

SOCIEDADE MEDIEVAL:

MISTURA DAS TRADIÇÕES GERMÂNICAS COM AS ROMANAS:

– COMITATUS: REUNIÕES DE GUERREIROS QUE REPRESENTAM TODO O POVO;

– COLONATO: EM TROCA DE PROTEÇÃO E MORADIA, OS CAMPONESES TRABALHAVAM NAS TERRA, E DAVAM PARTE DA PRODUÇÃO AO DONO DA TERRA;

FEUDO: PROPRIEDADE RURAL;

SENHOR FEUDAL: DONO DO FEUDO;

– JUSTIÇA LOCAL;

– CUNHAGEM DE MOEDAS;

– EXÉRCITO PRÓPRIO;

 

-ENFRAQUECIMENTO DO PODER DO REI

SUSERANO: DONO DA TERRA;

VASSALO: RECEBIA A TERRA E TINHA QUE SERVIR O SUSERANO;

 

SOCIEDADE ESTAMENTAL

ORATORES;

BELATORES;

 

LABORATORES

 

DIVISÃO DO FEUDO:

RESERVA SENHORIAL: CASTELO, MOINHO, CELEIRO, ESTÁBULOS, OFICINAS;

TERRAS ARRENDADAS: CAMPONESES TRABALHAVAM;

TERRAS COMUNAIS: NOBRES CAÇAVAM / CAMPONESES CORTAVAM LENHA.

 

IMPOSTOS:

TALHA: ENTREGA DE PARTE DA COLHEITA (ÀS VEZES MAIS DA METADE) E ALGUNS ANIMAIS;

CORVEIA: TRABALHO GRATUITO 3 DIAS POR SEMANA (NAS TERRAS OU OFICINAS);

BANALIDADES: PAGAMENTOS EM FORMA DE PRODUTOS POR TER USADO EQUIPAMENTOS DO FEUDO.

____________________________________________________________________

AS FONTES DO ESTUDO DA PRÉ-HISTORIA

 -O TRABALHO DO HISTORIADOR
– AS FONTES HISTÓRICAS;
• FONTES OU DOCUMENTOS ESCRITOS;
• FONTES OU RELATOS ORAIS;
• FONTES MATERIAIS;
• FONTES AUDIOVISUAIS E MUSICAIS;
• FONTES VISUAIS OU ICONOGRÁFICAS.

 

– FONTES DO CONHECIMENTO DA PRÉ-HISTÓRIA: MATERIAS, VISUAIS E ICONOGRÁFICAS

– A HISTÓRIA ESTÁ EM CONSTANTE TRANSFORMAÇÃO – NOVAS DESCOBERTAS
– PROBLEMATIZAÇÃO: PERGUNTAS INICIAIS SOBRE UM TEMA QUE IREMOS ESTUDAR
– PROBLEMÁTICA: UTILIZAÇÃO DAS FONTES HISTÓRICAS PARA RESPONDERMOS NOSSAS PERGUNTAS;
– TIPOS DE FONTES HISTÓRICAS:
• FONTES OU DOCUMENTOS ESCRITOS: AS FONTES MAIS UTILIZADAS / TRAZEM INFORMAÇÕES ESCRITAS / CERTIDÕES, CARTAS, REVISTAS, LIVROS / GUARDADOS EM ARQUIVOS, CARTÓRIOS, COLEÇÕES PARTICULARES;

  • FONTES OU RELATOS ORAIS: ENTREVISTAS GRAVADAS DE PESSOAS QUE PARTICIPARAM OU TESTEMUNHARAM UM ACONTECIMENTO DO PASSADO;
  • FONTES MATERIAIS: VESTÍGIOS MATERIAIS / SINAIS QUE O HOMEM DEIXOU POR LUGARES POR ONDE PASSOU / VASOS, FÓSSEIS (PARTES PETRIFICADAS DE SERES QUE JÁ FORAM VIVOS), SAMBAQUIS (MONTES DE CONCHAS DO LITORAL QUE CHEGAM A TER MUITOS METROS DE ALTURA), RUAS / EXAME DO CARBONO 14;
  • FONTES AUDIOVISUAIS E MUSICAIS: CINEMA, TELEVISÃO, MÚSICAS;
  • FONTES VISUAIS OU ICONOGRÁFICAS: IMAGENS, PINTURAS, FOTOGRAFIAS.

____________________________________________________________________

A FORMAÇÃO DOS ESTADOS NACIONAIS MODERNOS

  • INÍCIO DA IDADE MODERNA – 1453 (QUEDA DE CONSTANTINOPLA)

AUMENTO DO PODER REAL

  • BURGUESIA: QUERIA UNIFICAR IMPOSTOS; PROTEGER DOMERCADO NACIONAL DA CONCORRÊNCIA ESTRANGEIRA;
  • NOBREZA: QUERIA MANTER SEUS PRIVILÉGIOS; MEDO DO CRESCIMENTO SOCIAL DA BURGUESIA;
  • IGREJA: QUERIA BARRAR O AVANÇO DO PROTESTANTISMO (SURGIMENTO DE IGREJAS NÃO-CATÓLICAS)

PODER ABSOLUTO –> CENTRALIZAÇÃO TOTAL DE PODERES NAS MÃOS DO REI –  LEGITIMADA POR FILÓSOFOS E PENSADORES (SÉC. 16,17 E 18): BASE RACIONALISTA E BASE RELIGIOSA

THOMAS HOBBES (INGLATERRA):

  • OS HOMENS LIVRES VIVIAM EM GUERRA – ESTADO DE “CAOS” – CONTRATO SOCIAL – PLENOS PODERES PARA UM MONARCA MANTER A SOCIEDADE ORGANIZADA – CONTRATO PODE SER QUEBRADO SE O REI NÃO GARANTIR A TRANQUILIDADE SOCIAL

JEAN BODIN (FRANÇA):

  • REI TINHA DIREITO DE FAZER LEIS SEM ESTAR SUJEITO A ELAS — SUA AUTORIDADE ERA FRUTO DA VONTADE DE DEUS – NÃO DEVERIA DIVIDIR SEUS PODERES COM NINGUÉM

JACQUES BOSSUET (FRANÇA):

  • CRIADOR DA TEORIA DO DIREITO DIVINO – REIS ERAM REPRESENTANTES DE DEUS NA TERRA – DESCUMPRIR SUAS ORDENS ERA PECADO

DANTE ALIGHIERI

  • IMPORTÂNCIA DE UM IMPERADOR – AUTONOMIA – NÃO ACEITAR CONSELHOS DO CLERO – SER ORIENTADO DIRETAMENTE POR DEUS, SEM INTERMEDIÁRIOS

NICOLAU MAQUIAVEL

OBRA “O PRÍNCIPE” – SEPARAÇÃO ENTRE POLÍTICA E ÉTICA – “O FIM JUSTIFICA OS MEIOS”

ESTADOS ABSOLUTISTAS

  • PORTUGAL;
  • ESPANHA;
  • FRANÇA;

MERCANTILISMO

  • BALANÇA COMERCIAL FAVORÁVEL;
  • PROTECIONISMO ALFANDEGÁRIO;
  • METALISMO;
  • MONOPÓLIOS COMERCIAIS DO PAÍS.

____________________________________________________________________

FORMAÇÃO E INDEPENDÊNCIA DA AMÉRICA ESPANHOLA

 

– CRISTÓVÃO COLOMBO – 1492 – REI FERNANDO E RAINHA ISABEL (REIS CATÓLICOS)

– NOTÍCIAS DOS EL DORADOS (CIDADES DE OURO)

– HERNAN CORTÉZ – MONTEZUMA – ALIANÇA – SAÍDA DE CORTÉZ – PEDRO DE ALVARADO – MASSACRE DE ASTECAS – GUERRA E VITÓRIA DOS ESPANHOIS;

– METRÓPOLE E COLÔNIA;

– SISTEMA COLONIAL PARECIDO COM O PORTUGUÊS (COLÔNIAS OBRIGADAS A COMERCIALIZAR COM A METRÓPOLE E IMPEDIDAS DE PRODUZIR ARTIGOS QUE A METRÓPOLE VENDIA);

– ADMINISTRAÇÃO DA COLÔNIA ESPANHOLA:

  • PARTICULARES (ADELANTADOS) → VICE-REIS (ESPANHÓIS DE FAMÍLIA NOBRE);
  • EM ALGUMAS CIDADE HAVIAM OS CABILDOS (CÂMARAS MUNICIPAIS – PODER EXERCIDO PELOS CRIOLLOS)
  • PRINCIPAIS CARGOS ERAM DOS CHAPETONES (ESPANHÓIS NASCIDOS NA ESPANHA)

– NO INÍCIO ESCRAVIZAÇÃO INTENSA DOS NATIVOS → DEPOIS PRÁTICA DA GUERRA JUSTA → DEPOIS PRÁTICA DA ENCOMIENDA (O ENCOMENDERO EM TROCA DO TRABALHO DO NATIVO LHE ENSINA O CATOLICISMO → MUITOS USAVAM A MITA, ATÉ MESMO CHEFES NATIVOS (NATIVOS TRABALHAVAM EM TROCA DE PEQUENA PARTE DA PRATA ENCONTRADA NAS MINAS – MUITOS FILHOS DE CHEFES NATIVOS FORAM EDUCADOS COMO EUROPEUS)

– SURGIMENTO DE UM NOVO GRUPO SOCIAL NA AMÉRICA ESPANHOLA: CRIOLLOS (FILHOS DE ESPANHÓIS NASCIDOS NA AMÉRICA) – ELITE

– PARTICIPAÇÃO DOS CRIOLLOS EM MOVIMENTOS PELA INDEPENDÊNCIA PORQUE:

  • CRIOLLOS ERAM IMPEDIDOS DE PARTICIPAR DE ALTOS CARGOS POLÍTICOS;
  • A MAIOR PARTE DAS RIQUEZAS PRODUZIDAS NA AMÉRICA IAM PARA ESPANHA;
  • MUITOS CRIOLLOS HAVIAM ESTUDADO NA EUROPA E TIDO INFLUÊNCIA DE IDEIAS ILUMINISTAS;

– COLÔNIAS ESPANHOLAS DIVIDIDAS EM 4 VICE-REINOS (NOVA ESPANHA, NOVA GRANADA, PERU E RIO DA PRATA) E 4 CAPITANIAS GERAIS (GUATEMALA, CUBA, VENEZUELA E CHILE) – APÓS A INDEPENDÊNCIA SURGIMENTO DE VÁRIOS PAÍSES

– CONSEQUÊNCIAS DA INDEPENDÊNCIA DAS COLÔNIAS ESPANHOLAS:

  • A ELITE CONTINUA SENDO A MESMA (CRIOLLOS);
  • A INGLATERRA APOIA O MOVIMENTO DE INDEPENDÊNCIA PARA PODER VENDER SUAS MERCADORIAS (REVOLUÇÃO INDUSTRIAL);
  • ENDIVIDAMENTO DOS NOVOS PAÍSES AMERICANOS PARA A INGLATERRA.

____________________________________________________________________

FORMAÇÃO E INDEPENDÊNCIA DOS E. U. A.

-SÉC 18 (1701 – 1800) – EMIGRAÇÃO DE INGLESES PARA AMÉRICA DO NORTE
-COMPANHIA DE COMÉRCIO DE LONDRES – SUL – CIDADE DE JAMESTOWN – 1607 – (VIRGÍNIA);

-PURITANOS (PROTESTANTES DA INGLATERRA) FUGINDO DA PER¬SEGUIÇÃO DOS ANGLICANOS (RELIGIÃO DO REI INGLÊS) / CHEGAM NO NORTE NO NAVIO MAYFLOWER EM 1620 – FUNDAM A NOVA IN¬GLATERRA – NÚCLEO INICIAL: CIDADE DE MASSACHUSSETS.
• NORTE: CLIMA TEMPERADO; POLICULTURA (PLANTAÇÕES DE VÁRIOS TIPOS); TRABALHO LIVRE; AGRICULTURA DE SUBSISTÊNCIA (CONSUMO INTERNO);
• SUL: CLIMA SUBTROPICAL; LATIFÚNDIO (GRANDE PROPRIEDADE); MÃO-DE-OBRA ESCRAVA; MONOCULTURA (PLANTAÇÃO DE UM ÚNICO GÊNERO); AGRICULTURA PARA EXPORTAÇÃO. , SISTEMA PLANTATION
-COLONOS DA AMÉRICA DO NORTE DESCONTENTES:
– APENAS NAVIOS INGLESES TRANSPORTAVAM MERCADORIAS DA AMÉRICA DO NOR¬TE E PARA AMÉRICA DO NORTE;
– PROIBIÇÃO DE MANUFATURAS NA AMÉRICA DO NORTE;
– AUSÊNCIA DE REPRESENTANTES DOS COLONOS NO PARLAMENTO INGLÊS;
– VÁRIOS IMPOSTOS.
-IDÉIAS ILUMINISTAS ENTRAM EM CONTATO COM COLONOS DA AMÉRICA DO NORTE
• 1756-1763: GUERRA DOS SETE ANOS (INGLATERRA x FRANÇA) -> ING. VENCE MAS FICA
ENDIVIDADA – INGLATERRA IMPÔS NOVOS IMPOSTOS AOS COLONOS NORTE-AMERICANOS;
• 1764: LEI DO AÇÚCAR –> AUMENTO DO IMPOSTO SOBRE O AÇÚCAR QUE OS COLONOS
COMPRAVAM DO CARIBE PARA FAZER RUM E TROCAR POR ESCRAVOS AFRICANOS;
• 1765: LEI DO SELO -> TODOS OS JORNAIS, LIVROS, REVISTAS DEVERIAM PAGAR IMPOSTOS;
• 1767: ATOS TOWNSEND -> NOVA TAXAS SOBRE A IMPORTAÇÃO DOS COLONOS DE VIDRO, PAPEL E CORANTES;
• 1773: LEI DO CHÁ -> APENAS A COMPANHIA DE COMÉRCIO DA INGLATERRA PODERIA VENDER CHÁ NA COLÔNIA, PREJUDICANDO OS COMERCIANTES LOCAIS;
• 1773: FESTA DO CHÁ DE BOSTON -> COLONOS JOGAM NO MAR O CARREGAMENTO DE CHÁ DE 3 NAVIOS INGLESES;
• 1774: LEIS INTOLERÁVEIS -> FECHAMENTO DO PORTO DE BOSTON; INDENIZAÇÃO PELO CHÁ JOGADO NO MAR; PERDA DO PODER DE GOVERNAR A COLÔNIA DE MASSACHUSSETS;
• 1776: DECLARAÇÃO DE INDEPENDÊNCIA DOS ESTADOS UNIDOS (FEITA NA FILADÉLFIA, ESCRITA POR THOMAS JEFFERSON)
• 1776 – 1781: GUERRA DE INDEPENDÊNCIA -> CONFRONTO ENTRE COLONOS LIDERADOS POR GEORGE WASCHINGTON CONTRA SOLDADOS INGLESES – VITORIA DOS COLONOS (TIVERAM AJUDA DE SOLDADOSA FRANCESES E ESPANHÓIS);
• 1787: CONSTITUIÇÃO DOS ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA (PODERES EXECUTIVO, LEGISLATIVO E JUDICIÁRIO – ESCRAVIDÃO MANTIDA – O VOTO DEPENDIA DA RENDA FINANCEIRA DO CIDADÃO.

____________________________________________________________________

GOVERNOS JK, JÂNIO E JANGO

 

  • GOVERNO JK (1955-1960):
    • 1955 – ELEITO JUSCELINO KUBITSCHEK (50 ANOS EM 5);
    • UDN (UNIÃO DEMOCRÁTICA NACIONAL) – CONSPIRAÇÃO FRACASSADA – MINISTRO DA GUERRA GENERAL LOTT GARANTE A POSSE;
    • PLANO DE METAS (INDUSTRIA DE BASE, ENERGIA, TRANSPORTE, ALIMENTAÇÃO E EDUCAÇÃO);
    • CHEGADA DE INDÚSTRIAS AUTOMOBILÍSTICAS INTERNACIONAIS;
    • GRANDE DESENVOLVIMENTO COM GRANDE INFLAÇÃO – ROMPIMENTO COM O FMI (MUITA DÍVIDA);
    • MODO DE VIDA AMERICANO (JEANS, JAQUETA DE COURO, LAMBRETA, MISSES, TV);
    • CONTRUÇÃO DE BRASÍLIA – MUDANÇA DA CAPITAL;
    • AUMENTO DA DESIGUALDADE SOCIAL.

 

  • GOVERNO JÂNIO QUADROS (1961):
    • CANDIDATO DA OPOSIÇÃO (UDN VENCE PSD-PTB) VENCE; JOÃO GOULART (JANGO) – PSD-PTB;
    • VASSOURA (SLOGAN);
    • POPULISTA AO EXTREMO (ROUPAS SURRADAS, SANDUÍCHES DE MORTADELA, CASPA, ETC);
    • BILHETINHOS – MEDIDAS POUCO POPULARES (BRIGAS DE GALO, BIQUINIS, JÓQUEI CLUBE DE SEMANA, LANÇA-PERFUME);
    • PROBLEMAS SOCIAIS CONTINUAVAM;
    • JÂNIO SE ISOLOU NO PODER;
    • APROXIMAÇÃO COM A URSS E CONDECORAÇÃO DE CHE GUEVARA (UM DOS LÍDERES DA REVOLUÇÃO CUBANA);
    • RENÚNCIA – 7 MESES.

 

  • GOVERNO JOÃO GOULART (1961-1964):
    • VIAGEM À CHINA – ATO ADICIONAL À CONSTITUIÇÃO JANGO SUBORDINADO AO 1º MINISTRO (PARLAMENTARISMO) – PLEBISCITO EM 1965 SOBRE O NOVO REGIME;
    • INFLAÇÃO ALTA 54% EM 1962;
    • ANTECIPAÇÃO DO PLEBISCITO (1963): VOLTA DO PRESIDENCIALISMO (83%) – JANGO APRESENTA SUAS PROPOSTAS;
    • REFORMAS DE BASE (AGRÁRIA, ELEITORAL, BANCÁRIA, ELEITORAL,ETC);
    • CLIMA DE REVOLTA (UNS QUERIAM AS REFORMAS PROMETIDAS, OUTROS NÃO ACEITAVAM AS REFORMAS;
    • FALTA DE APOIO POLÍTICO – DEPOSIÇÃO FEITA PELOS MILITARES.

____________________________________________________________________

EXPANSIONISMO MARÍTIMO

  • CONTATO ENTRE EUROPEUS E MUÇULMANOS (CRUZADAS) –> CONTATO DOS EUROPEUS COM AS ESPECIARIAS (TEMPEROS) —> CRAVO, CANELA, GENGIBRE, PIMENTA, ETC (SÓ EXISTIAM NO ORIENTE) –> GRANDE ACEITAÇÃO NA EUROPA

ROTA DAS ESPECIARIAS —> MUÇULMANOS VENDIAM PARA OS COMERCIANTES DE GÊNOVA E VENEZA (CIDADES ITALIANAS) —> COMERCIANTES DE GÊNOVA E VENEZA VENDEM AS ESPECIARIAS PARA O RESTO DA EUROPA (LUCRO DE ATÉ 4000%)

ESPANHA E PORTUGAL DESEJAM ALCANÇAR A FONTE DAS ESPECIARIAS (ÍNDIAS) –> DESENVOLVEM NOVAS TÉCNICAS DE NAVEGAÇÃO (CARAVELA, MAPAS, ESCOLA DE NAVEGAÇÃO, BÚSSULA, ETC)

ROTA DE PORTUGAL —> (CONTORNO DA ÁFRICA): 1415 — CONQUISTA DE CEUTA (NORTE DA ÁFRICA) 1434 — CONQUISTA DO CABO BOJADOR / 1488 — CONQUISTA DO CABO DA BOA ESPERANÇA 1498 — CHEGADA ÀS ÍNDIAS

ROTA DA ESPANHA —> NAVEGAR PARA O OESTE PARA DAR A VOLTA AO MUNDO E CHEGAR ÀS ÍNDIAS – 12/10/1492 – TRATADO DE TORDESILHAS.

____________________________________________________________________

ORIGENS DA GRÉCIA

  • PERÍODOS: 
    • PRÉ-HOMERICO;
    • HOMÉRICO;
    • CLÁSSICO;
    • HELENÍSTICO.

PERÍODO PRÉ-HOMÉRICO:

    • REGIÕES DA GRÉCIA ANTIGA:
      • HÉLADE;
      • PARTE INSULAR;
      • JÔNIA.
    • POPULAÇÕES IMIGRANTES:
      • AQUEUS;
      • JÔNIOS;
      • EÓLIOS;
      • DÓRIOS.
      • AQUEUS
        • SUL DA HÉLADE (PENÍNSULA DO PELOPONESO) / TERRAS FÉRTEIS / PRINCIPAL CIDADE: MICENAS;
        • 1400 A.C.: EXPANSÃO MICÊNICA (DOMÍNIO DE CRETA, MAR EGEU E MAR NEGRO, INCLUINDO TRÓIA);
        • 1100 A.C.: DÓRIOS CONQUISTAM TERRITÓRIO MICÊNICO (FUGA DOS MICÊNICOS – 1ª DIÁSPORA GREGA)

 

  • PERÍODO HOMÉRICO:
    • FONTES ESCRITAS: ILÍADA E ODISSÉIA, DE HOMERO;
    • TRANSFORMAÇÕES COM A INVASÃO DÓRIA: FIM DA ESCRITA; DECADÊNCIA DO COMÉRCIO – XENOFOBISMO; GENOS (TODOS COM LAÇOS DE SANGUE); PATER-FAMÍLIAS; RELIGIÃO (CULTO AOS ANTEPASSADOS); CRISE DOS GENOS: AUMENTO POPULACIONAL – FALTA DE TERRAS – MELHORES TERRAS PARA OS PARENTES MAIS PRÓXIMOS (EUPÁTRIDAS=“BEM NASCIDOS”) –  SURGIMENTO DAS PÓLIS (CIDADES-ESTADOS)
    • PÓLIS
      • ACRÓPOLE;
      • ÁGORA (CENTRO DA ACRÓPOLE);
      • DOMÍNIO DOS EUPÁTRIDAS;
      • 750 A.C.: COLONIZAÇÃO DO LITORAL DA JÔNIA E SUL DA ITÁLIA (MAGNA GRÉCIA) – SEGUNDA DIÁSPORA GREGA;
      • DESTAQUE PARA DUAS CIDADES: ESPARTA E ATENAS.

___________________________________________________________________

GRÉCIA ANTIGA

  • PERÍODOS: 
    • PRÉ-HOMERICO;
    • HOMÉRICO;
    • CLÁSSICO;
    • HELENÍSTICO.

PERÍODO PRÉ-HOMÉRICO:

    • REGIÕES DA GRÉCIA ANTIGA:
      • HÉLADE;
      • PARTE INSULAR;
      • JÔNIA.
    • POPULAÇÕES IMIGRANTES:
      • AQUEUS;
      • JÔNIOS;
      • EÓLIOS;
      • DÓRIOS.
      • AQUEUS
        • SUL DA HÉLADE (PENÍNSULA DO PELOPONESO) / TERRAS FÉRTEIS / PRINCIPAL CIDADE: MICENAS;
        • 1400 A.C.: EXPANSÃO MICÊNICA (DOMÍNIO DE CRETA, MAR EGEU E MAR NEGRO, INCLUINDO TRÓIA);
        • 1100 A.C.: DÓRIOS CONQUISTAM TERRITÓRIO MICÊNICO (FUGA DOS MICÊNICOS – 1ª DIÁSPORA GREGA)

 

  • PERÍODO HOMÉRICO:
    • FONTES ESCRITAS: ILÍADA E ODISSÉIA, DE HOMERO;
    • TRANSFORMAÇÕES COM A INVASÃO DÓRIA: FIM DA ESCRITA; DECADÊNCIA DO COMÉRCIO – XENOFOBISMO; GENOS (TODOS COM LAÇOS DE SANGUE); PATER-FAMÍLIAS; RELIGIÃO (CULTO AOS ANTEPASSADOS); CRISE DOS GENOS: AUMENTO POPULACIONAL – FALTA DE TERRAS – MELHORES TERRAS PARA OS PARENTES MAIS PRÓXIMOS (EUPÁTRIDAS=“BEM NASCIDOS”) –  SURGIMENTO DAS PÓLIS (CIDADES-ESTADOS)
    • PÓLIS
      • ACRÓPOLE;
      • ÁGORA (CENTRO DA ACRÓPOLE);
      • DOMÍNIO DOS EUPÁTRIDAS;
      • 750 A.C.: COLONIZAÇÃO DO LITORAL DA JÔNIA E SUL DA ITÁLIA (MAGNA GRÉCIA) – SEGUNDA DIÁSPORA GREGA;
      • DESTAQUE PARA DUAS CIDADES: ESPARTA E ATENAS

 

  • ESPARTA
    • SOCIEDADE:
      • ESPARTANO (DESCENDENTE DOS DÓRIOS);
      • PERIECOS;
      • HILOTAS;
      • POLÍTICA:
        • REI
        • GERÚSIA: HOMENS COM MAIS DE 60 ANOS;
        • APELA: ASSEMBLÉIA DOS CIDADÃOS
        • EDUCAÇÃO MILITAR
  • ATENAS
      • FUSÃO DOS AQUEUS, JÔNIOS E EÓLIOS;
      • REGIÃO RUIM PARA AGRICULTURA (DEDICARAM-SE AO COMÉRCIO);
      • AUMENTO DO PODER DOS COMERCIANTES – DESEJO DE REFORMAS POLÍTICAS;
      • DIVERSOS LEGISLADORES:
        • LEGISLADOR DRÁCON:
          • 620 A.C.:  CODIFICAÇÃO DAS LEIS QUE ERAM ORAIS / CONTROLE DA JUSTIÇA PASSA PARA O ESTADO / LEIS EXTREMAMENTE RIGOROSAS NÃO RESOLVEM OS PROBLEMAS SOCIAIS
        • LEGISLADOR SÓLON:
          • 594 A.C.: PROIBIÇÃO DA ESCRAVIDÃO POR DÍVIDA / UNIFICAÇÃO DE PESOS E
          • MEDIDAS / CONCESSÃO DE DIREITOS SEGUNDO O RENDIMENTO E NÃO MAIS O SANGUE / CRIAÇÃO DO CONSELHO BULÉ (400 HOMENS, MAIS DE 30 ANOS, CRIAÇÃO DE LEIS) – NÃO ACABAM COM OS PRIVILÉGIOS DOS EUPÁTRIDAS
        • TIRANO PSÍSTRATO:
          • 560 A.C.: TENTATIVA DE MELHORAR A VIDA DAS CAMADAS POPULARES / EXERCIA O PODER À FORÇA / LEIS QUE BENEFICIARAM AS CAMADAS POPULARES / ORGANIZAÇÃO DO EXÉRCITO
        • LEGISLADOR PÉRICLES:
          • 508 A.C.: CRIAÇÃO DAS DEMOS / CIDADÃOS LIVRES PASSARAM ATER OS MESMOS DIREITOS / CRIAÇÃO DA ECLÉSIA (ASSEMBLÉIA DOS REPRESENTANTES DOS DEMOS, APROVARIA OU NÃO AS LEIS CRIADAS PELA BULÉ)
  • PERÍODO CLÁSSICO:
  • 500 A.C. –  APOGEU POLÍTICO E ECONÔMICO DAS PÓLIS GREGAS;
  • GUERRAS MÉDICAS: GRÉCIA X PÉRSIA – VITÓRIA DOS GREGOS;
  • FORMAÇÃO DA LIGA DE DELOS (ATENAS LIDERAVA) / APOGEU DE ATENAS / LEGISLADOR PÉRICLES (EMBELEZAMENTO DA PÓLIS, MELHORIA NAS CONDIÇÕES DE VIDA DA POPULAÇÃO);
  • FORMAÇÃO DA LIGA DO PELOPONESO (ESPARTA LIDERAVA) / GUERRA DO PELOPONESO (VITÓRIA DE ESPARTA) – DECADÊNCIA DE ESPARTA E HEGEMONIA DE TEBAS – CONQUISTA MACEDÔNICA NA GRÉCIA E INÍCIO DO PERÍODO HELENÍSTICO.

____________________________________________________________________

OS GREGOS E AS GUERRAS

 

  • ENRIQUECIMENTO DAS POLIS GREGAS – COBIÇA DE OUTRAS POVOS – GUERRAS
  • GUERRAS MÉDICAS
    • GUERRA GRECO-PÉRSICAS;
    • CONQUISTA DE POLIS NA ÁSIA MENOR (JÔNIA) – FALTA DE APOIO DA HÉLADE – MILETO (JÔNIA) PEDE AJUDA (ATENAS E ERITREIA AJUDAM) – DERROTA GREGA;
    • ATAQUE PERSA NA HÉLADE – BATALHA DE MARATONA (42 KM DE ATENAS) – AJUDA DE ATENAS COM 10 MIL SOLDADOS – VITÓRIA DOS GREGOS (490 A.C.)
  • APÓS 10 ANOS (480 A.C) – BATALHA DAS TERMÓPILAS – REI XERXES (PERSA) – VITÓRIA DOS PERSAS CONTRA OS GREGOS DE ESPARTA (LEÔNIDAS E SEUS 300 SOLDADOS) – DERROTA DOS GREGOS – PERSAS INVADEM E INCENDIAM ATENAS;
  • BATALHA DE SALAMINA (480 A.C) – VITÓRIA DOS GREGOS NO MAR – RETIRADA DOS PERSAS DA GRÉCIA (FALTA DE SUPRIMENTOS – DERROTA NA BATALHA DE SALAMINA) ;
  • CRIAÇÃO DA CONFEDERAÇÃO DE DELOS EM ATENAS;
  • GUERRA DO PELOPONESO
    • CRIAÇÃO DA LIGA DO PELOPONESO;
    • GUERRA DO PELOPONESO (431 A.C. – 404 A.C.) – ESPARTANOS VENCEM OS ATENIENSES NA BATALHA EGOS-PÓTAMOS
  • PERÍODOS DA HISTÓRIA GREGA:
    • PRÉ-HOMERICO;
    • HOMÉRICO;
    • CLÁSSICO;
    • HELENÍSTICO.
  • NORTE DA GRÉCIA – REI FILIPE II – 356 A.C. – INVASÃO DO TERRITÓRIO GREGO (338 A. C.) – ATENAS E TEBAS DERROTADAS NA BATALHA DE QUERONÉIA;
  • FORMAÇÃO DA LIGA DE CORINTO – DECISÃO DE ATACAR O IMPÉRIO PERSA – FILIPE II ASSASSINADO EM 334 A. C.;
  • CAVALO BUCÉFALO;
  • SEU FILHO E SUCESSOR ALEXANDRE MAGNO OU ALEXANDRE, O GRANDE – 20 ANOS DE IDADE – COMANDOU CAMPANHAS MILITARES COM 35 MIL HOMENS – CONQUISTOU PÉRSIA, FENÍCIA, EGITO E CHEGARAM À FRONTEIRA COM A ÍNDIA;
  • MORTE AOS 33 ANOS – SEM HERDEIROS – PROVAVELMENTE MALÁRIA – DISPUTA DE SEU TERRITÓRIO ENTRE SEUS GENERAIS;
  • HOMOSSEXUALISMO;
  • FORMAÇÃO DE TRÊS REINOS: MACEDÔNIA, EGITO E ÁSIA – NOS SÉCULOS 2 E 1 A. C. ESTES TERRITÓRIOS FORAM CONQUISTADOS PELO IMPÉRIO ROMANO;
  • GRANDE INTERCÂMBIO ENTRE OCIDENTE E ORIENTE – BABILÔNIA – CONHECIMENTO GREGO DIFUNDIDO NO ORIENTE.

___________________________________________________________________

GRUPOS SOCIAIS EUROPEUS – COTIDIANO

 

  • SOCIEDADE EUROPÉIA – GRUPOS SOCIAIS:
    • REI
    • CLERO
    • NOBREZA
    • BURGUESES
    • ARTESÃOS
    • CAMPONESES
  • CORTE (NOBREZA PALACIANA E MEMBROS DO CLERO) – MODO DE VIVER ARISTOCRÁTICO
    • FESTAS;
    • TORNEIOS DE CAÇA;
    • APRESENTAÇÕES ARTÍSTICAS.
  • REI
    • CHEFE DE ESTADO
    • DECLARAR GUERRA;
    • BUSCAR A PAZ;
    • CUIDAR DAS PROPRIEDADES;
    • FALTA DE PRIVACIDADE.
  • IGREJA
    • ENFRENTAVA UMA CRISE (POVO INSATISFEITO)
    • DÍZIMOS;
    • IMPOSTOS;
    • VENDA DE INDULGÊNCIAS;
    • VENDA DE CARGOS RELIGIOSOS.
  • NOBREZA
    • PALACIANA, PROVINCIANA E TOGADA
    • LUXO E CONFORTO;
    • RIVALIDADE ENTRE SEUS PARES EM BUSCA DO PODER;
    • VIDA PARASITÁRIA.
  • BURGUESIA
    • ENRIQUECIMENTO (AUMENTO DO COMÉRCIO);
    • AUMENTO DO PRESTÍGIO (ALGUNS CHEGAM A CONSELHEIROS REAIS)
    • NOBREZA TOGADA;
    • EMPRÉSTIMO DE DINHEIRO À JUROS;
  • CAMADAS POPULARES
    • CAMPONESES,
    • ARTESÃOS.

____________________________________________________________________

GUERRA CIVIL ESPANHOLA

  • ESPANHA – INÍCIO DO SÉCULO 20 – MONARQUIA PARLAMENTARISTA: REI ALFONSO 13;

 

  • SISTEMAS DE GOVERNO:
    • PRESIDENCIALISMO: O CHEFE DE GOVERNO (LÍDER DO GOVERNO) É O CHEFE DE ESTADO (REPRESENTA O PAÍS NAS CERIMÔNIAS) – PRESIDENTE ;
    • PARLAMENTARISMO: UM CHEFE DE GOVERNO (PRIMEIRO-MINISTRO) E UM CHEFE DE ESTADO (REI OU PRESIDENTE).

 

  • ENTRE 1923 E 1930 – GOVERNO DO GENERAL PRIMO DE RIVERA (PRIMEIRO-MINISTRO) – DITADURA MILITAR (ENFRAQUECIMENTO OU FIM DO PODER LEGISLATIVO) – GRAVE CRISE SOCIAL – RENÚNCIA DE RIVERA;

 

  • 1931: ELEIÇÕES PARA ASSEMBLEIA CONSTITUINTE (ORGANISMO ESPECÍFICO RESPONSÁVEL PELA ELABORAÇÃO DE UMA CONSTITUIÇÃO) – ANARQUISTAS, COMUNISTAS E SOCIALISTAS CONQUISTAM 70% DO PARLAMENTO – RENÚNCIA DO REI E PROCLAMAÇÃO DE UMA REPÚBLICA NA ESPANHA – PRESIDENTE PROVISÓRIO ALCALÁ ZAMORA;

 

  • DOIS GRUPOS POLÍTICOS NA ESPANHA:
    • FRENTE POPULAR: (GRUPO DEMOCRÁTICO REPUBLICANO) ANARQUISTAS, SOCIALISTAS, COMUNISTAS, TRABALHADORES, PARTE DA CLASSE MÉDIA;
    • FALANGE: (TENDÊNCIA FASCISTA) AUTORITARISMO, CENTRALIZAÇÃO DE PODER, ETC – MILITARES, GRANDES PROPRIETÁRIOS DE TERRA, IGREJA CATÓLICA, BURGUESIA (GRANDES COMERCIANTES).

 

  • 1933: FALANGE CONQUISTA MAIORIA NO PARLAMENTO – LEIS PARA ANULAR AS LEIS DE 1931;

 

  • 1936: FRENTE POPULAR CONQUISTA MAIORIA – NOVO PRESIDENTE: MANOEL AZAÑA – REFORMA AGRÁRIA, AUMENTO DO SALÁRIO MÍNIMO – REAÇÃO DA FALANGE: INÍCIO DA GUERRA CIVIL (COMANDO GENERAL FRANCISCO FRANCO TENDO O APOIO DE MUSSOLINE E HITLER)

 

  • FALANGISTAS (MILITARES ESPANHOIS, ALEMÃES E ITALIANOS) X BRIGADAS INTERNACIONAIS (SOLDADOS SOVIÉTICOS E DE MAIS DE 53 PAÍSES VOLUNTÁRIOS)

____________________________________________________________________

 

 

  • TRÊS ANOS DE GUERRA (1936 A 1939) – 1 MILHÃO DE MORTOS – VITÓRIA DOS FALANGISTAS – DITADURA DE FRANCO ATÉ 1975 (MORTE DE FRANCO);

 

  • 1937 – PABLO PICASSO PINTA GUERNICA

____________________________________________________________________

A GUERRA FRIA

  • FIM DA SEGUNDA GUERRA MUNDIAL –DUAS SUPERPOTÊNCIAS: EUA / URSS – DISPUTAS POR ÁREAS DE INFLUÊNCIA;

 

  • PLANOS PARA RECONSTRUÇÃO DA EUROPA:
    • PLANO MARSHALL – EUA;
    • COMECON (CONSELHO PARA ASSISTÊNCIA ECONÔMICA MÚTUA) – URSS

 

  • ALEMANHA DIVIDIDA EM DUAS:
    • ALEMANHA OCIDENTAL (INFLUÊNCIA DOS EUA – CAPITALISTA);
    • ALEMANHA ORIENTAL (INFLUÊNCIA DA URSS – SOCIALISTA).

 

  • GRANDE DESENVOLVIMENTO DA ALE OCIDENTAL – MIGRAÇÃO EM MASSA PARA ALEMANHA OCIDENTAL – ALEMANHA ORIENTAL FAZ UM MURO (MURO DE BERLIN) – PROTEÇÃO ARMADA;

 

  • BLOCOS MILITARES:
    • OTAN (ORGANIZAÇÃO DO TRATADO DO ATLÂNTICO NORTE) – EUA;
    • PACTO DE VARSÓVIA – URSS.

 

  • ENFRAQUECIMENTO DE VÁRIAS POTÊNCIAS EUROPÉIA – INDEPENDÊNCIA DE VÁRIOS PAÍSES AFRICANOS E ASIÁTICOS:
    • ÁSIA:
      • ÍNDIA (1947) – GANDHI;
      • PAQUISTÃO (PARTE MUÇULMANA DA ÍNDIA);
      • BANGLADESCH (PARTE DO PAQUISTÃO);
      • INDOCHINA;
      • VIETNÃ DO NORTE (SOCIALISTA);
      • VIETNÃ DO SUL (CAPITALISTA)
      • TENTATIVA DO NORTE UNIFICAR O VIETNÃ – GUERRA DO VIETNÃ – DERROTA DOS EUA (1962 A 1975)
    • ÁFRICA:
      • 1960 – “ANO AFRICANO” – 17 PAÍSES CONSEGUEM A INDEPENDÊNCIA;

 

  • CORRIDA ESPACIAL;

 

  • TESTES NUCLEARES – BOMBAS DE HIDROGÊNIO – RISCO DE DESTRUIÇÃO MUNDIAL.

____________________________________________________________________

ILUMINISMO

 

  • ACONTECEU NA EUROPA NA SEGUNDA METADE DO SÉC. 17;

 

  • DESCONTENTAMENTO DE MUITOS EM RELAÇÃO ÀS IDÉIAS ABSOLUTISTAS;

 

  • ILUMINISMO: FORMA DE PENSAMENTO BASEADA NA RAZÃO, NÃO MAIS NA FÉ COMO ACONTECEU NA IDADE MÉDIA;

 

  • ILUMINISTAS: PENSADORES, ESCRITORES, FILÓSOFOS QUE DESENVOLVERAM ESSAS IDÉIAS;

 

  • SÉC. 18: AUGE DO ILUMINISMO – SÉCULO DAS LUZES;

 

  • FRANÇA: DESTACOU-SE POR SEUS ILUMINISTAS – NESSA ÉPOCA VIGORAVA O ANTIGO REGIME;

 

  • ANTIGO REGIME:
    • POLÍTICA: ABSOLUTISMO MONÁRQUICO (TEORIA DO DIREITO DIVINO);
    • ECONOMIA: GOVERNO INTERFERIA NOS PREÇOS (A BURGUESIA QUERIA LIBERDADE);
    • RELAÇÕES SOCIAIS: 3 GRUPOS
      • -1º ESTADO: CLERO (RELIGIOSOS);
      • -2º ESTADO: NOBREZA
      • -3º ESTADO: BURGUESIA, TRABALHADORES URBANOS, CAMPONESES

 

  • ILUMINISTAS QUERIAM :
    • GOVERNOS COM PODERES LIMITADOS POR UMA CONSTITUIÇÃO;
    • LIBERDADE ECONÔMICA E DE PENSAMENTO.

 

  • SALÕES E CAFÉS: LOCAIS DE DISCUSSÃO DE IDÉIAS ILUMINISTAS;

 

  • PRINCIPAIS PENSADORES:
    • VOLTAIRE (1694-1778)
      • -LIBERDADE DE PENSAMENTO E DE RELIGIÃO;
      • -IGUALDADE PERANTE A LEI;
      • -CRITICAVA A TEORIA DO DIREITO DIVINO
    • ROUSSEAU (1712-1778)
      • -CRITICAVA A PROPRIEDADE PRIVADA (ORIGEM DA INFELICIDADE HUMANA)
    • MONTESQUIEU (1689-1755)
      • -CRIOU A TEORIA DA DIVISÃO DOS PODERES (EXECUTIVO, LEGISLATIVO E JUDICIÁRIO)

____________________________________________________________________

IMPÉRIO BIZANTINO

  • 395 – IMPERADOR TEODÓSIO – IMPÉRIO ROMANO DO OCIDENTE (ROMA) E IMPÉRIO ROMANO DO ORIENTE (CONSTANTINOPLA) – ANTIGA COLÔNIA GREGA DE BIZÂNCIO – IMPÉRIO BIZANTINO;

 

  • IMPÉRIO ROMANO DO ORIENTE NÃO FOI INVADIDO PELOS BÁRBAROS – RESISTIU POR MAIS 1000 ANOS;

 

  • ORGANIZAÇÃO POLÍTICA:
    • 527 – IMPERADOR JUSTINIANO – CASADO COM TEODORA (MULHER DO POVO);
    • ESTABELECIMENTO DO CÓDIGO DE JUSTINIANO (TRADIÇÕES OCIDENTAIS)
      • TÍTULOS DE AUGUSTO OU CÉSAR;
      • CORPO DE DIREITO CIVIL;
      • CARÁTER SAGRADO DO IMPERADOR;
      • TEMAS: PROVÍNCIAS DO IMPÉRIO (EXÉRCITOS)

 

  • LEMA DE JUSTINIANO
    • “UM ESTADO, UMA LEI, UMA IGREJA”
    • CAMPANHAS MILITARES – DESCONTENTAMENTO DO POVO – TENTATIVA DE RECONQUISTA DO ANTIGO IMPÉRIO ROMANO

 

  • ECONOMIA
    • COMÉRCIO;
    • ARTESANATO (OURO, PEDRAS PRECIOSAS, MADEIRA)

 

  • RELIGIOSIDADE
    • CRISTIANISMO
    • INFLUÊNCIA DAS CULTURAS ORIENTAIS (GREGOS, PERSAS, ETC) – LÍNGUA GREGA SUBSTITUI O LATIM;
    • NÃO RECONHECIMENTO DO PAPA;
    • CISMA DO ORIENTE – 1054 – IGREJA ORTODOXA.

 

  • SOCIEDADE
    • PROPRIETÁRIOS RURAIS;
    • ARISTOCRATAS;
    • MERCADORES;

 

  • CULTURA
    • MOSAICOS;
  • 1453 – INVASÃO OTOMANA.

____________________________________________________________________

INDUSTRIALIZAÇÃO NO SÉCULO 19

 

  • SEGUNDA REVOLUÇÃO INDUSTRIAL
    • EXPANSÃO DA INDUSTRIALIZAÇÃO NO CONTINENTE EUROPEU;
    • NOVAS TECNOLOGIAS (SIDERURGIA / TELÉGRAFO / TELEFONE);
    • NOVAS FONTES DE ENERGIA (PETRÓLEO / ENERGIA ELÉTRICA);

 

  • CONSTRUÇÃO DE MILHARES DE QUILÔMETROS DE FERROVIAS – COMÉRCIO;

 

  • SAMUEL MORSE – TELÉGRAFO;

 

  • ALEXANDER GRAHAN BELL – MÃE COM PROBLEMAS AUDITIVOS – ESTUDO NO CAMPO DA VOZ – 1876 – PATENTEAMENTO DO TELEFONE;

 

  • MOVIMENTO OPERÁRIO
    • LUDISMO – NED LUDD – INGLATERRA – PROTESTO DESTRUINDO FÁBRICAS;
    • MOVIMENTO CARTISTA – INGLATERRA – CARTA DO POVO – ASSOCIAÇÃO DE TRABALHADORES
      • SUFRÁGIO UNIVERSAL MASCULINO E SECRETO;
      • LEIS TRABALHISTAS.

 

  • SOCIALISMO
    • 1846 – FILÓSOFOS KARL MARX E FRIEDRICH ENGELS – MANIFESTO COMUNISTA – LUTA ARMADA – COMUNISMO – ASSOCIAÇÃO INTERNACIONAL DE TRABALHADORES – PRIMEIRA INTERNACIONAL (SEGUNDA E TERCEIRA) GRANDE MOVIMENTO OPERÁRIO ENTRE AS NAÇÕES INDUSTRIALIZADAS – GREVE GERAL;

 

  • ANARQUISMO: ABOLIÇÃO DO ESTADO / TODOS DEVEM PARTICIPAR DAS DECISÕES POLÍTICAS.

___________________________________________________________________

INVASÕES BÁRBARAS

  • BÁRBAROS

DIVISÕES DA HISTÓRIA

  • IDADE ANTIGA (4000 A. C – 476);
  • IDADE MÉDIA (476 – 1453);
  • IDADE MODERNA (1453 – 1789);
  • IDADE CONTEMPORÂNEA (1789 – ?)

CRISE DO IMPÉRIO ROMANO DO OCIDENTE

  • MANUTENÇÃO DO VASTO TERRITÓRIO

DENOMINAÇÃO DE BÁRBARO;

  • GERMANOS: EUROPA OCIDENTAL OU CENTRAL;
  • ESLAVOS: LESTE EUROPEU;
  • TÁRTARO-MONGÓIS: ÁSIA

GERMANOS (FRANCOS, ANGLOS, SAXÕES, VÂNDALOS, SUEVOS, ETC)

  • AGRICULTURA RUDIMENTAR (MUDANÇAS PARA TERRAS MAIS FÉRTEIS);
  • PECUÁRIA;
  • SOCIEDADE PATRIARCAL;
  • GUERRAS (FORMAÇÃO DE GUERREIROS)
  • CULTO DAS FORÇAS DA NATUREZA E VALHALA (PARAÍSO PARA GUERREIROS MORTOS EM COMBATE);
  • PRESTAÇÃO DE SERVIÇO AOS ROMANOS;
  • APROXIMAÇÃO DOS HUNOS (ÁSIA) – GERMANOS INVADEM TERRITÓRIO ROMANO.

FRAGMENTAÇÃO DO IMPÉRIO ROMANO – 476

REINO DOS FRANCOS:

  • RURALIZAÇÃO;
  • REI CLOVIS – 484 – 1º REI – DINASTIA MEROVÍNGIA – CONVERSÃO AO CRISTIANISMO ;

REIS INDOLENTES (PREFEITOS DOS PALÁCIOS) – 751: PEPINO O BREVE (PREFEITO DO PALÁCIO) DESTRONA CHILDERICO – DINASTIA CAROLÍNGIA – REI CARLOS MAGNO – COROADO PELA IGREJA IMPERADOR DOS FRANCOS E LOMBARDOS;

  • ADMINISTRAÇÃO: 200 CONDADOS – ESTÍMULO AOS ESTUDOS E CRIAÇÃO DE ESCOLAS – GOVERNO DE LUÍS O PIEDOSO;
  • DIVISÃO EM 3 REINOS (TRATADO DE VERDUN): LUIS O GERMÂNICO, LOTÁRIO E CARLOS O CALVO
  • ENFRAQUECIMENTO DOS REINOS E CHEGADA DE OUTROS POVOS (VIKINGS E MUÇULMANOS).

____________________________________________________________________

IMPÉRIO DA MACEDÔNIA

 

  • PERÍODOS:
    • PRÉ-HOMERICO;
    • HOMÉRICO;
    • CLÁSSICO;
    • HELENÍSTICO.

 

  • FORMAÇÃO DA LIGA DE DELOS (ATENAS LIDERAVA) / APOGEU DE ATENAS / LEGISLADOR PÉRICLES (EMBELEZAMENTO DA PÓLIS, MELHORIA NAS CONDIÇÕES DE VIDA DA POPULAÇÃO;

 

  • FORMAÇÃO DA LIGA DO PELOPONESO (ESPARTA LIDERAVA) / GUERRA DO PELOPONESO (VITÓRIA DE ESPARTA) – DECADÊNCIA DE ESPARTA E HEGEMONIA DE TEBAS – CONQUISTA MACEDÔNICA NA GRÉCIA E INÍCIO DO PERÍODO HELENÍSTICO;

 

  • NORTE DA GRÉCIA – REI FILIPE II – 356 A.C. – INVASÃO DO TERRITÓRIO GREGO (338 A. C.) – ATENAS E TEBAS DERROTADAS NA BATALHA DE QUERONÉIA;

 

  • FORMAÇÃO DA LIGA DE CORINTO – DECISÃO DE ATACAR O IMPÉRIO PERSA – FILIPE II ASSASSINADO EM 334 A. C.;

 

  • CAVALO BUCÉFALO;

 

  • SEU FILHO E SUCESSOR ALEXANDRE MAGNO OU ALEXANDRE, O GRANDE – 20 ANOS DE IDADE – COMANDOU CAMPANHAS MILITARES COM 35 MIL HOMENS – CONQUISTOU PÉRSIA, FENÍCIA, EGITO E CHEGARAM À FRONTEIRA COM A ÍNDIA;

 

  • MORTE AOS 33 ANOS – SEM HERDEIROS – PROVAVELMENTE MALÁRIA – DISPUTA DE SEU TERRITÓRIO ENTRE SEUS GENERAIS;

 

  • HOMOSSEXUALISMO;

 

  • FORMAÇÃO DE TRÊS REINOS: MACEDÔNIA, EGITO E ÁSIA – NOS SÉCULOS 2 E 1 A. C. ESTES TERRITÓRIOS FORAM CONQUISTADOS PELO IMPÉRIO ROMANO;

 

  • GRANDE INTERCÂMBIO ENTRE OCIDENTE E ORIENTE – BABILÔNIA – CONHECIMENTO GREGO DIFUNDIDO NO ORIENTE.

____________________________________________________________________

MAIAS, ASTECAS E INCAS

 

  • POVOS PRÉ-COLOMBIANOS (CONCEITO);

 

  • TEORIAS DE PROCEDÊNCIA DOS POVOS AMERICANOS
    • ESTREITO DE BERING;
    • POLINÉSIOS;

 

  • TERMO “ÍNDIOS”;

 

  • VÁRIOS POVOS COM CULTURAS PRÓPRIAS – MAIS CONHECIDOS MAIAS, ASTECAS E INCAS;

 

  • MAIAS
    • REGIÃO DA GUATEMALA;
    • JÁ EM DECADÊNCIA QUANDO OS ESPANHÓIS CHEGARAM À AMÉRICA;
    • ESCRITA MAIA AINDA NÃO TOTALMENTE DESVENDADA;
    • NÃO CONSTITUÍRAM IMPÉRIOS / ORGANIZADOS EM CIDADES-ESTADOS / REUNIDOS EM CONFEDERAÇÃO SOB O COMANDO DAS FAMÍLIAS MAIS IMPORTANTES;
    • PRINCIPAIS CIDADES: PALENQUE, COPÁN, CHICHÉN-ITZA;
    • PRÁTICA DA ESCRAVIZAÇÃO – TRÊS TIPOS DE ESCRAVOS:
      • PRISIONEIROS DE GUERRA: SACRIFICADOS AOS DEUSES EM CERIMÔNIAS RELIGIOSAS;
      • INFRATORES DA LEI: PODERIA SER CONDENADO À MORTE OU VIVER COMO ESCRAVO;
      • CIDADÃOS COM DÍVIDAS: SE TORNAVA ESCRAVO DO SEU CREDOR.
    • RELIGIÃO POLITEÍSTA: VÁRIOS DEUSES (KULKULKAN – DEUS DA CHUVA, ITZAMNA – DEUS DA CIÊNCIA, ETC)
    • SACRIFÍCIOS NO ALTO DOS TEMPLOS / TINHAM 365 DEGRAUS;
    • JOGO DE PELOTA;
    • TINHAM CALENDÁRIOS, ASTRONOMIA, CRIARAM O NUMERO “ZERO”.

 

  • ASTECAS
    • GRANDE PROCESSO DE EXPANSÃO QUANDO OS ESPANHÓIS CHEGARAM À AMÉRICA;
    • REGIÃO DO MÉXICO;
    • PODEROSO IMPERIO;
    • PRINCIPAIS CIDADES: TEXCOCO, TENOCHTITLAN;
    • IMPUNHAM IMPOSTOS AOS POVOS CONQUISTADOS (FEIJÃO, MILHO, CACAU, OBJETOS DE LUXO, ETC);
    • SACRIFÍCIOS HUMANOS AOS DEUSES;
    • PESCAS EM ALTO MAR, RIOS E LAGOS;
    • PRATICAVAM AGRICULTURA, COMÉRCIO E ARTESANATO;
    • CALENDÁRIO ASTECA (PEDRA DO SOL)

 

  • INCAS
    • REGIÃO DA CORDILHEIRA DOS ANDES;
    • ORGANIZAÇÃO MILITAR (LANÇAS COM LÂMINAS DE BRONZE, CLAVAS DE MADEIRA, CAPACETES DE MADEIRA, ESCUDOS REDONDOS) – IMENSO IMPÉRIO (COLÔMBIA AO CHILE);
    • IMPERADOR CONSIDERADO UM DEUS (SAPA INCA);
    • SISTEMA DE IRRIGAÇÃO
    • CRIAÇÃO DE ANIMAIS (LHAMA E ALPACA) / LÃ, CARNE, LEITE;
    • CONQUISTA DOS ESPANHÓIS – FRANCISCO PIZARRO.

____________________________________________________________________

MESOPOTÂMIA

 – MESOPOTÂMIA (TERRA ENTRE RIOS);

 

– GRANDE REGIÃO – RIOS TIGRE E EUFRATES – PONTO DE PASSAGEM ENTRE EUROPA, ÁFRICA E ÁSIA – DIVIDIDA EM 2 REGIÕES (ASSÍRIA: TERRA ALTAS DO NORTE E CALDÉIA: REGIÃO PANTANOSA AO SUL);

 

– VÁRIOS POVOS DOMINARAM ESTA REGIÃO: SUMÉRIOS, ACÁDIOS, BABILÔNIOS, ASSÍRIOS, FENÍCIOS, HEBREUS E PERSAS;

 

– SUMÉRIOS: 1° POVO A SE ORGANIZAR COMO SOCIEDADE (3200 A.C.) – CRIAÇÃO DA ESCRITA CUNEIFORME (MARCAS DE ESTILETE EM PLACAS DE ARGILA) – CIDADES DE UR, URUC, NIPUR E LAGASH – LÍDER: PATESI (REPRESENTANTES DOS DEUSES);

 

– ACÁDIOS: ORIGINÁRIOS DA CIDADE DE ACAD (MARGEM DO RIO TIGRE) – CIDADE FUNDADA PELOS SEMITAS: POVO ORIGINÁRIO DO DESERTO DA ARÁBIA – DOMÍNIO DE TODA A CALDÉIA (2350 A.C.) – FIM DO IMPÉRIO EM FUNÇÃO DE INVASÕES DE TRIBOS VIZINHAS (2000 A.C.);

– BABILÔNIOS: ORIGINÁRIOS DA CIDADE DA BABILÔNIA (MARGEM DO RIO TIGRE) -CIDADE FUNDADA PELOS SEMITAS (2000 A.C.) – DOMÍNIO DA CALDÉIA – PRINCIPAL REI: HAMURABI (CRIADOR DO 1° CONJUNTO DE LEIS ESCRITAS DA HISTÓRIA) –> CÓDIGO DE HAMURABI: “OLHO POR OLHO, DENTE POR DENTE” – IMPÉRIOS BABILÔNICOS: PRIMEIRO IMPÉRIO BABILÔNICO (REI HAMURABI) E SEGUNDO IMPÉRIO BABILÔNICO (APÓS O DECLÍNIO DOS ASSÍRIOS) – REI BABILÔNIO DE DESTAQUE DO SEGUNDO IMPÉRIO: NABUCODONOSOR -> ESCRAVIZAÇÃO DOS FENÍCIOS E HEBREUS (CATIVEIRO BABILÔNICO);

– ASSÍRIOS: ORIGINÁRIOS DA REGIÃO ONDE NASCE O RIO EUFRATES (750 A.C.) -PRIMEIRO EXÉRCITO ORGANIZADO DO MUNDO (RECRUTAMENTO OBRIGATÓRIO, EXTREMA VIOLÊNCIA) – CONQUISTA DO EGITO – BIBLIOTECA DE NÍNIVE

 

____________________________________________________________________

MESOPOTÂMIA E EGITO

 – MESOPOTÂMIA (TERRA ENTRE RIOS);

 

– GRANDE REGIÃO – RIOS TIGRE E EUFRATES – PONTO DE PASSAGEM ENTRE EUROPA, ÁFRICA E ÁSIA – DIVIDIDA EM 2 REGIÕES (ASSÍRIA: TERRA ALTAS DO NORTE E CALDÉIA: REGIÃO PANTANOSA AO SUL);

 

– VÁRIOS POVOS DOMINARAM ESTA REGIÃO: SUMÉRIOS, ACÁDIOS, BABILÔNIOS, ASSÍRIOS, FENÍCIOS, HEBREUS E PERSAS;

 

– SUMÉRIOS: 1° POVO A SE ORGANIZAR COMO SOCIEDADE (3200 A.C.) – CRIAÇÃO DA ESCRITA CUNEIFORME (MARCAS DE ESTILETE EM PLACAS DE ARGILA) – CIDADES DE UR, URUC, NIPUR E LAGASH – LÍDER: PATESI (REPRESENTANTES DOS DEUSES);

 

– ACÁDIOS: ORIGINÁRIOS DA CIDADE DE ACAD (MARGEM DO RIO TIGRE) – CIDADE FUNDADA PELOS SEMITAS: POVO ORIGINÁRIO DO DESERTO DA ARÁBIA – DOMÍNIO DE TODA A CALDÉIA (2350 A.C.) – FIM DO IMPÉRIO EM FUNÇÃO DE INVASÕES DE TRIBOS VIZINHAS (2000 A.C.);

– BABILÔNIOS: ORIGINÁRIOS DA CIDADE DA BABILÔNIA (MARGEM DO RIO TIGRE) -CIDADE FUNDADA PELOS SEMITAS (2000 A.C.) – DOMÍNIO DA CALDÉIA – PRINCIPAL REI: HAMURABI (CRIADOR DO 1° CONJUNTO DE LEIS ESCRITAS DA HISTÓRIA) –> CÓDIGO DE HAMURABI: “OLHO POR OLHO, DENTE POR DENTE” – IMPÉRIOS BABILÔNICOS: PRIMEIRO IMPÉRIO BABILÔNICO (REI HAMURABI) E SEGUNDO IMPÉRIO BABILÔNICO (APÓS O DECLÍNIO DOS ASSÍRIOS) – REI BABILÔNIO DE DESTAQUE DO SEGUNDO IMPÉRIO: NABUCODONOSOR -> ESCRAVIZAÇÃO DOS FENÍCIOS E HEBREUS (CATIVEIRO BABILÔNICO);

– ASSÍRIOS: ORIGINÁRIOS DA REGIÃO ONDE NASCE O RIO EUFRATES (750 A.C.) -PRIMEIRO EXÉRCITO ORGANIZADO DO MUNDO (RECRUTAMENTO OBRIGATÓRIO, EXTREMA VIOLÊNCIA) – CONQUISTA DO EGITO – BIBLIOTECA DE NÍNIVE

EGITO

4000 A.C. – OS  PRIMEIROS GRUPOS HUMANOS SE ORGANIZAM EM PEQUENAS SOCIEDADES (NOMOS) ÀS MARGENS DO RIO NILO. LIDERADAS PELOS NOMARCAS;

3500 A.C. -> UNIÃO DOS NOMOS (CONSTRUÇÃO DE BARRAGENS, CANAIS DE IRRIGAÇÃO, PLANTAÇÕES, COLHEITAS) FORMAM DOIS GRANDES REINOS:

  • ALTO EGITO (SUL)
  • BAIXO EGITO (NORTE)

3200 A.C. -> LÍDER DO ALTO EGITO MENÉS CONQUISTA O BAIXO EGITO —> UNIFICAÇÃO POLÍTICA E TERRITORIAL –> PRIMEIRO FARAÓ (FILHO DO DEUS RÁ) -> “FARAÓ NÃO ERA UM REPRESENTANTE DE DEUS NA TERRA MAS SIM O PRÓPRIO DEUS NA TERRA ” ->INÍCIO DO ANTIGO IMPÉRIO

PERIODIZAÇÃO DA HISTÓRIA DO EGITO ANTIGO:

  • ANTIGO IMPÉRIO (3200 A.C. – 2300 A.C.): FARAÓ / PERÍODO DE PAZ / CONSTRUÇÃO DAS GRANDES PIRÂMIDES DE GIZÉ (QUEÓPS, QUEFREM E MIQUERINOS);

2300 A.C. -> NOMARCAS CONTESTAM A AUTORIDADE DO FARAÓ DESCENTRALIZAÇÃO POLÍTICA E ENFRAQUECIMENTO ECONÔMICO DO EGITO

2000 A.C. —> FARAÓS RECONQUISTAM SEU PODER ABSOLUTO -> INÍCIO DO MÉDIO IMPÉRIO

  • MÉDIO IMPÉRIO (2000 A.C. – 1580 A.C.): NOVA CAPITAL DO EGITO (TEBAS) / CHEGADA DOS HEBREUS AO EGITO / EGITO É INVADIDO E CONQUISTADO PELO POVO HICSO
  • NOVO IMPÉRIO (1580 A.C. – 662 A.C.): EGÍPCIOS EXPULSAM HICSOS EESCRAVIZAM OS HEBREUS / IMPERIALISMO EGÍPCIO / PRINCIPAIS FARAÓS (TUTMÉS 111 E RAMSÉS II) / O POVO ASSÍRIO SOB O COMANDO DE ASSURBANÍPAL CONQUISTAM O EGITO

 

–          SOCIEDADE

  •              FARAÓ: FILHO DO DEUS RÁ / CULTOS EM SUA HOMENAGEM
  •              NOBRES: DONOS DE GRANDES PROPRIEDADES / PRINCIPAIS POSTOS DO EXÉRCITO
  •               SACERDOTES: RICOS PORQUE FICAVAM COM PARTE DAS OFERENDAS / NÃO PAGAVAM IMPOSTOS
  •                ESCRIBAS: COBRANÇA DE IMPOSTOS / ORGANIZAÇÃO DAS LEIS
  •                SOLDADOS: NUNCA OCUPAVAM POSTOS DE COMANDO (RESERVADO AOS NOBRES)
  •                ARTESÃOS: PEDREIROS, CARPINTEIROS, DESENHISTAS, ESCULTORES, PINTORES, ETC
  •                CAMPONESES (MAIORIA): TRABALHAVAM NAS TERRAS DO FARAÓ, DOS NOBRES E SACERDOTES / PEQUENA PARTE FICA EM POSSE DOS CAMPONESES
  •                ESCRAVOS: PRISIONEIROS DE GUERRA / VIDA SEMELHANTE DOS CAMPONESES

 

–          ECONOMIA

  •                   PRINCIPAL ATIVIDADE AGRICULTURA / OUTRAS ATIVIDADES: CRIAÇÃO DE ANIMAIS (PORCOS E CARNEIROS) E TANQUES DE PEIXES.

 

–          RELIGIÃO

  •                    ACREDITAVAM NA VIDA APÓS A MORTE (RETORNO DA ALMA) – MUMIFICAÇÃO

____________________________________________________________________

MOVIMENTOS DE INDEPENDÊNCIA DA AMÉRICA LATINA

 

– AMÉRICA PORTUGUESA

  • ELEVAÇÃO DO BRASIL DE COLÔNIA À REINO UNIDO (REINO UNIDO DE PORTUGAL, BRASIL E ALGARVES) – FIM DO PACTO COLONIAL;
  • DESCONTENTAMENTO DOS PORTUGUESES;
  • COROAÇÃO DE D. JOÃO VI;
  • REVOLUÇÃO DO PORTO – RETORNO DO REI – ABDICAÇÃO;
  • INDEPENDÊNCIA DO BRASIL:
    • 07/09/1822;
    • MONARQUIA X REPÚBLICA?
    • CONCEITOS;
    • INDEPENDÊNCIA SEM GUERRA;
    • EXTENSO TERRITÓRIO – UNIDADE.
  • COROAÇÃO DE D. PEDRO I – PRIMEIRO REINADO (1822 – 1831).

 

– AMÉRICA ESPANHOLA

  • SURGIMENTO DE UM NOVO GRUPO SOCIAL NA AMÉRICA ESPANHOLA: CRIOLLOS (FILHOS DE ESPANHÓIS NASCIDOS NA AMÉRICA) – ELITE;
  • PARTICIPAÇÃO DOS CRIOLLOS EM MOVIMENTOS PELA INDEPENDÊNCIA PORQUE:
    • CRIOLLOS ERAM IMPEDIDOS DE PARTICIPAR DE ALTOS CARGOS POLÍTICOS;
    • A MAIOR PARTE DAS RIQUEZAS PRODUZIDAS NA AMÉRICA IAM PARA ESPANHA;
    • MUITOS CRIOLLOS HAVIAM ESTUDADO NA EUROPA E TIDO INFLUÊNCIA DE IDEIAS ILUMINISTAS;
  • COLÔNIAS ESPANHOLAS DIVIDIDAS EM 4 VICE-REINOS (NOVA ESPANHA, NOVA GRANADA, PERU E RIO DA PRATA) E 4 CAPITANIAS GERAIS (GUATEMALA, CUBA, VENEZUELA E CHILE) – APÓS A INDEPENDÊNCIA SURGIMENTO DE VÁRIOS PAÍSES;
  • CONSEQUÊNCIAS DA INDEPENDÊNCIA DAS COLÔNIAS ESPANHOLAS:
    • A ELITE CONTINUA SENDO A MESMA (CRIOLLOS);
    • A INGLATERRA APOIA O MOVIMENTO DE INDEPENDÊNCIA PARA PODER VENDER SUAS MERCADORIAS (REVOLUÇÃO INDUSTRIAL);
    • ENDIVIDAMENTO DOS NOVOS PAÍSES AMERICANOS PARA A INGLATERRA.

____________________________________________________________________

MOVIMENTOS POLÍTICOS E ORGANIZAÇÃO OPERÁRIA NO SÉCULO 19

 

  • CONGRESSO DE VIENA – SUPRESSÃO DOS MOVIMENTOS LIBERAIS REVOLUCIONÁRIOS – FRANÇA REI LUÍS 18 – MESCLA DE ABSOLUTISMO COM ALGUMAS CONQUISTAS LIBERAIS (LIBERDADE DE IMPRENSA E CULTO, IGUALDADE JURÍDICA) – SISTEMA ELEITORAL CENSITÁRIO;
  • PRINCIPAIS FACÇÕES POLÍTICAS NA FRANÇA: ULTRA-REALISTAS (NOBRES – ANTIGO REGIME), LIBERAIS (REPUBLICANOS E BONAPARTISTAS – DEFENSORES DAS CONQUISTAS REVOLUCIONÁRIAS) E CONSTITUCIONALISTAS (ALTA BURGUESIA – DEFESA DOS PRINCÍPIOS DA CONSTITUIÇÃO;
  • 1824: MORTE DE LUÍS 18 – CARLOS 10 ASSUME (IRMÃO DE LUIS 18 – ULTRA-REALISTA) – DEVOLUÇÃO DO ENSINO À IGREJA / INDENIZAÇÃO AOS NOBRES PELAS PERDAS NA REVOLUÇÃO FRANCESA / AUMENTO DE IMPOSTOS;
  • ELEIÇÕES DE 1830 (MAIORIA DE LIBERAIS NO PARLAMENTO) – CARLOS 10 DISSOLVE A CÂMARA – REVOLTA GENERALIZADA (TRÊS DIAS GLORIOSOS) – FUGA DO REI – LIBERAIS NÃO ALTERAM O REGIME – GOVERNO DE LUÍS FILIPE, DUQUE DE ORLEANS (ULTRA-REALISTA);
  • GRANDE DESENVOLVIMENTO INDUSTRIAL – FORTE OPOSIÇÃO – 1848 REVOLTA SOCIALISTA – PERDA DE APOIO DA GUARDA NACIONAL AO DUQUE – GOVERNO DE SOCIALISTAS E BURGUESES LIBERAIS (SEGUNDA REPÚBLICA DA FRANÇA);
  • 1851 ELEIÇÃO DE LUÍS BONAPARTE (SOBRINHO) – IMPERADOR NAPOLEÃO III (SEGUNDO IMPÉRIO FRANCÊS) – ONDA DE REVOLTAS NA EUROPA (PRIMAVERA DOS POVOS);
  • INGLATERRA: PAÍS INDUSTRIAL – CONDIÇÕES PRECÁRIAS DOS TRABALHADORES – OPOSIÇÃO DOS OPERÁRIOS AO GOVERNO – LUDISMO;
  • LONDRES: ASSOCIAÇÃO DOS OPERÁRIOS – CARTA DO POVO (SUFRÁGIO INIVERSAL MASCULINO);
  • SINDICALISMO – FRANÇA, ITÁLIA E ESPANHA – SINDICATOS COORDENADOS POR UMA CONFEDERAÇÃO GERAL DOS TRABALHADORES;
  • SOCIALISMO UTÓPICO – SAINT-SIMON / CHARLES FOURIER (FRA) E ROBERT OWEN (ING) – FALANTÉRIOS (PEQUENAS COMUNIDADES / PRAZER SERIA O PRINCIPAL OBJETIVO / ESCOLHA DO TRABALHO;
  • 1846 – FILÓSOFOS KARL MARX E FRIEDRICH ENGELS – MANIFESTO COMUNISTA – LUTA ARMADA – COMUNISMO – ASSOCIAÇÃO INTERNACIONAL DE TRABALHADORES – PRIMEIRA INTERNACIONAL (SEGUNDA E TERCEIRA) GRANDE MOVIMENTO OPERÁRIO ENTRE AS NAÇÕES INDUSTRIALIZADAS – GREVE GERAL;
  • ANARQUISMO: ABOLIÇÃO DO ESTADO / TODOS DEVEM PARTICIPAR DAS DECISÕES POLÍTICAS.

____________________________________________________________________

NAZISMO E FASCISMO

  • CRISE SOCIAL E ECONÔMICA:

CULPADOS REAIS: 1ª GRANDE GUERRA; CRISE DE 1929;
CULPADOS PARA OS ALEMÃES E ITALIANOS: MODELO LIBERAL-DEMOCRÁTICO.
• ALTERNATIVA ALEMÃ E ITALIANA:
IMPLANTAÇÃO DE REGIMES AUTORITÁRIOS

  • CARACTERÍSTICAS PRINCIPAIS:
    MILITARISMO;
    NACIONALISMO;
    UNIPARTIDARISMO;
    GOVERNO DITATORIAL;
    CULTO DA PERSONALIDADE;
    EXPANSIONISMO;
    RACISMO (ALEMANHA).
  • ALEMANHA:
    CRISE SOCIAL / ADOLF HITLER – UM DOS FUNDADORES DO PARTIDO NACIONAL SOCIALISTA DOS TRABALHADORES ALEMÃES (NAZISMO) / 1932: MAIORIA NO PARLAMENTO / 1933: HITLER ASSUME COMO 1º MINISTRO / 1934: MORTE DO PRESIDENTE HINDEMBURG – HITLER ASSUME COMO DITADOR – MUDANÇA DA BANDEIRA – FIM DOS OUTROS PARTIDOS / TERCEIRO REICH (3º IMPÉRIO) / 1º – SACRO IMPÉRIO ROMANO-GERMÂNICO / 2º – UNIFICAÇÃO ALEMÃ.

 

  • ITÁLIA:
    BENITO MUSSOLINE / EX-COMBATENTE DA PRIMEIRA GUERRA / FUNDOU O MOVIMENTO FASCISTA ITALIANO / APOIO DA CLASSE RICA / 1922 – USO DA VIOLÊNCIA PARA CONTER UMA GREVE GERAL / MUSSOLINE ASSUME UM MINISTÉRIO / FASCISTAS CONQUISTAM MAIORIA NO PARLAMENTO / 1925 -MUSSOLINE ASSUME O GOVERNO COMO DITADOR (FECHAMENTO DA CÂMARA E SENADO).

 

  • PERSEGUIÇÃO AOS JUDEUS – GUETOS:
  • MORTE DE CRISTO;
  • GANANCIOSOS;
  • PESTE NEGRA;
  • DERROTA ALEMÃ NA PRIMEIRA GUERRA MUNDIAL.

____________________________________________________________________

NEOCOLONIALISMO OU IMPERIALISMO

-METADE DO SÉC. 18:
• GRANDE DESENVOLVIMENTO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA;
• LABORATÓRIOS PRÓPRIOS EM GRANDES INDÚSTRIAS;
• AUMENTO DA PRODUÇÃO DE CARVÃO E FERRO;
• QUEDA NO SETOR TÊXTIL.

-SEGUNDA REVOLUÇÃO INDUSTRIAL
-COMO PASSAR DO TEMPO: AÇO SUBSTITUI O FERRO E A ELETRICIDADE O CARVÃO (FORÇA MOTRIZ – DÁ O IMPULSO INICIAL)
-DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO -> AUMENTO DA PRODUÇÃO -> BUSCA DE MATÉRIAS-PRIMAS E CONSUMIDORES –> CONQUISTA DE COLÔNIAS (ÁFRICA E ÁSIA)
-COLÔNIA (FORNECE A MATÉRIA-PRIMA A PREÇO BAIXO) –> METRÓPOLE (INDUSTRIALIZA A MATÉRIA-PRIMA) –> COLÔNIA (COMPRA O PRODUTO INDUSTRIALIZADO DA METRÓPOLE A PREÇO ALTO) OBS: A COLÔNIA É PROIBIDA DE INSTALAR FÁBRICAS DE PRODUTOS QUE A METRÓPOLE PRODUZ;
-JUSTIFICATIVA IDEOLOGICA: BRANCOS EUROPEUS ESTÃO “CIVILIZANDO RAÇAS INFERIORES” -CHARLES DARWIN (EVOLUÇÃO DAS ESPÉCIES – A ESPÉCIE MAIS FORTE SOBREVIVE);
-DARWINISMO SOCIAL (SPENCER – AS GRANDES INDÚSTRIAS ENGOLEM AS PEQUENAS);
-CONDE DE GOBINEAU: ELIMINAÇÃO DAS RAÇAS INFERIORES ATRAVÉS DO CRUZAMENTO / DIPLOMATA FRANCÊS QUE VIVIA NO BRASIL / AMIGO DE D. PEDRO II;

-REI LEOPOLDO II (BÉLGICA) COMPRA O TERRITÓRIO DO CONGO (ÁFRICA CENTRAL) –> DESCOBERTA DE OURO, COBRE E DIAMANTES NA ÁFRICA
-1894: CONFERÊNCIA DE BERLIM ( PARTILHA DA ÁFRICA);
-ING / FRA : PAÍSES MAIS RICOS; MELHORES TERRITÓRIOS;
-ALE / ITA : PAÍSES RECÉM – UNIFICADOS ; NÃO CONCORDAM COM A DIVISÃO;
ETNIAS RIVAIS AFRICANAS PASSAM A CONVIVER NO MESMO TERRITÓRIO (AUMENTO DA VIOLÊNCIA).

____________________________________________________________________

O NACIONALISMO E O PROCESSO DE UNIFICAÇÃO POLÍTICA DA ITÁLIA E DA ALEMANHA

 

  • IDADE MODERNA – PAÍSES EUROPEUS DIVIDIDOS EM REINOS INDEPENDENTES – ING / FRA / POR / ESP (PROCESSO DE UNIFICAÇÃO) – ESTADOS NACIONAIS MODERNOS.
  • UNIFICAÇÃO ITALIANA
    • PRIMEIRA METADE SÉC. 19 – PENÍNSULA ITÁLICA DIVIDIDA
      • ESTADOS DO NORTE (DOMÍNIO DO IMPÉRIO AUSTRO-HÚNGARO);
      • ESTADOS DO CENTRO (DOMÍNIO DA IGREJA CATÓLICA);
      • ESTADOS DO SUL (DOMÍNIO DA FRANÇA).
    • FATORES QUE CONTRIBUÍRAM PARA UNIFICAÇÃO;
      • SENTIMENTO NACIONALISTA;
      • INTERESSE DA BURGUESIA.
    • GUERRA DE INDEPENDÊNCIA
      • NORTE – LIDERANÇA DO REINO DE PIEMONTE – APOIO DA FRANÇA E DOS ESTADO DO SUL (COMANDADOS POR GIUSEPPE GARIBALDI – REPUBLICANO – MIL VOLUNTÁRIOS “CAMISAS VERMELHAS”) – DERROTA DOS AUSTRÍACOS – FORMAÇÃO DO REINO DA ITÁLIA (REI VITOR EMANUEL).
    • A QUESTÃO ROMANA
      • CONFLITO COM A IGREJA – NÃO RECONHECIMENTO DA UNIDADE ITALIANA PELO PAPA PIO IX – CONFLITO SE ESTENDEU ATÉ 1929 (CRIAÇÃO DO ESTADO DO VATICANO).
    • UNIFICAÇÃO ALEMÃ
      • GRANDE DESENVOLVIMENTO INDUSTRIAL DO ESTADO DA PRÚSSIA – PERTENCENTE À CONFEDERAÇÃO GERMÂNICA – CRIAÇÃO DE UMA LIGA DE LIVRE COMÉRCIO NA FEDERAÇÃO PARA DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO (ZOLVEREIN);
      • GUERRA AUSTRO-PRUSSIANA (1866) – VITÓRIA DO NORTE E DIVISÃO DOS ESTADOS ALEMÃES EM DUAS ÁREAS DE INFLUÊNCIA (NORTE – PRÚSSIA E SUL – ÁUSTRIA);
      • GUERRA FRANCO-PRUSSIANA (IMPERADOR FRANCÊS NAPOLEÃO III) – VITÓRIA DA PRÚSSIA – CRIAÇÃO DO REINO DA ALEMANHA (1871 – GUILHERME I PROCLAMADO KAISER)

 

____________________________________________________________________

O ORIENTE PRÓXIMO E O SURGIMENTO DAS PRIMEIRAS CIDADES

 

  • SURGIMENTO NO ORIENTE PRÓXIMO (REGIÃO DO CRESCENTE FÉRTIL) –> BOAS CONDIÇÕES GEOGRÁFICAS : GRANDES RIOS (NILO, TIGRE E EUFRATES) E CLIMÁTICAS: CHUVAS NO INVERNO, HUMUS NAS MARGENS QUANDO O RIO DESCE;

 

  • DESENVOLVIMENTO DA AGRICULTURA –> SEDENTARISMO -> PROCESSO DE LONGA DURAÇÃO;

 

  • RIOS SERVEM DE ACESSO AS MATÉRIAS-PRIMAS → NECESSIDADE DE COOPERAÇÃO ENTRE OS HOMENS -> LIDERANÇA PARA DIVIDIR AS TAREFAS (CHEFE);

 

  • MELHORIA NOS MEIOS DE TRANSPORTES -> DESENVOLVIMENTO DO COMÉRCIO DO EXCEDENTE (PRODUTOS QUE SOBRAM) – INICIALMENTE TROCAS DE PRODUTOS DIFERENTES -SURGIMENTO DE UNIDADES DE TROCA (GADO, COBRE, OURO, PRATA) – SURGIMENTO DE MERCADORES ESPECIALIZADOS (BUSCAVAM PRODUTOS EM REGIÕES DISTANTES PARA REVENDER)

 

  • DESENVOLVIMENTO DO COMÉRCIO –> INVENÇÃO DA ESCRITA (CONTAGEM, CALENDÁRIO, MEDIDAS, NOME DOS PRODUTOS, ETC);

 

  • DIVISÃO DE TAREFAS -> DESIGUALDADE DE RIQUEZAS ENTRE OS CIDADÃOS -> SURGIMENTO DE LEIS

 

  • GOVERNANTE -> INICIALMENTE O MAIS VELHO, DEPOIS O CHEFE RELIGIOSO OU O GRANDE GUERREIRO -> SURGIMENTO DAS CIDADES – ESTADOS -> CONTROLE DAS CIDADES DOS RECURSOS FINANCEIROS (IMPOSTOS).

____________________________________________________________________

O PROCESSO DE DESCOLONIZAÇÃO DA ÁSIA E ÁFRICA

 

  • GUERRAS MUNDIAIS – ENFRAQUECIMENTO DA GRÃ-BRETANHA / FRANÇA / HOLANDA E BÉLGICA – EXTENSOS TERRITÓRIOS COLONIAIS;
  • 1945 – 1960 – CERCA DE 50 PAÍSES CONQUISTARAM INDEPENDÊNCIA (ÁSIA E ÁFRICA);
  • DESENVOLVIMENTO DAS COLÔNIAS (FERROVIAS, BANCOS, ESCOLAS) TAMBÉM FOI FATOR RESPONSÁVEL PELA INDEPENDÊNCIA;
  • DESCOLONIZAÇÃO DA ÁSIA
    • COLÔNIAS INGLESAS: MIANMAR / SRI LANKA / PAQUISTÃO / ÍNDIA;
      • GANDHI – DESOBEDIÊNCIA CIVIL E NÃO-VIOLÊNCIA;
    • COLÔNIA HOLANDESA: INDONÉSIA
      • CONFERÊNCIA DE BANDUNG (1955);
    • DESCOLONIZAÇÃO DA ÁFRICA
      • CONFERÊNCIA DOS POVOS AFRICANOS – CIDADE DE ACRA (GANA) – 1958;
      • INDEPENDÊNCIA DA ÁFRICA DO SUL (INGLATERRA) – CONTINUAÇÃO DO PODER NAS MÃOS DA MINORIA BRANCA – APARTHEID (EXCLUSÃO DA PARTICIPAÇÃO DE NEGROS NA POLÍTICA) – NELSON MANDELA (PRISÃO DE 1962 À 1990) – ELEIÇÃO PRESIDENCIAL DE MANDELA EM 1994.

____________________________________________________________________

ORIGENS DA GRÉCIA

  • PERÍODOS: 
    • PRÉ-HOMERICO;
    • HOMÉRICO;
    • CLÁSSICO;
    • HELENÍSTICO.

PERÍODO PRÉ-HOMÉRICO:

    • REGIÕES DA GRÉCIA ANTIGA:
      • HÉLADE;
      • PARTE INSULAR;
      • JÔNIA.
    • POPULAÇÕES IMIGRANTES:
      • AQUEUS;
      • JÔNIOS;
      • EÓLIOS;
      • DÓRIOS.
      • AQUEUS
        • SUL DA HÉLADE (PENÍNSULA DO PELOPONESO) / TERRAS FÉRTEIS / PRINCIPAL CIDADE: MICENAS;
        • 1400 A.C.: EXPANSÃO MICÊNICA (DOMÍNIO DE CRETA, MAR EGEU E MAR NEGRO, INCLUINDO TRÓIA);
        • 1100 A.C.: DÓRIOS CONQUISTAM TERRITÓRIO MICÊNICO (FUGA DOS MICÊNICOS – 1ª DIÁSPORA GREGA)

 

  • PERÍODO HOMÉRICO:
    • FONTES ESCRITAS: ILÍADA E ODISSÉIA, DE HOMERO;
    • TRANSFORMAÇÕES COM A INVASÃO DÓRIA: FIM DA ESCRITA; DECADÊNCIA DO COMÉRCIO – XENOFOBISMO; GENOS (TODOS COM LAÇOS DE SANGUE); PATER-FAMÍLIAS; RELIGIÃO (CULTO AOS ANTEPASSADOS); CRISE DOS GENOS: AUMENTO POPULACIONAL – FALTA DE TERRAS – MELHORES TERRAS PARA OS PARENTES MAIS PRÓXIMOS (EUPÁTRIDAS=“BEM NASCIDOS”) –  SURGIMENTO DAS PÓLIS (CIDADES-ESTADOS)
    • PÓLIS
      • ACRÓPOLE;
      • ÁGORA (CENTRO DA ACRÓPOLE);
      • DOMÍNIO DOS EUPÁTRIDAS;
      • 750 A.C.: COLONIZAÇÃO DO LITORAL DA JÔNIA E SUL DA ITÁLIA (MAGNA GRÉCIA) – SEGUNDA DIÁSPORA GREGA;
      • DESTAQUE PARA DUAS CIDADES: ESPARTA E ATENAS.

___________________________________________________________________

OS ÁRABES

 

  • PENÍNSULA ARÁBICA
    • ÁSIA;
    • INTERIOR: DESERTO.

 

  • DOIS PERÍODOS:
    • ARÁBIA PRÉ-ISLÂMICA E ARÁBIA ISLÂMICA.

 

  • DESDE 1500 A.C. – VÁRIAS TRIBOS – CARNEIROS, OVELHAS E CAMELOS – ÁRABES DO DESERTO (BEDUÍNOS);

 

  • POLÍTEÍSTAS;

 

  • MECA – CAABA (PEDRA NEGRA E 360 ÍDOLOS);

 

  • MAOMÉ – CORAIXITAS – MERCADOR – 610: VISÃO DO ANJO GABRIEL – ALÁ (DEUS ÚNICO);

 

  • PREGAÇÃO DE MAOMÉ (MONOTEÍSMO) – MECA FOGE PARA YATREB (MEDINA) EM 622 – HÉGIRA (ANO 1 DO CALENDÁRIO MUÇULMANO) – UNIFICAÇÃO DAS TRIBOS ÁRABES;

 

  • 630 – RETORNO DE MAOMÉ À MECA – DESTRUIÇÃO DOS 360 ÍDOLOS;

 

  • SÉCULO 7: EXÉRCITO MUÇULMANO (GRANDE EXPANSÃO) – RESPEITO À CULTURA CONQUISTADA (PAGAMENTO DE IMPOSTOS);

 

  • INTRODUÇÃO DO ARROZ E CANA-DE-AÇUCAR;

 

  • GRANDES CENTROS URBANOS (CONTRÁRIO DA EUROPA);

 

  • PRECEITOS DO ISLAMISMO:
    • 5 ORAÇÕES DIÁRIAS VOLTADO PARA MECA;
    • LIMPEZA DO CORPO (ABLUÇÃO);
    • CARIDADE;
    • PEREGRINAÇÃO À MECA;
    • JEJUM NO RAMADÃ.

 

  • CULTURA
    • ÁLGEBRA E GEOMETRIA;
    • CARTOGRAFIA;
    • CONTO: AS MIL E UMA NOITES.

___________________________________________________________________

A PERIODIZAÇÃO DA PRÉ-HISTÓRIA

 

  • PERÍODO PALEOLÍTICO (IDADE DA PEDRA LASCADA):
    • DE 4,5 MILHÕES A 12 MIL ANOS -> SURGIMENTO DO HOMEM NA ÁFRICA / UTILIZAÇÃO DE LASCAS DE PEDRA E OSSOS / ERAM COLETORES (NÃO DOMINAVAM A AGRICULTURA) / ERAM NÔMADES (SEMPRE MUDAVAM DE LUGAR) / SUAS CASAS ERAM CAVERNAS OU GALHOS COM FOLHAS OU PELES / FAZIAM PINTURAS EM CAVERNAS (PINTURAS RUPESTRES) JÁ DOMINAVAM A PRODUÇÃO DO FOGO DESDE 500 MIL ANOS;

 

  • PERÍODO NEOLÍTICO (IDADE DA PEDRA POLIDA):
    • DE 12 MIL A 6 MIL ANOS UTILIZAÇÃO DE INSTRUMENTOS DE PEDRA MAIS APRIMORADOS (PRESOS A MADEIRA OU OSSOS) / PRATICA DA AGRICULTURA (TRIGO, CEVADA, AVEIA) / DEIXA DE SER NÔMADE E TORNA-SE SEDENTÀRIO (VIVE EM APENAS UM LUGAR) / CRIA ANIMAIS (CABRAS E PORCOS) / PRODUZ PEÇAS DE CERÂMICA PARA GUARDAR O ALIMENTO / SURGEM AS PRIMEIRAS VILAS;

 

  • ERA OU IDADE DOS METAIS:
    • (6 MIL ANOS) -> PRODUZ METAIS (COBRE, BRONZE E FERRO) / CONFECCIONA ARMAS DE METAIS: ESPADAS, LANÇAS, ESCUDOS, ETC / COMEÇAM AS GUERRA E A ESCRAVIZAÇÃO DOS VENCIDOS.

 

 

A PERIODIZAÇÃO DA PRÉ-HISTÓRIA

 

  • PERÍODO PALEOLÍTICO (IDADE DA PEDRA LASCADA):
    • DE 4,5 MILHÕES A 12 MIL ANOS -> SURGIMENTO DO HOMEM NA ÁFRICA / UTILIZAÇÃO DE LASCAS DE PEDRA E OSSOS / ERAM COLETORES (NÃO DOMINAVAM A AGRICULTURA) / ERAM NÔMADES (SEMPRE MUDAVAM DE LUGAR) / SUAS CASAS ERAM CAVERNAS OU GALHOS COM FOLHAS OU PELES / FAZIAM PINTURAS EM CAVERNAS (PINTURAS RUPESTRES) JÁ DOMINAVAM A PRODUÇÃO DO FOGO DESDE 500 MIL ANOS;

 

  • PERÍODO NEOLÍTICO (IDADE DA PEDRA POLIDA):
    • DE 12 MIL A 6 MIL ANOS UTILIZAÇÃO DE INSTRUMENTOS DE PEDRA MAIS APRIMORADOS (PRESOS A MADEIRA OU OSSOS) / PRATICA DA AGRICULTURA (TRIGO, CEVADA, AVEIA) / DEIXA DE SER NÔMADE E TORNA-SE SEDENTÀRIO (VIVE EM APENAS UM LUGAR) / CRIA ANIMAIS (CABRAS E PORCOS) / PRODUZ PEÇAS DE CERÂMICA PARA GUARDAR O ALIMENTO / SURGEM AS PRIMEIRAS VILAS;

 

  • ERA OU IDADE DOS METAIS:
    • (6 MIL ANOS) -> PRODUZ METAIS (COBRE, BRONZE E FERRO) / CONFECCIONA ARMAS DE METAIS: ESPADAS, LANÇAS, ESCUDOS, ETC / COMEÇAM AS GUERRA E A ESCRAVIZAÇÃO DOS VENCIDOS.

___________________________________________________________________

PERÍODO REGENCIAL E SEGUNDO REINADO BRASILEIRO

 

  • MORTE DE D. JOÃO VI – PRINCESA MARIA DA GLÓRIA – GOLPE DE D. MIGUEL – ABDICAÇÃO DE D. PEDRO I E COROAÇÃO DE D. PEDRO IV;
  • PERÍODO REGENCIAL (1831 – 1840) – MUITAS REVOLTAS REGIONAIS;
    • REVOLTA DOS MALÊS
    • BALAIADA;
    • SABINADA;
    • CABANAGEM;
    • GUERRA DOS FARRAPOS.

 

  • GOLPE DA MAIORIDADE – COROAÇÃO DE D. PEDRO II (14 ANOS);
  • CRESCENTE URBANIZAÇÃO – MUDANÇA DE HÁBITOS – REGIÃO SUDESTE;
  • CHEGADA DOS IMIGRANTES – INFLUÊNCIA DE COSTUMES EUROPEUS – TEATRO / PADRÃO INGLÊS DE VESTUÁRIO (PRETO COMO COR PRINCIPAL);
  • TRABALHOS DOS ESCRAVIZADOS:
    • MUCAMAS;
    • AMAS DE LEITE;
    • PRAZER SEXUAL;
    • NEGRO DE RECADO

 

  • TEORIAS RACISTAS
    • SUPERIORIDADE DO HOMEM BRANCO;
    • BRANQUEAMENTO DA SOCIEDADE;

 

  • MULHER BRASILEIRA
    • ANALFABETAS;
    • TRANCAFIADAS EM CASA;
    • MUITOS FILHOS;

 

  • CONDIÇÕES SANITÁRIAS
    • PÉSSIMAS CONDIÇÕES SANITÁRIAS E DE HIGIENE;
    • EPIDEMIAS DE VARÍOLA, CÓLERA E FEBRE AMARELA;
    • AUMENTO DA PROSTITUIÇÃO – SÍFILIS.

____________________________________________________________________

O POPULISMO NA AMÉRICA LATINA

 

  • AMÉRICA LATINA – LATIM – ORIGEM LINGUÍSTICA;
  • PRIMEIROS GOVERNOS REPUBLICANOS – COMANDO DAS ELITES (OLIGARQUIAS);
    • 1930 – MUDANÇAS DE PERFIL (REPÚBLICAS POPULISTAS);
  • POPULISMO
    • POSSUEM PARTICULARIDADES LOCAIS MAIS EM GERAL AS SEGUINTES CARACTERÍSTICAS:
      • ENTRE 1930 E 1950;
      • GOVERNOS COMANDADOS POR POLÍTICOS DE MUITO CARISMA;
      • APOIO DE VÁRIAS CLASSES SOCIAIS;
      • NACIONALISMO;
      • INTENSO USO DA PROPAGANDA POLÍTICA.
    • MODELO ARGENTINO
      • DENOMINADO PERONISMO – JUAN DOMINGO PERÓN;
        • SEU PROJETO: REFORMA AGRÁRIA (APOIO DOS MAIS HUMILDES) / INVESTIMENTO NA INDUSTRIALIZAÇÃO (APOIO DOS RICOS);
        • LEIS TRABALHISTAS (TRABALHISMO);
        • GOVERNO CONTROLAVA OS SINDICATOS;
        • EVA PÉRON (EVITA) – PROGRAMAS SOCIAIS: DISTRIBUIÇÃO DE ROUPAS, ALIMENTOS, MEDICAMENTOS – FIGURA MÍTICA.
      • QUEDA DO PERONISMO
        • PERDA DE APOIO DA IGREJA E EXÉRCITO NO SEGUNDO MANDATO – AUTORITARISMO – RENÚNCIA APÓS GOLPE DO EXÉRCITO;
        • RETORNO AO PODER EM 1973 (APÓS OS MILITARES) – MORTE EM 1974 – ASSUME SUA 3ª ESPOSA (ISABELITA) – DEPOSIÇÃO E NOVO GOLPE MILITAR.

____________________________________________________________________

POVOS INDÍGENAS DA AMÉRICA PORTUGUESA

  • 5 MILHÕES DE AMERÍNDIOS;
  • 4 GRANDES GRUPOS:
    • TUPIS, JÊS OU TAPUIAS, ARUAQUES E CARAÍBAS

-TUPIS

  • GRANDE GRUPO;
  • LITORAL (DO PA ATÉ SP);

-JÊS OU TAPUIAS

  • LÍNGUA DIFERENTE DOS TUPIS;
  • PERTENCIAM A ESTE GRUPO OS CAIAPÓS, GOITACÁS, CARIRIS, AIMORÉS.

-ARUAQUES E CARAÍBAS

  • VALE DO AMAZONAS E O NORTE DO PLANALTO MATOGROSSENSE

ORGANIZAÇÃO POLÍTICA

  • LIDERANÇA: CACIQUE, MORUBIXABA OU TUXAUA;
    • FUNÇÕES: RESOLVER OS CONFLITOS INTERNOS / DECIDIAM SOBRE GUERRAS / ACONSELHAVAM CASAMENTOS

ORGANIZAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL

  • SEDENTÁRIOS;
  • TABA OU ALDEIAS (CONJUNTO DE OCAS);
  • VÁRIOS FAMILIARES EM UMA OCA;
  • CONFECÇÃO DE ESTEIRAS; CUIAS, ARCOS, FLEXAS, PUÇAS, PILÕES, ETC;
  • O CASAL QUE LIDERAVA A FAMÍLIA DORMIA EM UMA REDE.

____________________________________________________________________

PRÉ – HISTÓRIA SULAMERICANA

 

-A arqueologia pode nos auxiliar a compreender quem somos?

– História – Disciplina eurocêntrica – periodização da História americana:
Pré-colombiana;
Colonial;
Independente.

– Povoamento da América – hipóteses – duas hipóteses:
Origem polinésia (Paul Rivet);
Origem asiática;
Autoctonismo (Florestan Ameghino).

– Francês Paul Rivet – atravessaram o Oceano Pacífico em canoas rudimentares;
– Argentino Florestan Ameghino – surgimento de hominídeos na Patagônia – falta de sustentação científica;
– Hipótese mais aceita – 12 a 14 mil anos atrás – homens saíram da Mongólia (Ásia) e atravessaram o Estreito de Bering (época da glaciação).

___________________________________________________________________

PRÉ-HISTÓRIA

– 4,5 BILHÕES DE ANOS -> EXPLOSÃO CÓSMICA -> ORIGEM DE VÁRIOS PLANETAS INCLUSIVE A TERRA -> ROCHAS INCANDESCENTES (MUITO QUENTES) -> IMPOSSÍVEL A VIDA NA TERRA;

– COMO TEMPO ACONTECE O RESFRIAMENTO –> CHUVAS E FORMAÇÃO DOS OCEANOS;
– 3,5 BILHÕES DE ANOS -> SURGIMENTO DOS PRIMEIROS SERES VIVOS (UNICELULARES – COMPOSTOS DE APENAS UMA CÉLULA) -> PROCESSO DE EVOLUÇÃO DOS SERES VIVOS;
– 4,5 MILHÕES DE ANOS → SURGIMENTO DOS AUSTRALOPITHECUS (PRIMEIRA ESPÉCIE HOMINÍDEA – SERES HUMANOS) -> BAIXOS, PELUDOS, ENCURVADOS -> EVOLUÇÃO DAS ESPÉCIES HUMANAS (HOMO HABILIS, HOMO ERECTUS, HOMEM DE NEANDERTAL, HOMO SAPIEN, HOMO SAPIEN SAPIEN;
-TEORIAS DE DEFINIÇÃO DA PRÉ-HISTÓRIA
TEORIA MAIS ANTIGA.- A PRÉ – HISTÓRIA É O PERÍODO ANTERIOR A ESCRITA (FONTES NÃO ESCRITAS SÃO DESPREZADAS);
TEORIA MAIS RECENTE: A PRÉ – HISTÓRIA É O PERÍODO ANTERIOR AOS SERES HUMANOS (CONQUISTA DO FOGO, RODA, AGRICULTURA FAZEM PARTE DA HISTÓRIA HUMANA).
-DIVISÕES DA PRÉ-HISTÓRIA (DEFINIÇÃO ANTIGA DE PRÉ-HISTÓRIA)
• PERÍODO PALEOLÍTICO (IDADE DA PEDRA LASCADA) DE 4,5 MILHÕES A 12 MIL ANOS -> SURGIMENTO DO HOMEM NA ÁFRICA / UTILIZAÇÃO DE LASCAS DE PEDRA E OSSOS / ERAM COLETORES (NÃO DOMINAVAM A AGRICULTURA) / ERAM NÔMADES (SEMPRE MUDAVAM DE LUGAR) / SUAS CASAS ERAM CAVERNAS OU GALHOS COM FOLHAS OU PELES / FAZIAM PINTURAS EM CAVERNAS (PINTURAS RUPESTRES) 1 DOMINAVAM A PRODUÇÃO DO FOGO DESDE 500 MIL ANOS;
• PERÍODO NEOLÍTICO (IDADE DA PEDRA POLIDA) DE 12 MIL A 6 MIL ANOS UTILIZAÇÃO DE INSTRUMENTOS DE PEDRA MAIS APRIMORADOS (PRESOS A MADEIRA OU OSSOS) / PRATICA A AGRICULTURA (TRIGO, CEVADA, AVEIA) / DEIXA DE SER NÔMADE E TORNA-SE SEDENTÁRIO (VIVE EM APENAS UM LUGAR) / CRIA ANIMAIS (CABRAS E PORCOS) / PRODUZ PEÇAS DE CERÂMICA PARA GUARDAR O ALIMENTO / SURGEM AS PRIMEIRAS VILAS;
• ERA OU IDADE DOS METAIS (6 MIL ANOS) -> PRODUZ METAIS (COBRE, BRONZE E FERRO) / CONFECCIONA ARMAS DE METAIS: ESPADAS, LANÇAS, ESCUDOS, ETC / COMEÇAM AS GUERRA E A ESCRAVIZAÇÃO DOS VENCIDOS.

 

____________________________________________________________________

PRIMEIRA GUERRA MUNDIAL

1ª METADE DO SÉC. 19 (1801-1850) – FRA / ING → PAÍSES MAIS RICOS DO MUNDO
– VÁRIAS COLÔNIAS (ÁSIA E ÁFRICA)
– APÓS 1850 – ALE / ITA GANHAM IMPORTÂNCIA – DISPUTA DE COLÔNIAS

– CRESCIMENTO DAS HOSTILIDADES → FORMAÇÃO DE BLOCOS ECONÔMICO-MILITARES:
– TRÍPICE ALIANÇA: ALE / ITA / ÁUSTRIA-HUNGRIA
– TRÍPLICE ENTENTE: FRA / ING / RUS
– PAZ ARMADA: PERÍODO ANTERIOR À GUERRA, O RESPEITO AO INIMIGO ERA POR CAUSA DAS ARMAS QUE O INIMIGO TINHA E O TEMOR DO CONFLITO SER MUITO GRANDE;
– ASSASSINATO DO HERDEIRO DA ÁUSTRIA-HUNGRIA (ARQUIDUQUE FRANCISCO FERDINANDO) NA SÉRVIA (PROTEGIDA PELA RÚSSIA) → TROPAS AUSTRO-HÚNGARAS INVADEM A SÉRVIA → RÚSSIA DECLARA GUERRA À ÁUSTRIA-HUNGRIA → ALE DECLARA GUERRA À RÚSSIA → INÍCIO DA PRIMEIRA GUERRA MUNDIAL (VÁRIOS CONFLITOS EXPLODEM APÓS ESSA GUERRA);
-TEORIA DA “GUERRA TOTAL” → NÃO DISTINÇÃO ENTRE SOLDADOS E CIVIS (TODOS SÃO ATACADOS);
– FASES DA GUERRA:
– 1914: GRANDES MOVIMENTAÇÕES DE EXÉRCITOS;
– 1915 / 16: GUERRA DE TRINCHEIRAS (NOVIDADE TÉCNICA) – CONFLITO LONGO E SANGRENTO – ITA MUDA DE LADO E PASSA A APOIAR A ENTEN¬TE;
– 1917118: RUS (NOVO GOVERNO RUSSO) ASSINA A PAZ COM A ALE / EUA ENTRAM NA GUERRA AO LADO DA ENTENTE (MEDO DA ING E FRA NÃO PAGAREM SUAS DÍVIDAS COM OS EUA).
-ALE E ÁUSTRIA-HUNGRIA DERROTADOS, ASSINAM O TRATADO DE VERSALHES

-TRATADO DE VERSALHES (ALE RESPONSABILIZADA PELA GUERRA)
• PERDA DE COLÔNIA E TERRITÓRIOS;
• ENTREGA DE TODO MATERIAL BÉLICO (DE GUERRA);
• PESADA INDENIZAÇÃO;
• PROIBIÇÃO DE REARMAR – SE;
• ENTREGA DA REGIÃO DO SARRE (RICA EM CARVÃO) PARA FRA POR 15 ANOS.

___________________________________________________________________

AS PRIMEIRAS COMUNIDADES HUMANAS

 

  • CRIACIONISMO;

EVOLUCIONISMO – CHARLES DARWIN (ORIGEM DAS ESPÉCIES – 1859);

 

  • 4,5 BILHÕES DE ANOS -> EXPLOSÃO CÓSMICA -> ORIGEM DE VÁRIOS PLANETA INCLUSIVE A TERRA -> ROCHAS INCANDESCENTES (MUITO QUENTES) -> IMPOSSÍVEL A VIDA NA TERRA;

 

  • COM O TEMPO ACONTECE O RESFRIAMENTO –> CHUVAS E FORMAÇÃO DOS OCEANOS;

 

  • 3,5 BILHÕES DE ANOS -> SURGIMENTO DOS PRIMEIROS SERES VIVOS (UNICELULARES -COMPOSTOS DE APENAS UMA CÉLULA) -> PROCESSO DE EVOLUÇÃO DOS SERES VIVOS;

 

  • 4,5 MILHÕES DE ANOS → SURGIMENTO DOS AUSTRALOPITHECUS (PRIMEIRA ESPÉCIE HOMINÍDEA – SERES HUMANOS) → BAIXOS, PELUDOS, ENCURVADOS -> EVOLUÇÃO DAS ESPÉCIES HUMANAS:

 

  • POVOAMENTO DA AMÉRICA – HIPÓTESES:
    • Origem polinésia;
    • Origem asiática.

 

  • HIPÓTESE MAIS ACEITA – 12 A 14 MIL ANOS ATRÁS – HOMENS SAÍRAM DA MONGÓLIA (ÁSIA) E ATRAVESSARAM O ESTREITO DE BERING (ÉPOCA DA GLACIAÇÃO)POVOAMENTO DA AMÉRICA – HIPÓTESES.

____________________________________________________________________

PRIMEIRO REINADO BRASILEIRO

 

  • ELEVAÇÃO DO BRASIL DE COLÔNIA À REINO UNIDO (REINO UNIDO DE PORTUGAL, BRASIL E ALGARVES) – FIM DO PACTO COLONIAL – DESCONTENTAMENTO DOS PORTUGUESES;

 

  • COROAÇÃO DE D. JOÃO VI;

 

  • REVOLUÇÃO DO PORTO – RETORNO DO REI – ABDICAÇÃO;

 

  • INDEPENDÊNCIA DO BRASIL
    • 07/09/1822;
    • MONARQUIA X REPÚBLICA?
    • CONCEITOS;
    • INDEPENDÊNCIA SEM GUERRA;
    • EXTENSO TERRITÓRIO – UNIDADE.

 

  • COROAÇÃO DE D. PEDRO I – PRIMEIRO REINADO (1822 – 1831);

 

  • CONSTITUIÇÃO DE 1823 (OUTORGADA) E 1824 (PROMULGADA) – PODER MODERADOR;

 

  • GUERRA DA CISPLATINA E CONFEDERAÇÃO DO EQUADOR;

 

  • MORTE DE D. JOÃO VI – PRINCESA MARIA DA GLÓRIA – GOLPE DE D. MIGUEL – ABDICAÇÃO DE D. PEDRO I E COROAÇÃO DE D. PEDRO IV;

 

  • 1831 – INÍCIO DO PERÍODO REGENCIAL.

______________________________________________________________

Primeiro Reinado Brasileiro e Período Regencial

  • REVOLUÇÃO DO PORTO – RETORNO DO REI – ABDICAÇÃO;
  • INDEPENDÊNCIA DO BRASIL – COROAÇÃO DE D. PEDRO I – PRIMEIRO REINADO (1822 – 1831);
  • CONSTITUIÇÃO DE 1823 (OUTORGADA) E 1824 (PROMULGADA) – PODER MODERADOR;
  • GUERRA DA CISPLATINA E CONFEDERAÇÃO DO EQUADOR;
  • MORTE DE D. JOÃO VI – PRINCESA MARIA DA GLÓRIA – GOLPE DE D. MIGUEL – ABDICAÇÃO DE D. PEDRO I E COROAÇÃO DE D. PEDRO IV;
  • ABDICAÇÃO DE DOM PEDRO I – PRÍNCIPE REGENTE COM 5 ANOS
  • PARTIDOS NO BRASIL:
    • PARTIDO BRASILEIRO (EXALTADOS E MODERADOS);
    • PARTIDO PORTUGUÊS (RESTAURADORES)
      • MODERADOS: MONARQUIA / CENTRALIZAÇÃO ADMINISTRATIVA / CONTROLE DO GOVERNO DESTA ÉPOCA;
      • EXALTADOS: FIM DA ESCRAVIDÃO / DIREITO DE VOTO / DESCENTRALIZAÇÃO ADMINISTRATIVA;
      • RESTAURADORES OU CARAMURUS: RETORNO DE DOM PEDRO I AO PODER.
    • MORTE DE DOM PEDRO I EM 1834 – DISPUTA RESTRITA AOS MODERADOS E EXALTADOS;
    • REGÊNCIAS TRINAS:
      • REGÊNCIA TRINA PROVISÓRIA: POLÍTICOS MODERADOS E RESTAURADORES – PROIBIÇÃO DE DISSOLVER A ASSEMBLEIA GERAL E FAZER TRATADO COM OUTROS PAÍSES;
      • REGÊNCIA TRINA PERMANENTE: JULHO DE 1831 – POLÍTICOS MODERADOS / MUITAS REVOLTAS POPULARES E MILITARES.
    • CORONÉIS:
      • GUARDA NACIONAL (MILÍCIAS PARTICULARES);
    • REFORMA NA CONSTITUIÇÃO – ATO ADICIONAL – 1834:
      • VITALICIEDADE DO SENADO;
      • REGÊNCIA UNA.
        • PADRE FEIJÓ – NÃO CONTÉM REVOLTAS – RENÚNCIA
      • REBELIÕES:
        • CABANAGEM: 1835 – 1840 / PROVÍNCIA DO GRÃO-PARÁ E MARANHÃO / POPULARES CONTRÁRIOS AO GOVERNADOR NOMEADO / CONQUISTA DO PODER / DERROTA;
        • SABINADA: 1837 – 1838 / CIRURGIÃO FRANCISCO SABINO / CLASSE MÉDIA / PODER EM SALVADOR / DERROTA;
        • BALAIADA: 1838 – 1841 / PROVÍNCIA DO MARANHÃO / PARTICIPAÇÃO POPULAR / MANUEL DOS ANJOS FERREIRA (BALAIO) / POUCO TEMPO NO PODER;
        • REVOLUÇÃO FARROUPILHA OU GUERRA DOS FARRAPOS: GOVERNO REDUZ IMPOSTOS DE IMPORTAÇÃO DE CHARQUE – REVOLTA – SEPARAÇÃO DE RS – RESISTÊNCIA DOS FARRAPOS – VÁRIAS CONCESSÕES AOS FARRAPOS (ANISTIA, PARTICIPAÇÃO NO EXÉRCITO IMPERIAL, AUMENTO DO IMPOSTO DO CHARQUE IMPORTADO)

___________________________________________________________________

REFORMA PROTESTANTE E CONTRARREFORMA

– IDADE MÉDIA – GRANDE PODER DO CATOLICISMO – DOGMAS (LEIS INCONTESTÁVEIS) – MANIFESTAÇÕES CONTRÁRIAS AOS DOGMAS: HERESIAS – HEREGE (PRATICANTE DA HERESIA);

– IGREJA CATÓLICA PREGAVA:

  • VENDA DE INDULGÊNCIAS (DOCUMENTO QUE ASSEGURAVA O PERDÃO DO PECADO COMETIDO);
    • VENDA DE RELÍQUIAS (FRAGMENTOS SUPOSTAMENTE SAGRADOS – PEDAÇOS DA CRUZ DE CRISTO, PEDAÇOS DE ROUPAS DE SANTOS, ETC);
    • VENDA DE CARGOS RELIGIOSOS;
    • CASAMENTO DE MEMBROS DO CLERO;

– MONGE AGOSTINIANO MARTINHO LUTERO – PROFESSOR DA UNIVERSIDADE DE WITTEMBERG (ALE) – CRITICAVA A VENDA DE INDULGÊNCIAS E RELÍQUIAS;

– 1517 – PAPA LEÃO X DETERMINA A VENDA DE NOVAS INDULGÊNCIAS PARA TERMINAR A BASÍLICA DE SÃO PEDRO (ROMA) – LUTERO CONTESTA ESSE DECRETO PAPAL E AFIXA 95 TESES NA PORTA DE SUA IGREJA CONTRÁRIAS AOS DOGMAS CATÓLICOS – PAPA EXIGE PEDIDO DE DESCULPA DE LUTERO;

– 1520 – LUTERO É EXCOMUNGADO – TRADUZ A BÍBLIA PARA O ALEMÃO – CRIA UMA NOVA IGREJA: IGREJA PROTESTANTE;

– PAPA PAULO III – CONVOCA O CONCÍLIO DE TRENTO (REUNIÃO DE CARDEAIS PARA DISCUTIR MUDANÇAS NA IGREJA CATÓLICA) – PARA CONTER O AVANÇO DO PROTESTANTISMO:
• REAFIRMAÇÃO DOS DOGMAS E DA AUTORIDADE PAPAL;
• CATECISMO;
• CRIAÇÃO DE SEMINÁRIOS PARA FORMAÇÃO DE SACERDOTES;
• FORTALECIMENTO DA INQUISIÇÃO;
• ÍNDEX: PROIBIÇÃO DA LEITURA DE CERTOS LIVROS CONSIDERADOS HERÉTICOS;
• LATIM COMO LÍNGUA OFICIAL.

___________________________________________________________________

RELIGIOSIDADE, CULTURA E ARTE NA IDADE MÉDIA

  • IDADE MÉDIA = IDADE DA FÉ

 

PODER DA IGREJA CATÓLICA

  • ENSINO DE HISTÓRIAS E LENDAS;
  • FORMAÇÃO DAS FAMÍLIAS E OBRIGAÇÕES;
  • MULHERES SEGUIREM O EXEMPLO DA VIRGEM MARIA
  • DOMÍNIO DO SABER.

 

  • DOMÍNIO DO SABER
    • UNIVERSIDADES OU UNIVERSITAS;
      • LIDERADOS PELOS RELIGIOSOS;
      • PARIS / 1200;
      • ENSINO EM LÍNGUA LATINA;
      • ARTES LIBERAIS (GRAMÁTICA, RETÓRICA E LÓGICA) / CIÊNCIAS (ARITMÉTICA, GEOMETRIA, MÚSICA E ASTRONOMIA)
    • ESCOLAS URBANAS;

 

  • INICIATIVAS MILITARES
    • SÉC. 13 – TRIBUNAL DA INQUISIÇÃO;
    • 1096 A 1300 – CRUZADAS.

 

  • ARQUITETURA
    • CASTELOS;
    • CATEDRAIS;
    • MOSTEIROS;

 

  • ESTILO ARQUITETÔNICO ROMÂNICO
    • POUCAS JANELAS;
    • PAREDES GROSSAS;
    • LARGAS COLUNAS.

 

  • ESTILO ARQUITETÔNICO GÓTICO
    • LUMINOSIDADE (MAIS JANELAS);
    • VITRAIS COLORIDOS;
    • ARCOS EM FORMA DE OGIVAS.

 

  • MÚSICA
    • CANTOS GREGORIANOS.

____________________________________________________________________

RENASCIMENTO CULTURAL

  • A PALAVRA RENASCIMENTO;
  • PENÍNSULA ITÁLICA → SEDE DA IGREJA CATÓLICA (ESTADOS PONTIFÍCIOS) -INSTITUIÇÃO MAIS RICA E PODEROSA DA EUROPA – REGIÃO RICA;
  • CRUZADAS → CONTATO COM ORIENTE → CRESCIMENTO COMERCIAL → CONTATO ENTRE EUROPEUS E OBRAS E AUTORES DO ORIENTE;
  • ALGUNS AUTORES DO ORIENTE:
    o ARISTÓTELES E PLATÃO (FILÓSOFOS);
    o CÍCERO E HOMERO (ESCRITORES);
    o VITRÚVIO: ARQUITETO (PLANEJOU CIDADES NA ANTIGUIDADE COM QUARTEIRÕES);
  • O CONTATO COM OBRAS DESTES AUTORES INSPIROU OS ARTISTAS RENASCENTISTAS (ARTISTAS EUROPEUS DO RENASCIMENTO);
  • IDADE MÉDIA → OBRAS COM TEMAS RELIGIOSOS (TEOCENTRISMO : DEUS NO CENTRO DE TODAS AS EXPLICAÇÕES) → COM O RENASCIMENTO SURGE O ANTROPOCENTRISMO (HOMEM TENTA EXPLICAR RACIONALMENTE TUDO) E O HUMANISMO (SER HUMANO É O PRINCIPAL TEMA DAS OBRAS DE ARTE);
  • GRANDE VALORIZAÇÃO DA CULTURA GRECO-ROMANA;
  • MICHELÂNGELO: PINTOU O TETO DA CAPELA SISTINA, EM ROMA, ESCULPIU PIETÁ;
  • BOTTICELLI: PINTOU O NASCIMENTO DE VÊNUS;
  • LUÍS DE CAMÕES: ESCRITOR PORTUGUÊS – ESCREVEU “OS LUZÍADAS”;
  • DANTE ALIGUIERE: ESCRITOR ITALIANO – ESCREVEU “A DIVINA COMÉDIA”;
  • INVENÇÃO DA IMPRENSA →, REPRODUÇÃO DE LIVROS EM GRANDE QUANTIDADE → MAIS PESSOAS PASSAM A CONHECER ESTES AUTORES.

____________________________________________________________________

REPÚBLICA VELHA

 

  • FIM DA MONARQUIA NO BRASIL
    • BRASIL COLÔNIA

 

  • BRASIL IMPÉRIO
    • 1º REINADO
    • PERÍODO REGENCIAL
    • 2º REINADO

 

  • BRASIL REPÚBLICA

 

  • REPÚBLICA BRASILEIRA
    • REPÚBLICA VELHA
      • DA ESPADA (1889 – 1894)
      • OLIGÁRQUICA (1894 – 1930)

 

  • ERA VARGAS

 

  • PRIMEIRA CONSTITUIÇÃO

 

  • FORMA DE GOVERNO: REPÚBLICA FEDERATIVA;
  • REGIME: REPRESENTATIVO / DEMOCRÁTICO;
  • SISTEMA: PRESIDENCIALISTA;
  • DIVISÃO ENTRE OS PODERES: EXECUTIVO, LEGISLATIVO E JUDICIÁRIO;

 

 

  • MARECHAL DEODORO DA FONSECA;

 

  • MARECHAL FLORIANO PEIXOTO.

____________________________________________________________________

Revolta dos Malês e o Período Regencial

  • MORTE DE D. JOÃO VI – PRINCESA MARIA DA GLÓRIA – GOLPE DE D. MIGUEL – ABDICAÇÃO DE D. PEDRO I E COROAÇÃO DE D. PEDRO IV;
  • ABDICAÇÃO DE DOM PEDRO I – PRÍNCIPE REGENTE COM 5 ANOS
  • PARTIDOS NO BRASIL:
    • PARTIDO BRASILEIRO (EXALTADOS E MODERADOS);
    • PARTIDO PORTUGUÊS (RESTAURADORES)
      • MODERADOS: MONARQUIA / CENTRALIZAÇÃO ADMINISTRATIVA / CONTROLE DO GOVERNO DESTA ÉPOCA;
      • EXALTADOS: FIM DA ESCRAVIDÃO / DIREITO DE VOTO / DESCENTRALIZAÇÃO ADMINISTRATIVA;
      • RESTAURADORES OU CARAMURUS: RETORNO DE DOM PEDRO I AO PODER.
    • MORTE DE DOM PEDRO I EM 1834 – DISPUTA RESTRITA AOS MODERADOS E EXALTADOS;
    • REGÊNCIAS TRINAS:
      • REGÊNCIA TRINA PROVISÓRIA: POLÍTICOS MODERADOS E RESTAURADORES – PROIBIÇÃO DE DISSOLVER A ASSEMBLEIA GERAL E FAZER TRATADO COM OUTROS PAÍSES;
      • REGÊNCIA TRINA PERMANENTE: JULHO DE 1831 – POLÍTICOS MODERADOS / MUITAS REVOLTAS POPULARES E MILITARES.
    • CORONÉIS:
      • GUARDA NACIONAL (MILÍCIAS PARTICULARES);
    • REFORMA NA CONSTITUIÇÃO – ATO ADICIONAL – 1834:
      • VITALICIEDADE DO SENADO;
      • REGÊNCIA UNA.
        • PADRE FEIJÓ – NÃO CONTÉM REVOLTAS – RENÚNCIA
      • REBELIÕES:
        • CABANAGEM: 1835 – 1840 / PROVÍNCIA DO GRÃO-PARÁ E MARANHÃO / POPULARES CONTRÁRIOS AO GOVERNADOR NOMEADO / CONQUISTA DO PODER / DERROTA;
        • SABINADA: 1837 – 1838 / CIRURGIÃO FRANCISCO SABINO / CLASSE MÉDIA / PODER EM SALVADOR / DERROTA;
        • BALAIADA: 1838 – 1841 / PROVÍNCIA DO MARANHÃO / PARTICIPAÇÃO POPULAR / MANUEL DOS ANJOS FERREIRA (BALAIO) / POUCO TEMPO NO PODER;
        • REVOLUÇÃO FARROUPILHA OU GUERRA DOS FARRAPOS: GOVERNO REDUZ IMPOSTOS DE IMPORTAÇÃO DE CHARQUE – REVOLTA – SEPARAÇÃO DE RS – RESISTÊNCIA DOS FARRAPOS – VÁRIAS CONCESSÕES AOS FARRAPOS (ANISTIA, PARTICIPAÇÃO NO EXÉRCITO IMPERIAL, AUMENTO DO IMPOSTO DO CHARQUE IMPORTADO).

___________________________________________________________________

REVOLUÇÃO DE 1930

  • POLÍTICA DO CAFÉ COM LEITE – SP E MG SE ALTERNAVAM NA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA;
  • 1930 – PRESIDENTE WASCHINGTON LUÍS INDICA OUTRO PAULISTA PARA SUCEDÊ-LO (JÚLIO PRESTES), MG ROMPE COMO GOVERNO E PASSA A APOIAR A OPOSIÇÃO (GETÚLIO VARGAS PARA PRESIDENTE E JOÃO PESSOA PARA VICE-PRESIDENTE);
  • VITÓRIA DE PRESTES NA ELEIÇÃO – ÉPOCA DE MUITAS FRAUDES ELEITORAIS;;
  • ASSASSINATO DE JOÃO PESSOA, EXPLORAÇÃO PARA MOBILIZAR AS PESSOAS;
  • COM O APOIO DOS MILITARES (DESCONTENTES COMO GOVERNO – BAIXOS SOLDOS, ARMAS ANTIGAS, BAIXO PRESTÍGIO) WASCHINGTON LUÍS É DEPOSTO E ASUME O GOVERNO PROVISÓRIO VARGAS – “REVOLUÇÃO DE 30”;
  • 1° GOVERNO VARGAS – 1930 – 1934 (CHEFE PROVISÓRIO):
    • FECHAMENTO DO CONGRESSO NACIONAL (LIBERDADE PARA GOVERNAR);
    • NOMEAÇÃO DE INTERVENTORES PARA GOVERNAR OS ESTADOS (AGRADA OS MILITARES);
    • CRIAÇÃO DE LEIS TRABALHISTAS: 8H DIÁRIAS / REPOUSO SEMANAL REMUNERADO / FÉRIAS;
    • SINDICATOS CONTROLADOS PELO GOVERNO (AGRADA OS EMPRESÁRIOS)
  • APELIDO DE VARGAS: PAI DOS POBRES E MÃE DOS RICOS;
  • SÃO PAULO SE REVOLTA CONTRA O AUTORITARISMO DE VARGAS / DESEJA UMA CONSTITUIÇÃO PARA LIMITAR OS PODERES DO PRESIDENTE, “REVOLUÇÃO CONSTITUCIONALISTA DE 1932”: GUERRA ENTRE PAULISTAS E TROPAS DE VARGAS – 3 MESES DE GUERRA – DERROTA DOS PAULISTAS
  • VARGAS MARCA ELEIÇÕES PARA ASSEMBLÉIA CONSTITUINTE (AGRADA SP) – CONSTITUIÇÃO DE 1934: VOTO SECRETO / ELEIÇÕES DIRETAS / PARA MAIORES DE 18 ANOS / MULHERES PASSAM A TER DIREITO DE VOTO, VARGAS É ELEITO DE FORMA INDIRETA PARA PRESIDENTE (MANDATO ATÉ 1938)
  • CORRENTES POLÍTICAS NO BRASIL:
    • AÇÃO INTEGRALISTA BRASILEIRA: ADEPTOS DAS IDÉIAS FASCISTAS / APOIAVAM O GOVERNO VARGAS;
    • ALIANÇA NACIONAL LIBERTADORA: ADEPTOS DAS IDÉIAS COMUNISTAS / TRANSFORMAÇÃO PROFUNDA DO GOVERNO / FIM DO GOVERNO VARGAS / PRINCIPAL LÍDER: LUÍS CARLOS PRESTES.
  • 1935: “INTENTONA COMUNISTA” (TENTATIVA DE REBELIÃO SIMULTÂNEA DOS QUARTÉIS) – FRACASSO: APENAS 3 QUARTÉIS SE REVOLTAM – PRISÃO DE LUÍS CARLOS PRESTES E OLGA BENÁRIO (SUA ESPOSA) – ERA JUDIA E ALEMÃ (FOI ENVIADA PARA ALEMANHA E EXECUTADA NOS CAMPOS DE CONCENTRAÇÃO) 1937: VARGAS SIMULA TER ENCONTRADO UM PLANO COMUNISTA (PLANO COHEN) – DIANTE DA “AMEAÇA” VARGAS CANCELA AS ELEIÇÕES E FECHA O CONGRESSO NACIONAL;
  • 1937 -1945: PERÍODO CONHECIDO COMO ESTADO NOVO – VARGAS ELABORA UMA NOVA CONSTITUIÇÃO: FIM DOS PARTIDOS POLÍTICOS / CENSURA A IMPRENSA (DIP – DEPARTAMENTO DE IMPRENSA E PROPAGANDA) / NOMEAÇÃO DE INTERVENTORES
  • FASE DE GRANDE CRESCIMENTO INDUSTRIAL NO PAÍS;
  • CONTRADIÇÕES DO ESTADO NOVO:
    • NEUTRALIDADE DO GOVERNO BRASILEIRO ANTES DA GUERRA – EXTRADIÇÃO DE COMUNISTAS BRASILEIROS PARA ALE E A COMPRA DE ARMAMENTOS ALEMÃES;
    • 1941 – ACORDO COM EUA (BASES MILITARES EM TROCA DA TECNOLOGIA PARA PRODUÇÃO DE AÇO – CSN) E ROMPIMENTO DE ACORDOS COMERCIAIS COM A ALE;
    • ALEMÃES ATACAM NAVIOS BRASILEIROS E BRASIL DECLARA GUERRA AO EIXO;
  • VARGAS CONVOCA ELEIÇÕES GERAIS AO FINAL DA GUERRA;
  • MILITARES LANÇAM DOIS CANDIDATOS: MAJOR-BRIGADEIRO EDUARDO GOMES X GENERAL EURICO GASPAR DUTRA;
  • VARGAS LIBERTA PRESTES, ANISTIA PRESOS POLÍTICOS E MANTEM RELAÇÕES COM A URSS – PARTIDO COMUNISTA APOIA VARGAS NA PERMANÊNCIA – MILITARES FORÇAM A RENÚNCIA DE VARGAS.

____________________________________________________________________

REVOLUÇÃO FRANCESA E O IMPÉRIO NAPOLEÔNICO
– ABSOLUTISMO NA FRANÇA – LUÍS 14 “REI SOL” – COMPRA DA TRANQUILIDADE POLÍTICA: LUXUOSA CORTE EM VERSALHES / CARGOS PÚBLICOS / PENSÕES REAIS

– NOVAS TECNOLOGIAS – AUMENTO DA PRODUÇÃO AGRÍCOLA – IMPOSTOS AUMENTAVAM MAS NÃO SE SENTIA TANTO;

– 3 ORDENS DO ANTIGO REGIME:
• 1° ESTADO (CLERO): NÃO PAGAVAM IMPOSTOS
• ALTO CLERO: PAPA, CARDEAIS, BISPOS (VIDA LUXUOSA);
• BAIXO CLERO: PADRES, MONGES (VIDA HUMILDE)
• 2° ESTADO: NOBREZA , PALACIANA (PENSÕES REAIS); PROVINCIANA (VIVIAM NO CAMPO); TOGADA (BURGUESES QUE COMPRAVAM TÍTULOS DE NOBREZA); NÃO PAGAVAM IMPOSTOS
• 3º ESTADO: ALTA BURGUESIA (BANQUEIROS, GRANDES COMERCIANTES,ETC); MÉDIA BURGUESIA (ADVOGADOS, ESCRITORES, ETC); PEQUENA BURGUESIA (ARTESÃOS, LOJISTAS); SALAS – CULOTTES (TRABALHADORES URBANOS); CAMPONESES

– 1774 – LUÍS 16 – ARRECADAÇÃO INSUFICIENTE – ASSEMBLÉIA DOS ESTADOS GERAIS -VOTO POR ESTADO – 3° ESTADO QUER VOTO POR CABEÇA, PORTANTO RETIRA-SE DA ASSEMBLÉIA E PROCLAMA-SE ASSEMBLÉIA NACIONAL CONSTITUINTE;
– REI COM MEDO MANDA O 1° E 2° ESTADO SE JUNTAR À NOVA ASSEMBLÉIA;
– 14/07/1789 – TOMADA DA BASTILHA / SAQUES E INCÊNDIOD NOS CAMPOS

– FUGA DE NOBRES PARA OUTROS PAÍSES;
– 26/08/1789 – DECLARAÇÃO DOS DIREITOS DO HOMEM E DO CIDADÃO (IGUALDADE);
– PRÚSSIA E ÁUSTRIA ORGANIZAM A CONTRA-REVOLUÇÃO – REI LUÍS 16 TENTA FUGIR MAS É RECONHECIDO E CONDUZIDO À PARIS DESMORALIZADO – VITÓRIA DOS FRANCESES NA GUERRA E EXECUÇÃO DO REI (GUILHOTINA);
– JACOBINOS (PEQUENOS E MÉDIOS BURGUESES) E GIRONDINOS (ALTA BURGUESIA)

– COMITÊ DE SALVAÇÃO PÚBLICA (DANTON LIDERAVA): MANTER A REVOLUÇÃO – ROBESPIERRE ASSUME O COMANDO DO COMITÊ: EPOCA DO TERROR (MORTE DE MILHARES, INCLUSIVE DANTON) – PERDA DE APOIO POPULAR;
– GIRONDINOS ASSUMEM O COMANDO DO COMITÊ E CRIAM O DIRETÓRIO (5 MEMBROS) -CORRUPÇÃO GENERALIZADA;
– NAPOLEÃO BONAPARTE CHEGA AO PODER (GOLPE 18 BRUMÁRIO) – CONSULADO (3 MEMBROS): NAPOLEÃO, DUCOS E SYIES;
– BOM GOVERNO DE NAPOLEÃO: ESCOLAS, REFORMA AGRÁRIA, LEIS IGUALITÁRIAS;
– NAPOLEÃO COROADO IMPERADOR – CONQUISTA DE QUASE TODA A EUROPA (MENOS ING E RÚSSIA);
– BLOQUEIO CONTINENTAL – INVASAO DA ESPANHA E PORTUGAL – FUGA DA FAMÍLIA REAL PORTUGUESA PARA O BRASIL;
– 1812 – NAPOLEÃO É DERROTADO PELO FRIO RUSSO – MORTE DE 400 MIL SOLDADOS;
– 1814 – PARIS É INVADIDA – NAPOLEÃO É PRESO (ILHA DE ELBA) – FUGA – GOVERNO DOS CEM DIAS – PRISÃO NA ILHA DE SANTA HELENA E MORTE (1821);

– 1815 – CONGRESSO DE VIENA: DEVOLUÇÃO DOS GOVERNOS AS MONARQUIAS DEPOSTAS POR NAPOLEÃO.

__________________________________________________________________

REVOLUÇÃO INDUSTRIAL INGLESA

-PALAVRA REVOLUÇÃO –> MUDANÇA DE UM MODELO

-SÉCULO 18 (1750) -> MUDANÇA NA FORMA DE SE PRODUZIR MERCADORIAS

-HISTÓRIA DA PRODUÇÃO DE MERCADORIAS:

  • ARTESANATO -> O ARTESÃO FAZ TUDO SOZINHO, COMPRA A MATÉRIA – PRIMA, TRABALHA EM CASA OU SUA OFICINA, SUA RENDA É A VENDA DE SEUS PRODUTOS;
  • MANUFATURA -> O ARTESÃO RECEBE A MATÉRIA – PRIMA DO COMERCIANTE E FAZ O PRODUTO. VÁRIOS ARTESÃOS REUNEM-SE EM UM MESMO LOCAL. AS FERRAMENTAS PERTENCEM AO COMERCIANTE. CADA ARTESÃO FAZ UMA ETAPA DE PRODUÇÃO (ESPECIALIZAÇÃO DO TRABALHO). OS ARTESÃOS GANHAM UM SALÁRIO;
  • MAQUINOFATURA -> SURGEM AS GRANDES INSTALAÇÕES (FÁBRICAS). MÁQUINAS SUBSTITUEM FERRAMENTAS E O PRÓPRIO TRABALHO HUMANO. O HOMEM PASSA A VENDER SUA FORÇA DE TRABALHO EM TROCA DE UM SALÁRIO

MECANIZAÇÃO: DOIS MOMENTOS

MOVIDAS A TRAÇÃO ANIMAL OU HUMANA

MOVIDAS A VAPOR DO CARVÃO, ELETRICIDADE, GÁS

-NOVA CLASSE SOCIAL: OPERARIADO OU PROLETARIADO (VENDEDORES DE FORÇA DE TRABALHO) – PÉSSIMAS CONDIÇÕES DE VIDA E TRABALHO

-INGLATERRA ESTIMULA O DESENVOLVIMENTO INDUSTRIAL:

  • EXPANDINDO O COMÉRCIO EM BUSCA DE COLÔNIAS (MATÉRIAS – PRIMAS E CONSUMIDORES;
  • LUTANDO CONTRA OS GOVERNOS ABSOLUTISTAS PARA QUE A BURGUESIA (COMERCIANTES) PASSE A TER MAIS LIBERDADE DE COMERCIALIZAR E LUCRAR;
  • CONDENANDO A ESCRAVIDÃO (ESCRAVOS NÃO GANHAM SALÁRIO, PORTANTO NÃO PODEM SER CONSUMIDORES)

-TRABALHO DE MULHERES E DE CRIANÇAS: 17 HORAS POR DIA

CONSEQUÊNCIAS DA REVOLUÇÃO INDUSTRIAL:

  • MAIOR DIVISÃO DO TRABALHO E AUMENTO DA PRODUÇÃO;
  • CRESCIMENTO DA URBANIZAÇÃO (CIDADES RECEBEM MAIS MORADORES E CRESCEM);
  • FIM DOS ARTESÃOS POIS NÃO CONSEGUEM CONCORRER COM AS FÁBRICAS;
  • MELHORA NOS MEIOS DE TRANSPORTE (VENDER COM MAIS FACILIDADE);

EXPANSÃO DO COLONIALISMO (PAÍSES BUSCAM CONQUISTAR COLÔNIAS PARA CONSEGUIR MATÉRIA – PRIMA BARATA E CONSUMIDORES PARA OS PRODUTOS INDUSTRIALIZADOS).

__________________________________________________________________

A REVOLUÇÃO RUSSA DE 1917

–   1894 -> CZAR NICOLAU II ASSUME O GOVERNO NA RÚSSIA (MONARQUIA ABSOLUTISTA);

–   GRUPOS SOCIAIS: NOBREZA, TRABALHADORES URBANOS E CAMPONESES,

–   VIDA DIFÍCIL DA MAIORIA DOS RUSSOS: MORADIAS PRECÁRIAS, ALIMENTAÇÃO A BASE DE PÃO PRETO E BATATAS, POUCAS ESCOLAS (ANALFABETISMO ALTO) , USO DE INSTRUMENTOS ANTIGOS NO PLANTIO (POUCA PRODUTIVIDADE)

INDÚSTRIAS ERAM POUCAS E DE POSSE DE ESTRANGEIROS;

1905 -> GUERRA RUSSO-JAPONESA (TERRITÓRIOS NA CHINA) – DERROTA RUSSA -> GRAVE CRISE ECONÔMICA E DESCONTENTAMENTO GERAL COMO CZAR -> MANIFESTAÇÕES POPULARES REPRIMIDAS COM MUITA VIOLÊNCIA PELA POLÍCIA;

–   DOMINGO SANGRENTO – EM SÃO PETERSBURGO 200 MIL PESSOAS EM PASSEATA LEVAM UM DOCUMENTO PARA O CZAR PEDINDO MUDANÇAS NA RÚSSIA -> RECEBIDAS COM TIROS DE FUZIL –> MUITAS MORTES –> AUMENTA O DESCONTENTAMENTO CONTRA O CZAR;

–   CZAR CRIA A DUMA (ESPÉCIE DE CÂMARA DOS DEPUTADOS) –> POVO FICA FRUSTRADO PORQUE O CZAR CONTINUA GOVERNANDO SOZINHO A RÚSSIA;

–   IDÉIAS DE KARL MARX E FRIEDRICK ENGELS GANHAM ESPAÇO NA RÚSSIA: “SOMENTE ATRA VÉS DA LUTA ARMADA SERIA POSSÍVEL ELIMINAR O CAPITALISMO, IMPLANTAR O SOCIALISMO E TRANSFORMARA RÚSSIA EM COMUNISTA SURGIMENTO DE VÁRIOS SOVIETS (LOCAIS DE DISCUSSÃO SOBRE A LUTA OPERÁRIA);

–   1914 – RÚSSIA NA PRIMEIRA GUERRA SOFRE SUCESSIVAS DERROTAS (SOLDADOS MAL ARMADOS E MAL ALIMENTADOS) – 4 MILHÕES DE MORTOS;

1915 -> CZAR ASSUME O COMANDO DO EXÉRCITO PARA AUMENTAR SEU PRESTÍGIO -> DEIXA O GOVERNO NAS MÃOS DE SUA ESPOSA ALEXANDRA (INFLUENCIADA PELO MONGE RASPUTIM);

– 1917 –> GRANDE MOVIMENTO POPULAR COM APOIO DA POLÍCIA E EXÉRCITO -> CZAR ABDICA E SEU FILHO ASSUME O PODER;

–   OS BOLCHEVIQUES (MEMBROS DO PARTIDO DOS OPERÁRIOS) ORGANIZAM UMA REVOLUÇÃO, INVADEM O PALÁCIO, MATAM A FAMÍLIA CZARISTA E ASSUMEM O GOVERNO:

  • ASSINAM A PAZ COM A ALEMANHA RETIRANDO-SE DA GUERRA;
  • CONFISCAM AS GRANDES PROPRIEDADES PARA REFORMA AGRÁRIA;
  • OPERÁRIOS PASSAM A CONTROLAR AS FÁBRICAS;
  • CRIAM O EXÉRCITO VERMELHO.

– SURGIMENTO DA UNIÃO DAS REPÚBLICAS SOCIALISTAS SOVIÉTICAS (UNIÃO SOVIÉTICA).

__________________________________________________________________

REVOLUÇÕES INGLESAS

  • DOIS MOMENTOS: REVOLUÇÃO PURITANA (1640) E REVOLUÇÃO GLORIOSA (1689);
  • COMEÇO DO SÉC. 17 → GOVERNO DA RAINHA ELISABETH I: VITÓRIA CONTRA A INVENCÍVEL ARMADA DA ESPANHA (TENTATIVA DE OCUPAR AS ILHAS BRITÂNICAS E REESTABELECER O CATOLICISMO) → MORTE DA RAINHA (NÃO DEIXOU HERDEIROS);
  • JAIME STUART (REI DA ESCÓCIA E PRIMO DE ELISABETH I) ASSUME O GOVERNO → DEFENSOR DA TEORIA DO DIREITO DIVINO → DESCONTENTAMENTO DOS PURITANOS (PROTESTANTES CALVINISTAS DA INGLATERRA) → MORTE DE JAIME STUART (1625);
  • CARLOS STUART → ASSINA A PETIÇÃO DE DIREITOS (OBRIGAÇÃO DE CONSULTAR O PARLAMENTO PARA CONVOCAR O EXÉRCITO OU CRIAR NOVOS IMPOSTOS);
  • PARLAMENTO
    CÂMARA DOS LORDES:
    o LORDES ESPIRITUAIS: LÍDERES DA IGREJA ANGLICANA;
    o LORDES TEMPORAIS: ARISTOCRATAS (DUQUES, CONDES, ETC)
    CÂMARA DOS COMUNS: PEQUENA NOBREZA RURAL (PRESBITERIANOS E PURITANOS);
  • REI CARLOS STUART CRIA IMPOSTOS → PARLAMENTO FAZ OPOSIÇÃO AOS INTERESSES DO REI → REI PRENDE OS LÍDERES OPOSICIONISTAS → GUERRA CIVIL (REVOLUÇÃO PURITANA-1642 – 1649): REI CARLOS I (APOIO DOS LORDES) X CÂMARA DOS COMUNS / EXÉRCITO (COMANDO DE OLIVER CROWELL) → VITÓRIA DE CROWELL (PRISÃO DO REI) → NOVO GOVERNO: REPÚBLICA SOB O GOVERNO DE CROWELL → PRIMEIRAS MEDIDAS: DECAPTAÇÃO DO REI; EXTINÇÃO DA CÂMARA DOS LORDES;
  • INGLATERRA ARRASADA PELA GUERRA / COLHEITA RUINS / ALTA NO CUSTO DE VIDA / BAIXOS SALÁRIOS / ALTOS IMPOSTOS → OPOSIÇÃO DE UMA PARTE DO EXÉRCITO → MORTE DE CROWELL (1658);
  • RICHARD CROWELL ASSUME O PODER → DEPOSIÇÃO → RESTAURAÇÃO MONÁRQUICA (FILHO DE CARLOS I: CARLOS II) → GOVERNO DE CRESCIMENTO ECONÔMICO / DESENVOLVIMENTO DA CIÊNCIA / LIVRE PENSAMENTO;
  • 1685: REI JAIME II → ERA CATÓLICO: ISENTA OS CATÓLICOS DE IMPOSTOS / CONVIDA OS CATÓLICOS PARA OS MELHORES CARGOS DO GOVERNO → GOLPE DE ESTADO (REVOLUÇÃO GLORIOSA): SEM GUERRA, ASSUME O TRONO GUILHERME DE ORANGE, GOVERNANTE DA HOLANDA, CASADO COM A FILHA DE JAIME II, MARIA STUART) → ACORDO ENTRE REI E PARLAMENTO: O CAPITALISMO PODERIA SE DESENVOLVER LIVREMENTE, SEM A INTERFERÊNCIA DO GOVERNO.

__________________________________________________________________

ROMA – ORIGENS

 

  • PENÍNSULA ITÁLICA – PORTOS NATURAIS RUINS – FERTILIDADE DO SOLO: AGRICULTURA;
  • 2000 A.C. – ARIANOS, SABINOS, LATINOS, VOLCSOS, ÉQUOS;
  • SÉC. 8 A.C. – ETRUSCOS E GREGOS;
  • FUNDAÇÃO DE ROMA: TEORIA HISTÓRICA E LENDÁRIA;
    • TEORIA HISTÓRICA – POUCOS DOCUMENTOS;
    • TEORIA LENDÁRIA – ESCRITOR VIRGÍLIO – OBRA ENEIDA:
      • ENÉIAS (TROIANO) FUNDA A CIDADE DE LAVÍNIO – SEU FILHO ASCÂNIO FUNDA A CIDADE DE ALBA LONGA – SEU FILHO NÚMITOR REINOU MAS FOI RETIRADO DO PODER PELO SEU IRMÃO AMÍLIO – RÔMULO E REMO (NETOS DE NÚMITOR) NASCEM E SÃO COLOCADOS EM UM CESTO E CRIADOS POR UMA LOBA – ADULTOS RECONQUISTAM A CIDADE PARA SEU AVÔ – SÃO AUTORIZADOS PELO AVÔ PARA FUNDAREM UMA CIDADE: ROMA – DEUS MARTE FALA COM RÔMULO – REMO FICA COM CIÚME E É MORTO PELO IRMÃO – RÔMULO (1º REI DE ROMA – 752 A.C.)

 

  • ROMA – 3 PERÍODOS: MONARQUIA / REPÚBLICA / IMPÉRIO.

___________________________________________________________________

ROMA

 

  • ROMA – 3 PERÍODOS: MONARQUIA / REPÚBLICA / IMPÉRIO;

 

  • MONARQUIA:
    • REI ACESSORADO PELO SENADO (SENEX – MAIS VELHO) E PELA ASSEMBLEIA CURIATA (CARACTERÍSTICAS RELIGIOSAS);

 

  • SOCIEDADE:
    • PATRÍCIOS: GRANDES PROPRIETÁRIOS DE TERRAS;
    • CLIENTES: PARENTES DOS PATRÍCIOS / VIVIAM DE FAVOR;
    • PLEBEUS: MAIORIA ABSOLUTA / SEM TERRAS / ÀS VEZES ESCRAVOS POR DÍVIDA;

 

  • SETE REIS – TARQUÍNIO, O SOBERBO – DESTITUÍDO PELO SENADO EM 509 A.C. – INÍCIO DA REPÚBLICA;

 

  • REPÚBLICA:
    • CRIAÇÃO DE VÁRIAS INSTITUIÇÕES POLÍTICAS:
      • MAGISTRADOS:
        • CÔNSULES (ELEITOS AOS PARES – 1 ANO);
        • CENSORES;
        • QUESTORES (FINANÇAS);
        • EDIS (CONSERVAÇÃO DA CIDADE);
        • PONTÍFICE;
        • DITADOR (CASOS GRAVES – 6 MESES – PLENOS PODERES)
        • SENADO: NOMEAVA OS MAGISTRADOS;

 

  • DISPUTA PELO COMÉRCIO NO MAR MEDITERRÂNEO ENTRE ROMA E CARTAGO (NORTE DA ÁFRICA) – CARTAGINESES ERAM CHAMADOS DE PUNOS PELOS ROMANOS) – 3 GUERRAS – VITÓRIA DOS ROMANOS;
  • EXPANSÃO ROMANA – GRANDE PRESTÍGIO DOS GENERAIS – CONQUISTA DO EGITO (ENVOLVIMENTO DE JÚLIO CÉSAR E CLEÓPATRA) – FILHO MARCO ANTÔNIO;
  • GENERAL OTÁVIO INVADE E CONQUISTA O EGITO E O SAQUEIA – RECEBE VÁRIOS TÍTULOS (AUGUSTO – SAGRADO) – INÍCIO DO IMPÉRIO ROMANO (EXPANSÃO DO IMPÉRIO ROMANO)
  • IMPÉRIO:
    • VÁRIOS IMPERADORES;
    • 452 A.C. – INVASÃO BÁRBARA – ODOACRO.

__________________________________________________________________

SEGUNDA GUERRA MUNDIAL

  • MORTE DO PRESIDENTE HINDEMBURG – HITLER ASSUME COM PODERES ILIMITADOS;
  • DESCUMPRIMENTO DA ALEMANHA DO TRATADO DE VERSALHES (REARMAMENTO);
  • PERSEGUIÇÃO AOS JUDEUS – GUETOS;
    • 1938: ALE ANEXA ÁUSTRIA, REGIÃO DOS SUDETOS DA TCHECOSLOVÁQUIA;
    • 1939: PACTO DE NÃO AGRESSÃO RECÍPROCO COM URSS;
    • ALE ANEXA POLÔNIA – ING E FRA DECLARAM GUERRA À ALE (ALIADOS DA POLÔNIA);
    • ALE ANEXA HOLANDA, NORUEGA, DINAMARCA, NORUEGA E PARTE DA FRANÇA – BLITZKRIEG (GUERRA RELÂMPAGO);
    • 1940: ITA E JAP ALIAM-SE À ALE;
    • ING: ÚNICO PAÍS QUE RESISTE À ALE – RADARES SALVAM A ING;
    • ITA CONQUISTA A GRÉCIA E IOGUSLÁVIA;
    • ALE SE PREPARA PARA INVADIR A URSS – ÚLTIMO GRANDE GOLPE – 4 MILHÕES DE SOLDADES, 3300 TANQUES E 5000 AVIÕES;
    • 1941: ATAQUE JAPONÊS À PEARL HARBOR;
    • EUA ENTRAM NA GUERRA AO LADO DOS ALIADOS – GUERRA MUNDIAL;
    • 2 BLOCOS MILITARES:
    o EIXO: ALE, ITA, JAP
    o ALIADOS: EUA, FRA, ING, URSS, OUTROS, BRASIL
    • INVASÃO ALEMÃ NA RÚSSIA – DERROTA;
    • SUCESSÃO DE DERROTAS DO EIXO – INVASÃO DA ITA E FUZILAMENTO DE MUSSOLINI;
    • DIA D – 06 / 06 / 1944 – NORMANDIA (NORTE DA FRANÇA) – 2 MILHÕES DE SOLDADOS, 4000 NAVIOS, 10 MIL AVIÕES;
  • AGOSTO DE 1945 – BOMBAS ATÔMICAS – HIROSHIMA E NAGASAKI – RENDIÇÃO DO JAPÃO;
    • CONSEQUÊNCIAS DA GUERRA:
    – 6 MILHÕES DE JUDEUS MORTOS;
    – 46 MILHÕES DE MORTOS NO TOTAL;
    – SURGIMENTO DE 2 SUPER-POTÊNCIAS (EUA E URSS);
    – DIVISÃO DA ALE EM 2 PARTES: OCIDENTAL E ORIENTAL
    – CRIAÇÃO DA ONU.

__________________________________________________________________

SEGUNDO GOVERNO VARGAS

 

  • VOLTA AO PODER
    • 1950 – PTB – 48,7% DOS VOTOS
  • NACIONALISMO ECONÔMICO – PRESENÇA DE EMPRESAS ESTRANGEIRAS SEM DESNACIONALIZAÇÃO DA ECONOMIA;
  • BNDE – BANCO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO – ESTÍMULO AO PROCESSO DE INDUSTRIALIZAÇÃO;
  • CAMPANHA “O PETRÓLEO É NOSSO” – PETROBRÁS – MONOPÓLIO ESTATAL NA EXPLORAÇÃO E REFINO DO PETRÓLEO;
  • PROJETO DE REMESSA DOS LUCROS – VETADO PELO CONGRESSO – PRESSÃO INTERNACIONAL FORTE;
  • REAJUSTE DO SALÁRIO MÍNIMO EM 100% (AÇÃO POPULISTA) MINISTRO JOÃO GOULART– OPOSIÇÃO ORGANIZA PROTESTOS;
  • CRIME DA RUA TONELEROS
    • CARLOS LACERDA – MAJOR DA AERONÁUTICA – GREGÓRIO FORTUNATO – PRESSÃO PARA RENÚNCIA DE VARGAS – “SÓ SAIREI MORTO DO PALÁCIO DO CATETE”
  • SUICÍDIO – 24 DE AGOSTO DE 1954.

___________________________________________________________________

SISTEMAS COLONIAIS DA AMÉRICA

SISTEMA PORTUGUÊS

– 22/04/1500 – “DESCOBRIMENTO” – ILHA DE VERA CRUZ / TERRA DE SANTA CRUZ /BRASIL – SISTEMA DE ARRENDAMENTO – ARRENDATÁRIO (PORTUGAL) – ENVIAR 6 NAVIOS/ANO PARA VIGIAR A COSTA – PRÁTICA DO ESCAMBO E ESCRAVIZAÇÃO;

– 1530 – CAPITANIAS HEREDITÁRIAS (15) – DONATÁRIO TINHA O DIREITO DE ADMINISTRAR A TERRA, FICAR COM PARTE DOS IMPOSTOS DA COROA E O DEVER DE FUNDAR CIDADES – SÃO VICENTE E PERNAMBUCO;

– OCUPAÇÃO LITORÂNEA – CANA-DE-AÇÚCAR – ENGENHOS – SENHORES DE ENGENHO – ESCRAVIZAÇÃO DE AFRICANOS;

– PACTO COLONIAL – IGREJA CATÓLICA – INTERIORIZAÇÃO DO TERRITÓRIO (BANDEIRANTES);

SISTEMA ESPANHOL

– CRISTÓVÃO COLOMBO – 1492 – REI FERNANDO E RAINHA ISABEL (REIS CATÓLICOS);

– NOTÍCIAS DOS EL DORADOS (CIDADES DE OURO);

– HERNAN CORTÉZ – MONTEZUMA – ALIANÇA – SAÍDA DE CORTÉZ – PEDRO DE ALVARADO – MASSACRE DE ASTECAS – GUERRA E VITÓRIA DOS ESPANHOIS;

ADMINISTRAÇÃO DA COLÔNIA ESPANHOLA:

  • PARTICULARES (ADELANTADOS) → VICE-REIS (ESPANHÓIS DE FAMÍLIA NOBRE);
  • EM ALGUMAS CIDADE HAVIAM OS CABILDOS (CÂMARAS MUNICIPAIS – PODER EXERCIDO PELOS CRIOLLOS)
  • PRINCIPAIS CARGOS ERAM DOS CHAPETONES (ESPANHÓIS NASCIDOS NA ESPANHA)

– CONCENTRAÇÃO NO INTERIOR – MINAS DE PRATA – ENCOMIENDA – MITA.

SISTEMA INGLÊS

– SÉC 18 (1701 – 1800) – EMIGRAÇÃO DE INGLESES PARA AMÉRICA DO NORTE;

– COMPANHIA DE COMÉRCIO DE LONDRES – SUL – CIDADE DE JAMESTOWN – 1607 – (VIRGÍNIA);

– PURITANOS (PROTESTANTES DA INGLATERRA) FUGINDO DA PERSEGUIÇÃO DOS ANGLICANOS (RELIGIÃO DO REI INGLÊS) / CHEGAM NO NORTE NO NAVIO MAYFLOWER EM 1620 – FUNDAM A NOVA INGLATERRA – NÚCLEO INICIAL: CIDADE DE  MASSACHUSSETS;

  • NORTE: CLIMA TEMPERADO; POLICULTURA (PLANTAÇÕES DE VÁRIOS TIPOS); TRABALHO LIVRE; AGRICULTURA DE SUBSISTÊNCIA (CONSUMO INTERNO);
  • SUL: CLIMA SUBTROPICAL; LATIFÚNDIO (GRANDE PROPRIEDADE); MÃO-DE-OBRA ESCRAVA; MONOCULTURA (PLANTAÇÃO DE UM ÚNICO GÊNERO); AGRICULTURA PARA EXPORTAÇÃO. , SISTEMA PLANTATION.

___________________________________________________________________

ECONOMIA E SOCIEDADE COLONIAL BRASILEIRA DO SÉCULO 18

  • PERIODIZAÇÃO DA HISTÓRIA BRASILEIRA
    • COLÔNIA;
    • IMPÉRIO;
    • REPÚBLICA

 

  • CICLO DO PAU-BRASIL (1500 – 1550);
  • CICLO DA CANA-DE AÇÚCAR (SÉC. 17);
  • CICLO DA MINERAÇÃO (SÉC. 18)

 

  • BANDEIRAS – INDÍGENAS E OURO – DESCOBERTA DE MINAS GERAIS;

 

  • GRANDE IMIGRAÇÃO PARA MINAS GERAIS (50 MIL PORTUGUESES);

 

  • SURGIMENTO DE VILAS PRÓXIMO DAS MINAS: VILA RICA, SABARÁ, SÃO JOÃO DEL REI;

 

  • CONTROLE DA REGIÃO
    • 1702 – INTENDÊNCIA DAS MINAS – CONTROLE DAS NOVAS MINAS – QUINTO – CONTRABANDO;
    • AUMENTO DO NÚMERO DE ESCRAVOS;
    • DIFERENÇA DA ESCRAVIDÃO NA MINERAÇÃO E NO ENGENHO;

 

  • INCONFIDÊNCIA MINEIRA
    • CRISE DE EXTRAÇÃO DO OURO – ENDIVIDAMENTO DOS MINERADORES – EXIGÊNCIA DE PORTUGAL: 100 ARROBAS DE OURO/ANO (1500 KG) – DERRAMA;
    • TENTATIVA DE REVOLTA – LIBERDADE – REPÚBLICA – ILUMINISMO – UNIVERSIDADE – PERMANÊNCIA DA ESCRAVIDÃO – JOAQUIM JOSÉ DA SILVA XAVIER (TIRADENTES) – JOAQUIM SILVÉRIO DOS REIS

 

  • CONJURAÇÃO BAIANA
    • 1798 – TENTATIVA DE INDEPENDÊNCIA E REPÚBLICA – RAZÕES SOCIAIS (NÃO SÓ TRIBUTÁRIAS) – DEFESA DO ABOLICIONISMO – CONJURAÇÃO DOS ALFAIATES – VIOLENTA REPRESSÃO DO GOVERNO.

__________________________________________________________________

TENSÕES E CONFLITOS NO ORIENTE MÉDIO

 

  • CONCEITO DE ORIENTE MÉDIO;

 

  • POSIÇÃO COMERCIAL ESTRATÉGICA – CANAL DE SUEZ;

 

  • GRANDE RESERVA DE PETRÓLEO (65% DA RESERVA MUNDIAL) – FATOR GERADOR DE CONFLITOS;

 

  • 1948 – ONU – DIVISÃO DA PALESTINA:
    • ISRAEL – JUDEUS;
    • PALESTINA – MUÇULMANOS.
      • MUÇULMANOS PREJUDICADOS – MAIS POPULAÇÃO (67%) E MENOS TERRAS (42,9%);
    • MUÇULMANOS DA REGIÃO (LÍBANO, SÍRIA, IRAQUE, EGITO, JORDÂNIA) APOIARAM O EXÉRCITO DE LIBERTAÇÃO ÁRABE – GUERRA (1948/49) – VITÓRIA DE ISRAEL (APOIO DOS EUA E INGLATERRA).

 

  • MOVIMENTO SIONISTA:
    • RETORNO DOS JUDEUS À ISRAEL

 

  • QUESTÃO PALESTINA:
    • DESEJO DE CRIAÇÃO DE UM ESTADO NACIONAL PALESTINO – EXPULSÃO DE PALESTINOS NA CRIAÇÃO DE ISRAEL – 3,5 MILHÕES DE REFUGIADOS EM PAÍSES VIZINHOS

 

  • CANAL DE SUEZ
    • 1956 – PRESIDENTE EGÍPCIO GAMAL ABDEL NASSER NACIONALIZA O CANAL DE SUEZ – GUERRA (ISRAEL,FRANÇA E INGLATERRA X EGITO) – DERROTA DO EGITO (LIBERDADE DE NAVEGAÇÃO NO CANAL);

 

  • GUERRA DOS SEIS DIAS:
    • 5 A 10 DE JUNHO DE 1967;
    • RÁPIDA E INESPERADA OFENSIVA MILITAR ISRAELENSE;
    • TRÊS FRENTES: JORDÂNIA, SÍRIA E EGITO;
    • CRESCIMENTO DO TERRITÓRIO DE ISRAEL
      • FAIXA DE GAZA E PENÍNSULA DO SINAI (EGITO);
      • JORDÂNIA (CISJORDÂNIA);
      • COLINAS DE GOLÃ (SÍRIA).

 

  • GUERRA YOM KIPPUR:
    • 6 DE OUTUBRO DE 1973 (DIA DO PERDÃO – DATA SAGRADA PARA OS JUDEUS);
    • ATAQUE DA SÍRIA E EGITO À ISRAEL;
    • 1 MÊS DE GUERRA – APOIO DOS EUA À ISRAEL;
    • DERROTA DOS ÁRABES.

 

  • 1978 – NEGOCIAÇÕES EM CAMP DAVID:
    • EGITO (PRESIDENTE ANWAR AL SADAT) RECONHECE O ESTADO DE ISRAEL – EGITO RETOMA A PENÍNSULA DO SINAI – EXPULSÃO DO EGITO DA LIGA ÁRABE – ASSASSINATO DE SADAT);

 

  • GRUPOS EXTREMISTAS;

 

  • CONFLITO IRAQUE X IRÃ –
    • DOMÍNIO DO CANAL CHAT AL-ARAB – ESCOAMENTO DE PETRÓLEO PARA OCEANO ÍNDICO – 8 ANOS DE GUERRA – FIM DA GUERRA 1988 (DOIS PAÍSES ARRASADOS);
    • 1990 – INVASÃO DO KUWAIT (SADDAN HUSSEIN)– GUERRA DO GOLFO – COALIZÃO LIDERADA POR EUA VENCE O IRAQUE;

 

  • AÇÕES TERRORISTAS:
    • PRESENÇA DE MILITARES NO GOLFO PÉRSICO DESDE 1991 – NOVOS CONFLITOS;
    • 1998 – ATAQUES NAS EMBAIXADAS DOS EUA NO QUÊNIA E TANZÂNIA;
    • 2001 – 11 DE SETEMBRO – WORD TRADE CENTER (NOVA IORQUE) E PENTÁGONO (WASCHINGTON).

____________________________________________________________________

TEÓRICOS DO ABSOLUTISMO

 

  • FINAL DA. IDADE MÉDIA -> PROCESSO DE CENTRALIZAÇÃO DE PODER NAS MÃOS DO REI;

 

  • REI LUIS XIV – REI SOL – “O ESTADO SOU EU”;

 

  • O REI PASSA A TER APOIO DA:

 

  • BURGUESIA: QUERIA UNIFICAR IMPOSTOS; PROTEGER DOMERCADO NACIONAL DA CONCORRÊNCIA ESTRANGEIRA;
  • NOBREZA: QUERIA MANTER SEUS PRIVILÉGIOS; MEDO DO CRESCIMENTO SOCIAL DA BURGUESIA;
  • IGREJA: QUERIA BARRAR O AVANÇO DO PROTESTANTISMO (SURGIMENTO DE IGREJAS NÃO-CATÓLICAS).

 

  • PODER ABSOLUTO –> CENTRALIZAÇÃO TOTAL DE PODERES NAS MÃOS DO REI – LEGITIMADA POR FILÓSOFOS E PENSADORES (SÉC. 16,17 E 18): BASE RACIONALISTA E BASE RELIGIOSA;

 

  • THOMAS HOBBES (INGLATERRA): OS HOMENS LIVRES VIVIAM EM GUERRA – ESTADO DE “CAOS” – CONTRATO SOCIAL – PLENOS PODERES PARA UM MONARCA MANTER A SOCIEDADE ORGANIZADA – CONTRATO PODE SER QUEBRADO SE O REI NÃO GARANTIR A TRANQUILIDADE SOCIAL;

 

  • JEAN BODIN (FRANÇA): REI TINHA DIREITO DE FAZER LEIS SEM ESTAR SUJEITO A ELAS — SUA AUTORIDADE ERA FRUTO DA VONTADE DE DEUS – NÃO DEVERIA DIVIDIR SEUS PODERES COM NINGUÉM;

 

  • JACQUES BOSSUET (FRANÇA): CRIADOR DA TEORIA DO DIREITO DIVINO – REIS ERAM REPRESENTANTES DE DEUS NA TERRA – DESCUMPRIR SUAS ORDENS ERA PECADO;

 

  • NICOLAU MAQUIAVEL: O PRÍNCIPE, “O FIM JUSTIFICA OS MEIOS”;

 

 

  • THOMAS MORUS: UTOPIA;

 

  • MERCANTILISMO: CONTROLE DO ESTADO NA ECONOMIA – ACÚMULO DE OURO E PRATA – EXPORTAR MAIS QUE IMPORTAR.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Publicado on 22/10/2015 at 8:30  Comentários desativados em Textos de Apoio  
%d blogueiros gostam disto: