Compensações de Ausências

Vitória Bezerra – 9ºA – Paulina Rosa – data de entrega do trabalho (dia 20 de novembro)

Em folha do tipo almaço escreva os textos de apoio de todas as aulas dadas até 20 de novembro e anexe as atividades abaixo:

AULA 1

Escreva um texto de no mínimo 25 linhas explicando a importância do estudo da História.

______________________________________________

AULA 2

Responda baseando-se nos mapas, nos slides e no seu livro didático:

neocolonialismo (clique neste link)

  1. Na África do Sul, uma das línguas oficiais é o inglês, outra é o zulu. Por quê?
  2. No Senegal, fala-se o francês. Por quê?
  3.  título de cada um dos mapas?
  4. A que séculos cada um dos mapas históricos se refere?
  5. Que informações podemos obter com a análise das legendas?
  6. Comparando os dois mapas, que mudanças você pôde observar?
  7. Leia o artigo a seguir, que faz parte da Ata Geral da Conferência de Berlim, de 27 de fevereiro:

Capítulo II – Declaração concernente ao tráfico dos escravos

“Artigo 9. Em conformidade com os princípios dos direitos dos indivíduos tal como eles são reconhecidos pelas Potências signatárias, estando proibido o tráfico dos escravos, e devendo igualmente as operações que, por mar ou por terra, forneçam escravos para o tráfico ser consideradas como proibidas, as Potências que exercem ou que vierem a exercer direitos de soberania ou uma influência nos territórios que formam a bacia convencional do Congo declaram que esses territórios não poderão servir nem de mercado nem de via de trânsito para o tráfico dos escravos de qualquer raça. Cada uma das Potências se compromete a empregar todos os meios disponíveis para pôr fim a esse comércio e para punir aqueles que dele se ocupam.”

 

Segundo esse artigo, qual foi a posição das potências que participaram da Conferência de Berlim no que se refere à escravidão? O que poderia explicar esse posicionamento?

 

  1. As afirmações a seguir são referentes ao Imperialismo. Assinale a alternativa correta.

I) A necessidade de novos mercados consumidores para seus produtos levou as potências industrializadas à expansão imperialista durante o século XIX.

II) A expansão imperialista do século XIX ocorreu, basicamente, em virtude do esgotamento das minas de metais preciosos na Europa.

III) As potências industrializadas necessitavam de novas áreas nas quais pudessem aplicar o capital excedente gerado pela expansão capitalista durante o século XIX.

Estão corretas:

a) todas as afirmações.

b) apenas I e II.

c) apenas I e III.

d) apenas II e III.

e) nenhuma das afirmações é correta.

______________________________________________

AULA 3

Escolha um tema e confeccione um cartaz seguindo a comanda da atividade.

Título: armas da primeira guerra mundial

Texto informativo sobre a arma pesquisada (1 pág – sulfite – arial 12 ou manuscrito)

Imagens

Gráfico com o número de mortos (canto inferior direito)

  • Número de mortos na Primeira Guerra Mundial (1914 -1918)

Alemanha 1.773.700

Império Russo 1.700.000

França 1.357.800

Império Britânico 908.371

Turquia 325.000

Temas:

  • Tema 1: Canhão de longo alcance
  • Tema 2: Morteiro
  • Tema 3: Fuzil
  • Tema 4: Metralhadora
  • Tema 5: Tanque de guerra
  • Tema 6: Submarino
  • Tema 7: Encouraçado ou couraçado
  • Tema 8: Avião
  • Tema 9: Balão dirigível
  • Tema 10: Gases tóxicos
  • Tema 11: Granada de mão
  • Tema 12: Lança-chamas

Nomes (canto inferior esquerdo)

______________________________________________

AULA 4

Utilizando seu livro didático escolha três textos sobre o assunto “Revolução Russa” e produza um resumo.

______________________________________________

AULA 5

Em um texto único explique cada uma das imagens abaixo, descrevendo-as e relacionando uma com a outra de acordo com o conteúdo estudado.

crise de 1929 e nazismo (clique neste link)

______________________________________________

AULA 6

Escolha um dos temas e faça uma pesquisa (Trabalho deve ser manuscrito).

  • Tema 1: Guerra de Canudos
  • Tema 2: Guerra do Contestado
  • Tema 3: Revolta da Chibata
  • Tema 4: Revolta da Vacina
  • Tema 5: Cangaço
  • Tema 6: Revolta dos 18 do Forte de Copacabana
  • Tema 7: Revolução Paulista de 1924
  • Tema 8: Coluna Prestes
  • Tema 9: Greve Geral de 1917

______________________________________________

ESCOLA MUNICIPAL ANTONIO PALIOTO

Aluno: Guilherme 6ºA

SITUAÇÃO DE APRENDIZAGEM: AS ELEIÇÕES NO MUNDO ROMANO

Pesquise as informações solicitadas a seguir:

1) De tempos em tempos, a sociedade brasileira vivencia campanhas eleitorais com o objetivo de eleger candidatos para nos representar na vida política brasileira. Você sabe qual é a periodicidade dessas eleições no Brasil?

a) Eleições federais:

b) Eleições estaduais:

c) Eleições municipais:

 

2) Para quais cargos são votados os candidatos nas diferentes esferas do poder público e qual é a função principal de cada um?

a) Poder federal:

b) Poder estadual:

c) Poder municipal:

 

Leitura e Análise de Texto – Tudo vale em busca do voto

“Para obter apoio popular, o candidato deve saber o nome dos próprios eleitores, elogiar seus méritos, bajular, mostrar-se generoso, fazer alarde e dar a esperança de um emprego público […]. A generosidade é uma questão complexa. Talvez seus recursos não permitam que atinja todos os eleitores, mas para isso contribuem os amigos, que podem ajudar a agradar o povo miúdo. Nesse sentido, convém oferecer recepções e contar com o apoio de amigos para isso, tanto visando ao eleitorado em geral como grupos específicos de eleitores […]. No que se refere à sua imagem, faça saber que você é bom de bico, que os cobradores de impostos e a classe média lhe são favoráveis, que os nobres valorizam você, que a juventude está a seu lado. Sendo advogado, que seus clientes o apoiem, que a gente do campo e do interior faça o mesmo e venham até Roma, para participar da sua campanha. Procure que os eleitores digam e mesmo pensem que você os conhece bem, que sabe o nome de cada pessoa, que você está sempre em busca do voto, que você é mão-aberta e boa-praça, que sua casa está sempre repleta de correligionários, que todos são seus aliados, que suas promessas, feitas a todos, são sempre cumpridas. Sua campanha, sempre que possível, deve lembrar-se das suspeitas quanto ao caráter dos adversários, de acordo com a particularidade de cada um deles, no que se refere a crimes, vícios, corrupção […]. Não se esqueça de que esta é Roma, uma cidade repleta de gente de toda parte, com tanta falsidade, pilantragens e falcatruas de toda espécie. Você deve, portanto, ficar atento, sempre, à arrogância, ataques, inveja, desdém, ódio e chateações. É preciso muito bom-senso e habilidade, creio eu, para uma pessoa conseguir evitar conflitos, rumores e armadilhas e muito jogo de cintura para dar conta de tanta diversidade de personalidades, opiniões e interesses.”

 

3) Identifique as palavras desconhecidas para você, buscando seu significado no dicionário ou no livro didático.

 

4) Anote as ideias principais do texto.

 

5) Quais são os três pontos centrais do texto sobre as eleições na política romana?

 

6) Segundo o texto, como deveria se comportar o candidato? Que estratégias de campanha ele deveria utilizar?

 

7) Apresente um argumento que justifique a finalidade de Cícero (106-43 a.C.) ao escrever o texto sobre os bastidores da política romana.

 

8) Você concorda com os métodos utilizados para a obtenção de votos da forma como eles aparecem no texto? Justifique sua resposta.

 

9) Em sua opinião, como deveriam ser as campanhas políticas e o comportamento dos políticos?

 

10) Faça uma pesquisa sobre a organização da sociedade romana, destacando, em especial, as características sociais de patrícios, plebeus e escravos.

 

11) Considerando a observação detalhada das imagens, o que inclui vestimentas e ações dos personagens retratados, identifique a que grupo social pertencem. Em seguida justifique sua escolha.

Imagem 1

Resposta:

 

Imagem 2

Resposta:

Imagem 3

Resposta:

 

12) No texto Tudo vale em busca do voto, Cícero descreve algumas técnicas de propaganda eleitoral utilizadas na Roma Antiga. Escreva três técnicas de propaganda eleitoral empregadas nas campanhas das eleições atuais.

 

13) Em Roma, diversos painéis eram pintados nas paredes e cartazes eram espalhados por toda a cidade, por candidatos em campanha ou em agradecimento ao eleitor pelos votos recebidos. Discuta as vantagens e as desvantagens da utilização de cartazes nas campanhas eleitorais atuais, anotando dois exemplos de cada situação.

 

14) O Senado romano era constituído por membros das classes privilegiadas, conhecidas com o nome de:

 

a) plebeus.

b) camponeses.

c) patrícios.

d) nobres.

e) servos.

 

15) Segundo o historiador grego Políbio, Roma conseguira conquistar o Mar Mediterrâneo porque possuía um conjunto de leis, em que estavam registrados os direitos e deveres dos cidadãos romanos. Esse conjunto de leis é conhecido pelo nome de:

a) normas.

b) constituição.

c) regras.

d) listas.

e) assembleias.

16) Cássio Dio (150 d.C. a 235 d.C.) foi um importante cônsul romano, que nos deixou documentos sobre o poder exercido pela autoridade máxima do Senado romano, com destaque para Júlio César e Marco Antônio, que ocuparam o cargo de:

a) magistrado.

b) cônsul.

c) edil.

d) imperador.

e) prefeito.

___________________________________________________________________________

ESCOLA MUNICIPAL ANTONIO PALIOTO

Aluno: Luan 6ºA

SITUAÇÃO DE APRENDIZAGEM: AS ELEIÇÕES NO MUNDO ROMANO

Pesquise as informações solicitadas a seguir:

1) De tempos em tempos, a sociedade brasileira vivencia campanhas eleitorais com o objetivo de eleger candidatos para nos representar na vida política brasileira. Você sabe qual é a periodicidade dessas eleições no Brasil?

a) Eleições federais:

b) Eleições estaduais:

c) Eleições municipais:

 

2) Para quais cargos são votados os candidatos nas diferentes esferas do poder público e qual é a função principal de cada um?

a) Poder federal:

b) Poder estadual:

c) Poder municipal:

 

Leitura e Análise de Texto – Tudo vale em busca do voto

“Para obter apoio popular, o candidato deve saber o nome dos próprios eleitores, elogiar seus méritos, bajular, mostrar-se generoso, fazer alarde e dar a esperança de um emprego público […]. A generosidade é uma questão complexa. Talvez seus recursos não permitam que atinja todos os eleitores, mas para isso contribuem os amigos, que podem ajudar a agradar o povo miúdo. Nesse sentido, convém oferecer recepções e contar com o apoio de amigos para isso, tanto visando ao eleitorado em geral como grupos específicos de eleitores […]. No que se refere à sua imagem, faça saber que você é bom de bico, que os cobradores de impostos e a classe média lhe são favoráveis, que os nobres valorizam você, que a juventude está a seu lado. Sendo advogado, que seus clientes o apoiem, que a gente do campo e do interior faça o mesmo e venham até Roma, para participar da sua campanha. Procure que os eleitores digam e mesmo pensem que você os conhece bem, que sabe o nome de cada pessoa, que você está sempre em busca do voto, que você é mão-aberta e boa-praça, que sua casa está sempre repleta de correligionários, que todos são seus aliados, que suas promessas, feitas a todos, são sempre cumpridas. Sua campanha, sempre que possível, deve lembrar-se das suspeitas quanto ao caráter dos adversários, de acordo com a particularidade de cada um deles, no que se refere a crimes, vícios, corrupção […]. Não se esqueça de que esta é Roma, uma cidade repleta de gente de toda parte, com tanta falsidade, pilantragens e falcatruas de toda espécie. Você deve, portanto, ficar atento, sempre, à arrogância, ataques, inveja, desdém, ódio e chateações. É preciso muito bom-senso e habilidade, creio eu, para uma pessoa conseguir evitar conflitos, rumores e armadilhas e muito jogo de cintura para dar conta de tanta diversidade de personalidades, opiniões e interesses.”

 

3) Identifique as palavras desconhecidas para você, buscando seu significado no dicionário ou no livro didático.

 

4) Anote as ideias principais do texto.

 

5) Quais são os três pontos centrais do texto sobre as eleições na política romana?

 

6) Segundo o texto, como deveria se comportar o candidato? Que estratégias de campanha ele deveria utilizar?

 

7) Apresente um argumento que justifique a finalidade de Cícero (106-43 a.C.) ao escrever o texto sobre os bastidores da política romana.

 

8) Você concorda com os métodos utilizados para a obtenção de votos da forma como eles aparecem no texto? Justifique sua resposta.

 

9) Em sua opinião, como deveriam ser as campanhas políticas e o comportamento dos políticos?

 

10) Faça uma pesquisa sobre a organização da sociedade romana, destacando, em especial, as características sociais de patrícios, plebeus e escravos.

 

11) Considerando a observação detalhada das imagens, o que inclui vestimentas e ações dos personagens retratados, identifique a que grupo social pertencem. Em seguida justifique sua escolha.

Imagem 1

Resposta:

 

Imagem 2

Resposta:

Imagem 3

Resposta:

 

12) No texto Tudo vale em busca do voto, Cícero descreve algumas técnicas de propaganda eleitoral utilizadas na Roma Antiga. Escreva três técnicas de propaganda eleitoral empregadas nas campanhas das eleições atuais.

 

13) Em Roma, diversos painéis eram pintados nas paredes e cartazes eram espalhados por toda a cidade, por candidatos em campanha ou em agradecimento ao eleitor pelos votos recebidos. Discuta as vantagens e as desvantagens da utilização de cartazes nas campanhas eleitorais atuais, anotando dois exemplos de cada situação.

 

14) O Senado romano era constituído por membros das classes privilegiadas, conhecidas com o nome de:

 

a) plebeus.

b) camponeses.

c) patrícios.

d) nobres.

e) servos.

 

15) Segundo o historiador grego Políbio, Roma conseguira conquistar o Mar Mediterrâneo porque possuía um conjunto de leis, em que estavam registrados os direitos e deveres dos cidadãos romanos. Esse conjunto de leis é conhecido pelo nome de:

a) normas.

b) constituição.

c) regras.

d) listas.

e) assembleias.

16) Cássio Dio (150 d.C. a 235 d.C.) foi um importante cônsul romano, que nos deixou documentos sobre o poder exercido pela autoridade máxima do Senado romano, com destaque para Júlio César e Marco Antônio, que ocuparam o cargo de:

a) magistrado.

b) cônsul.

c) edil.

d) imperador.

e) prefeito.

___________________________________________________________________________

ESCOLA MUNICIPAL ANTONIO PALIOTO

Aluno: José Carlos 7ºA

SITUAÇÃO DE APRENDIZAGEM: CONTRIBUIÇÃO DOS MAIAS, INCAS E ASTECAS PARA A DIVERSIDADE CULTURAL DOS POVOS DA AMÉRICA

1) Observe, no mapa a seguir, a localização das civilizações maia, inca e asteca, o que possibilitará a identificação do território ocupado por esses povos. Em seguida, pesquise em um atlas geográfico ou seu livro didático os nomes dos atuais países a que esses impérios correspondiam.

Nomes dos atuais países a que estes impérios correspondiam

Inca:

Asteca:

Maia:

2) Leia, a seguir, os textos A, B e C, grifando as ideias centrais de cada parágrafo e, depois, escreva na linha que antecede cada um deles um subtítulo que corresponda à ideia central identificada. Não se esqueça de procurar no dicionário o significado das palavras que você desconhece.

 

Texto A – Os Astecas

Subtítulo do parágrafo: 

 

No atual México, nos dois últimos séculos antes da chegada dos espanhóis, um grande império formou-se: o dos astecas, conhecidos também como mexicas. Esse império caracterizou-se por um sistema centralizado, que permitiu o desenvolvimento da maior cidade do mundo àquela época (século XV). A capital do império, Tenochtitlán, palavra que significa “rocha de cactos”, hoje Cidade do México, chegou a ter entre 300 mil e 700 mil habitantes, população equiparável à de Roma, na Antiguidade, e que só seria igualada em meados do século XVIII por Londres.

 

Subtítulo do parágrafo: 

 

Os astecas cultivavam, nas ilhas artificiais chamadas chinampas, uma grande variedade de vegetais e cereais, entre eles milho, feijão, abóbora, tomate, batata-doce, cenoura, pimenta e ainda o fumo e o agave, um tipo de cacto. Os astecas contavam com uma religiosidade complexa, que incluía sacrifícios de seres humanos. Havia quatro tipos de sacerdotes, os curandeiros, os que favoreciam a caça, os guerreiros e dois sumos sacerdotes. O império baseava-se na submissão dos povos conquistados, o que explica a importância para os espanhóis em conquistar esse Estado tão poderoso.

 

Subtítulo do parágrafo: 

 

O conquistador espanhol Hernán Cortéz chegou à capital dos astecas em 1519, e foi bem recebido por Montezuma, o imperador asteca. Por uma grande coincidência, o ano 1519 correspondia ao último ano do calendário asteca de um ciclo de 52 anos e marcava a volta do deus Quetzalcóatl, que, segundo a tradição, teria o papel de destruí-los. O imperador Montezuma, acreditando que os visitantes fossem deuses, recebeu-os de forma pacífica e não imaginava que os espanhóis estavam em busca de metais preciosos, como a prata e o ouro.

 

Subtítulo do parágrafo: 

 

Cortéz contou com aliados indígenas, em sua maioria povos que haviam sido domina dos pelos astecas. Por causa dessa ajuda e da força das armas que possuíam, Cortéz e seu exército acabaram por vencer os guerreiros astecas em 1520. Os astecas foram dominados e Montezuma, seu imperador, morto.

 

Texto B – Os Incas

Subtítulo do parágrafo: 

 

Na América do Sul, as grandes altitudes dos Andes foram o lugar do desenvolvimento de várias e diferentes culturas, antes da chegada dos espanhóis. A mais impressionante foi a dos incas, cujo império foi encontrado pelos espanhóis, e destruído, a duras penas, no século XVI. De sua capital em Cuzco, houve uma lenta expansão – provavelmente no século XII, que resultou na formação de um vasto império, cuja história conhecemos melhor no período entre 1438 e 1533. Assim, muitos povos foram agrupados em um sistema de alianças com as elites locais e, embora o idioma dos incas fosse o quíchua, havia no império uma grande variedade de línguas e costumes.

 

Subtítulo do parágrafo: 

 

Em seu auge, o Império Inca era o maior do mundo à sua época, com uma área extensa, que compreendia grande parte dos atuais Peru, Bolívia, Equador, áreas do Chile e da Argentina e Colômbia, em uma área total estimada em dois milhões de quilômetros quadrados, quatro vezes o tamanho da Espanha, a potência que o conquistaria. Os incas cultivavam milho, vagem, batata, algodão, amendoim e abóbora em terraços nas encostas das montanhas da Cordilheira dos Andes. Os incas desenvolveram um sistema de escrita único, os quipos, que permitiam um tipo de registro por meio de cordas e nós. O império tinha também as melhores e mais extensas estradas do mundo entre as montanhas, com pontes igualmente impressionantes. Além disso, as vias eram pavimentadas com pedras e havia escadas em meio às montanhas. Os espanhóis demoraram a conquistar os incas, tanto pelas dificuldades apresentadas pelo terreno acidentado quanto pela forte aliança das tribos indígenas do império inca. Apenas em 1572 o último rei inca, Túpac Amaru, foi morto, pondo fim ao império, mas não à sua cultura.

 

Texto C – Os Maias

Subtítulo do parágrafo: 

 

Os maias desenvolveram sua civilização no extremo sul da América do Norte e na América Central, em territórios que hoje compreendem o Sul do México, a Guatemala, Belize e Honduras, chegando a expandir sua influência para áreas ao Norte, localizadas na região central do México. Chichén Itzá, a mais famosa cidade-templo, funcionou como centro político e econômico, sendo a principal representação do desenvolvimento arquitetônico desta civilização. Os antepassados mais antigos dos maias viviam na costa do Oceano Pacífico, já por volta de 1800 a.C. Eram sedentários, produziam vasos cerâmicos, e, pouco a pouco, difundiram sua civilização por uma imensa área do Sul mexicano e da América Central. A partir do século III, as cidades maias floresceram, até por volta do ano 900 – o que corresponde ao que foi chamado de período clássico, caracterizado pelo desenvolvimento da agricultura e pela formação de muitas cidades planejadas, como Copán, Palenque e Tikal. Nessas cidades, as construções foram se tornando cada vez mais complexas, com destaque para os templos e pirâmides.

 

Subtítulo do parágrafo: 

 

As cidades do período clássico foram sendo abandonadas no século IX d.C., não se sabe ainda, ao certo, por quais motivos, mas a maioria dos estudiosos considera que pode ter sido em consequência de fortes mudanças climáticas, que levaram ao resfriamento de amplas áreas no Hemisfério Norte. Por causa dessas mudanças, teria havido o esgotamento agrícola da região, o que agravou as dificuldades econômicas, que provocaram muitas lutas internas. O período pós-clássico (séculos X-XVI) é marcado pelo florescimento de centros mais ao Norte, na Península de Yucatán, como Chichén Itzá. Finalmente, os maias defrontaram-se com os conquistadores espanhóis, tendo sido por eles catequizados, embora tenham mantido sua língua e outros traços culturais, o que se comprova pelo fato de, até hoje, a população dessas regiões maias falar o antigo idioma e preservar muitos costumes e tradições milenares.

 

Subtítulo do parágrafo: 

 

Os maias desenvolveram um sofisticado sistema de escrita, usando ideogramas e sinais silábicos para grafar e registrar os acontecimentos, suas crenças e cálculos astronômicos. Sobre a observação dos astros, os conhecimentos desenvolvidos pelos maias impressionam os estudiosos até hoje, por sua grande precisão, havendo quem afirme que nunca antes, em outra civilização, os fenômenos astronômicos haviam sido observados com tanta acuidade. Um dos motivos dessa preocupação com os astros era a motivação religiosa, pois eles consideravam que a história humana e natural dependia desses cálculos precisos.

 

3) Observe a imagem reproduzida a seguir, das ruínas de Machu Picchu, cidade da civilização inca. Em seguida, pesquise informações a seu respeito e escreva uma legenda que explique seu significado histórico.

4) Pesquise em um dicionário o significado da palavra “inca” e anote a seguir.

 

5) A sociedade maia, uma das mais importantes das civilizações pré-colombianas, floresceu na região que hoje corresponde:

a) ao Uruguai, à Argentina e ao Sul do Chile.

b) ao Paraguai e à Bolívia.

c) ao México, à Guatemala, a Belize e aHonduras.

d) ao Brasil e à Venezuela.

e) aos Andes peruanos.

6) Os incas registravam atividades e acontecimentos, como cobrança e pagamentos de impostos, nascimentos e informações sobre as colheitas, em um suporte de escrita ou sistema de registro composto de cordões de diferentes cores que recebiam o nome de:

a) papiro

b) pergaminho

c) mita

d) quipos

e) algodão

 

7) Os astecas utilizavam “canteiros flutuantes”, onde plantavam milho, abóbora, feijão e pimenta. Esses canteiros eram feitos com junco, uma planta abundante na região, e cercados por estacas, recebendo o nome de:

a) terraços.

b) chinampas.

c) fortalezas.

d) canteiros.

e) adobe.

8) Pesquise em seu livro didático, enciclopédias ou sites especializados o Tratado de Tordesilhas.

_____________________________________________________________________________

ESCOLA MUNICIPAL ANTONIO PALIOTO

Aluno: Pedro Ratto 7ºB

SITUAÇÃO DE APRENDIZAGEM: CONTRIBUIÇÃO DOS MAIAS, INCAS E ASTECAS PARA A DIVERSIDADE CULTURAL DOS POVOS DA AMÉRICA

1) Observe, no mapa a seguir, a localização das civilizações maia, inca e asteca, o que possibilitará a identificação do território ocupado por esses povos. Em seguida, pesquise em um atlas geográfico ou seu livro didático os nomes dos atuais países a que esses impérios correspondiam.

Nomes dos atuais países a que estes impérios correspondiam

Inca:

Asteca:

Maia:

2) Leia, a seguir, os textos A, B e C, grifando as ideias centrais de cada parágrafo e, depois, escreva na linha que antecede cada um deles um subtítulo que corresponda à ideia central identificada. Não se esqueça de procurar no dicionário o significado das palavras que você desconhece.

 

Texto A – Os Astecas

Subtítulo do parágrafo: 

 

No atual México, nos dois últimos séculos antes da chegada dos espanhóis, um grande império formou-se: o dos astecas, conhecidos também como mexicas. Esse império caracterizou-se por um sistema centralizado, que permitiu o desenvolvimento da maior cidade do mundo àquela época (século XV). A capital do império, Tenochtitlán, palavra que significa “rocha de cactos”, hoje Cidade do México, chegou a ter entre 300 mil e 700 mil habitantes, população equiparável à de Roma, na Antiguidade, e que só seria igualada em meados do século XVIII por Londres.

 

Subtítulo do parágrafo: 

 

Os astecas cultivavam, nas ilhas artificiais chamadas chinampas, uma grande variedade de vegetais e cereais, entre eles milho, feijão, abóbora, tomate, batata-doce, cenoura, pimenta e ainda o fumo e o agave, um tipo de cacto. Os astecas contavam com uma religiosidade complexa, que incluía sacrifícios de seres humanos. Havia quatro tipos de sacerdotes, os curandeiros, os que favoreciam a caça, os guerreiros e dois sumos sacerdotes. O império baseava-se na submissão dos povos conquistados, o que explica a importância para os espanhóis em conquistar esse Estado tão poderoso.

 

Subtítulo do parágrafo: 

 

O conquistador espanhol Hernán Cortéz chegou à capital dos astecas em 1519, e foi bem recebido por Montezuma, o imperador asteca. Por uma grande coincidência, o ano 1519 correspondia ao último ano do calendário asteca de um ciclo de 52 anos e marcava a volta do deus Quetzalcóatl, que, segundo a tradição, teria o papel de destruí-los. O imperador Montezuma, acreditando que os visitantes fossem deuses, recebeu-os de forma pacífica e não imaginava que os espanhóis estavam em busca de metais preciosos, como a prata e o ouro.

 

Subtítulo do parágrafo: 

 

Cortéz contou com aliados indígenas, em sua maioria povos que haviam sido domina dos pelos astecas. Por causa dessa ajuda e da força das armas que possuíam, Cortéz e seu exército acabaram por vencer os guerreiros astecas em 1520. Os astecas foram dominados e Montezuma, seu imperador, morto.

 

Texto B – Os Incas

Subtítulo do parágrafo: 

 

Na América do Sul, as grandes altitudes dos Andes foram o lugar do desenvolvimento de várias e diferentes culturas, antes da chegada dos espanhóis. A mais impressionante foi a dos incas, cujo império foi encontrado pelos espanhóis, e destruído, a duras penas, no século XVI. De sua capital em Cuzco, houve uma lenta expansão – provavelmente no século XII, que resultou na formação de um vasto império, cuja história conhecemos melhor no período entre 1438 e 1533. Assim, muitos povos foram agrupados em um sistema de alianças com as elites locais e, embora o idioma dos incas fosse o quíchua, havia no império uma grande variedade de línguas e costumes.

 

Subtítulo do parágrafo: 

 

Em seu auge, o Império Inca era o maior do mundo à sua época, com uma área extensa, que compreendia grande parte dos atuais Peru, Bolívia, Equador, áreas do Chile e da Argentina e Colômbia, em uma área total estimada em dois milhões de quilômetros quadrados, quatro vezes o tamanho da Espanha, a potência que o conquistaria. Os incas cultivavam milho, vagem, batata, algodão, amendoim e abóbora em terraços nas encostas das montanhas da Cordilheira dos Andes. Os incas desenvolveram um sistema de escrita único, os quipos, que permitiam um tipo de registro por meio de cordas e nós. O império tinha também as melhores e mais extensas estradas do mundo entre as montanhas, com pontes igualmente impressionantes. Além disso, as vias eram pavimentadas com pedras e havia escadas em meio às montanhas. Os espanhóis demoraram a conquistar os incas, tanto pelas dificuldades apresentadas pelo terreno acidentado quanto pela forte aliança das tribos indígenas do império inca. Apenas em 1572 o último rei inca, Túpac Amaru, foi morto, pondo fim ao império, mas não à sua cultura.

 

Texto C – Os Maias

Subtítulo do parágrafo: 

 

Os maias desenvolveram sua civilização no extremo sul da América do Norte e na América Central, em territórios que hoje compreendem o Sul do México, a Guatemala, Belize e Honduras, chegando a expandir sua influência para áreas ao Norte, localizadas na região central do México. Chichén Itzá, a mais famosa cidade-templo, funcionou como centro político e econômico, sendo a principal representação do desenvolvimento arquitetônico desta civilização. Os antepassados mais antigos dos maias viviam na costa do Oceano Pacífico, já por volta de 1800 a.C. Eram sedentários, produziam vasos cerâmicos, e, pouco a pouco, difundiram sua civilização por uma imensa área do Sul mexicano e da América Central. A partir do século III, as cidades maias floresceram, até por volta do ano 900 – o que corresponde ao que foi chamado de período clássico, caracterizado pelo desenvolvimento da agricultura e pela formação de muitas cidades planejadas, como Copán, Palenque e Tikal. Nessas cidades, as construções foram se tornando cada vez mais complexas, com destaque para os templos e pirâmides.

 

Subtítulo do parágrafo: 

 

As cidades do período clássico foram sendo abandonadas no século IX d.C., não se sabe ainda, ao certo, por quais motivos, mas a maioria dos estudiosos considera que pode ter sido em consequência de fortes mudanças climáticas, que levaram ao resfriamento de amplas áreas no Hemisfério Norte. Por causa dessas mudanças, teria havido o esgotamento agrícola da região, o que agravou as dificuldades econômicas, que provocaram muitas lutas internas. O período pós-clássico (séculos X-XVI) é marcado pelo florescimento de centros mais ao Norte, na Península de Yucatán, como Chichén Itzá. Finalmente, os maias defrontaram-se com os conquistadores espanhóis, tendo sido por eles catequizados, embora tenham mantido sua língua e outros traços culturais, o que se comprova pelo fato de, até hoje, a população dessas regiões maias falar o antigo idioma e preservar muitos costumes e tradições milenares.

 

Subtítulo do parágrafo: 

 

Os maias desenvolveram um sofisticado sistema de escrita, usando ideogramas e sinais silábicos para grafar e registrar os acontecimentos, suas crenças e cálculos astronômicos. Sobre a observação dos astros, os conhecimentos desenvolvidos pelos maias impressionam os estudiosos até hoje, por sua grande precisão, havendo quem afirme que nunca antes, em outra civilização, os fenômenos astronômicos haviam sido observados com tanta acuidade. Um dos motivos dessa preocupação com os astros era a motivação religiosa, pois eles consideravam que a história humana e natural dependia desses cálculos precisos.

 

3) Observe a imagem reproduzida a seguir, das ruínas de Machu Picchu, cidade da civilização inca. Em seguida, pesquise informações a seu respeito e escreva uma legenda que explique seu significado histórico.

4) Pesquise em um dicionário o significado da palavra “inca” e anote a seguir.

 

5) A sociedade maia, uma das mais importantes das civilizações pré-colombianas, floresceu na região que hoje corresponde:

a) ao Uruguai, à Argentina e ao Sul do Chile.

b) ao Paraguai e à Bolívia.

c) ao México, à Guatemala, a Belize e a Honduras.

d) ao Brasil e à Venezuela.

e) aos Andes peruanos.

6) Os incas registravam atividades e acontecimentos, como cobrança e pagamentos de impostos, nascimentos e informações sobre as colheitas, em um suporte de escrita ou sistema de registro composto de cordões de diferentes cores que recebiam o nome de:

a) papiro

b) pergaminho

c) mita

d) quipos

e) algodão

 

7) Os astecas utilizavam “canteiros flutuantes”, onde plantavam milho, abóbora, feijão e pimenta. Esses canteiros eram feitos com junco, uma planta abundante na região, e cercados por estacas, recebendo o nome de:

a) terraços.

b) chinampas.

c) fortalezas.

d) canteiros.

e) adobe.

8) Pesquise em seu livro didático, enciclopédias ou sites especializados o Tratado de Tordesilhas.

_____________________________________________________________________________

ESCOLA MUNICIPAL ANTONIO PALIOTO

Aluno: Otávio 7ºA

SITUAÇÃO DE APRENDIZAGEM: CONTRIBUIÇÃO DOS MAIAS, INCAS E ASTECAS PARA A DIVERSIDADE CULTURAL DOS POVOS DA AMÉRICA

1) Observe, no mapa a seguir, a localização das civilizações maia, inca e asteca, o que possibilitará a identificação do território ocupado por esses povos. Em seguida, pesquise em um atlas geográfico ou seu livro didático os nomes dos atuais países a que esses impérios correspondiam.

Nomes dos atuais países a que estes impérios correspondiam

Inca:

Asteca:

Maia:

2) Leia, a seguir, os textos A, B e C, grifando as ideias centrais de cada parágrafo e, depois, escreva na linha que antecede cada um deles um subtítulo que corresponda à ideia central identificada. Não se esqueça de procurar no dicionário o significado das palavras que você desconhece.

 

Texto A – Os Astecas

Subtítulo do parágrafo: 

 

No atual México, nos dois últimos séculos antes da chegada dos espanhóis, um grande império formou-se: o dos astecas, conhecidos também como mexicas. Esse império caracterizou-se por um sistema centralizado, que permitiu o desenvolvimento da maior cidade do mundo àquela época (século XV). A capital do império, Tenochtitlán, palavra que significa “rocha de cactos”, hoje Cidade do México, chegou a ter entre 300 mil e 700 mil habitantes, população equiparável à de Roma, na Antiguidade, e que só seria igualada em meados do século XVIII por Londres.

 

Subtítulo do parágrafo: 

 

Os astecas cultivavam, nas ilhas artificiais chamadas chinampas, uma grande variedade de vegetais e cereais, entre eles milho, feijão, abóbora, tomate, batata-doce, cenoura, pimenta e ainda o fumo e o agave, um tipo de cacto. Os astecas contavam com uma religiosidade complexa, que incluía sacrifícios de seres humanos. Havia quatro tipos de sacerdotes, os curandeiros, os que favoreciam a caça, os guerreiros e dois sumos sacerdotes. O império baseava-se na submissão dos povos conquistados, o que explica a importância para os espanhóis em conquistar esse Estado tão poderoso.

 

Subtítulo do parágrafo: 

 

O conquistador espanhol Hernán Cortéz chegou à capital dos astecas em 1519, e foi bem recebido por Montezuma, o imperador asteca. Por uma grande coincidência, o ano 1519 correspondia ao último ano do calendário asteca de um ciclo de 52 anos e marcava a volta do deus Quetzalcóatl, que, segundo a tradição, teria o papel de destruí-los. O imperador Montezuma, acreditando que os visitantes fossem deuses, recebeu-os de forma pacífica e não imaginava que os espanhóis estavam em busca de metais preciosos, como a prata e o ouro.

 

Subtítulo do parágrafo: 

 

Cortéz contou com aliados indígenas, em sua maioria povos que haviam sido domina dos pelos astecas. Por causa dessa ajuda e da força das armas que possuíam, Cortéz e seu exército acabaram por vencer os guerreiros astecas em 1520. Os astecas foram dominados e Montezuma, seu imperador, morto.

 

Texto B – Os Incas

Subtítulo do parágrafo: 

 

Na América do Sul, as grandes altitudes dos Andes foram o lugar do desenvolvimento de várias e diferentes culturas, antes da chegada dos espanhóis. A mais impressionante foi a dos incas, cujo império foi encontrado pelos espanhóis, e destruído, a duras penas, no século XVI. De sua capital em Cuzco, houve uma lenta expansão – provavelmente no século XII, que resultou na formação de um vasto império, cuja história conhecemos melhor no período entre 1438 e 1533. Assim, muitos povos foram agrupados em um sistema de alianças com as elites locais e, embora o idioma dos incas fosse o quíchua, havia no império uma grande variedade de línguas e costumes.

 

Subtítulo do parágrafo: 

 

Em seu auge, o Império Inca era o maior do mundo à sua época, com uma área extensa, que compreendia grande parte dos atuais Peru, Bolívia, Equador, áreas do Chile e da Argentina e Colômbia, em uma área total estimada em dois milhões de quilômetros quadrados, quatro vezes o tamanho da Espanha, a potência que o conquistaria. Os incas cultivavam milho, vagem, batata, algodão, amendoim e abóbora em terraços nas encostas das montanhas da Cordilheira dos Andes. Os incas desenvolveram um sistema de escrita único, os quipos, que permitiam um tipo de registro por meio de cordas e nós. O império tinha também as melhores e mais extensas estradas do mundo entre as montanhas, com pontes igualmente impressionantes. Além disso, as vias eram pavimentadas com pedras e havia escadas em meio às montanhas. Os espanhóis demoraram a conquistar os incas, tanto pelas dificuldades apresentadas pelo terreno acidentado quanto pela forte aliança das tribos indígenas do império inca. Apenas em 1572 o último rei inca, Túpac Amaru, foi morto, pondo fim ao império, mas não à sua cultura.

 

Texto C – Os Maias

Subtítulo do parágrafo: 

 

Os maias desenvolveram sua civilização no extremo sul da América do Norte e na América Central, em territórios que hoje compreendem o Sul do México, a Guatemala, Belize e Honduras, chegando a expandir sua influência para áreas ao Norte, localizadas na região central do México. Chichén Itzá, a mais famosa cidade-templo, funcionou como centro político e econômico, sendo a principal representação do desenvolvimento arquitetônico desta civilização. Os antepassados mais antigos dos maias viviam na costa do Oceano Pacífico, já por volta de 1800 a.C. Eram sedentários, produziam vasos cerâmicos, e, pouco a pouco, difundiram sua civilização por uma imensa área do Sul mexicano e da América Central. A partir do século III, as cidades maias floresceram, até por volta do ano 900 – o que corresponde ao que foi chamado de período clássico, caracterizado pelo desenvolvimento da agricultura e pela formação de muitas cidades planejadas, como Copán, Palenque e Tikal. Nessas cidades, as construções foram se tornando cada vez mais complexas, com destaque para os templos e pirâmides.

 

Subtítulo do parágrafo: 

 

As cidades do período clássico foram sendo abandonadas no século IX d.C., não se sabe ainda, ao certo, por quais motivos, mas a maioria dos estudiosos considera que pode ter sido em consequência de fortes mudanças climáticas, que levaram ao resfriamento de amplas áreas no Hemisfério Norte. Por causa dessas mudanças, teria havido o esgotamento agrícola da região, o que agravou as dificuldades econômicas, que provocaram muitas lutas internas. O período pós-clássico (séculos X-XVI) é marcado pelo florescimento de centros mais ao Norte, na Península de Yucatán, como Chichén Itzá. Finalmente, os maias defrontaram-se com os conquistadores espanhóis, tendo sido por eles catequizados, embora tenham mantido sua língua e outros traços culturais, o que se comprova pelo fato de, até hoje, a população dessas regiões maias falar o antigo idioma e preservar muitos costumes e tradições milenares.

 

Subtítulo do parágrafo: 

 

Os maias desenvolveram um sofisticado sistema de escrita, usando ideogramas e sinais silábicos para grafar e registrar os acontecimentos, suas crenças e cálculos astronômicos. Sobre a observação dos astros, os conhecimentos desenvolvidos pelos maias impressionam os estudiosos até hoje, por sua grande precisão, havendo quem afirme que nunca antes, em outra civilização, os fenômenos astronômicos haviam sido observados com tanta acuidade. Um dos motivos dessa preocupação com os astros era a motivação religiosa, pois eles consideravam que a história humana e natural dependia desses cálculos precisos.

 

3) Observe a imagem reproduzida a seguir, das ruínas de Machu Picchu, cidade da civilização inca. Em seguida, pesquise informações a seu respeito e escreva uma legenda que explique seu significado histórico.

4) Pesquise em um dicionário o significado da palavra “inca” e anote a seguir.

 

5) A sociedade maia, uma das mais importantes das civilizações pré-colombianas, floresceu na região que hoje corresponde:

a) ao Uruguai, à Argentina e ao Sul do Chile.

b) ao Paraguai e à Bolívia.

c) ao México, à Guatemala, a Belize e aHonduras.

d) ao Brasil e à Venezuela.

e) aos Andes peruanos.

6) Os incas registravam atividades e acontecimentos, como cobrança e pagamentos de impostos, nascimentos e informações sobre as colheitas, em um suporte de escrita ou sistema de registro composto de cordões de diferentes cores que recebiam o nome de:

a) papiro

b) pergaminho

c) mita

d) quipos

e) algodão

 

7) Os astecas utilizavam “canteiros flutuantes”, onde plantavam milho, abóbora, feijão e pimenta. Esses canteiros eram feitos com junco, uma planta abundante na região, e cercados por estacas, recebendo o nome de:

a) terraços.

b) chinampas.

c) fortalezas.

d) canteiros.

e) adobe.

8) Pesquise em seu livro didático, enciclopédias ou sites especializados o Tratado de Tordesilhas.

_____________________________________________________________________________

ESCOLA ESTADUAL PROFª PAULINA ROSA

COMPENSAÇÕES DE AUSÊNCIA – 2016

O aluno deverá escrever todos os textos esquemáticos de forma manuscrita das aulas dadas até 20 de novembro e anexar todas as Atividades Práticas Finais abaixo de acordo com o seu ano escolar. Utilize folha de almaço. Bom trabalho!!! 

6º Ano

AULA 1

Escreva um texto de no mínimo 25 linhas explicando a importância do estudo da História.

______________________________________________

AULA 2

Cole uma foto ou faça um desenho de uma ampulheta.

______________________________________________

AULA 3

Responda as questões abaixo que estão no seu livro didático, utilize também suas anotações e os slides do nosso Portal de História se desejar.

108 – 1, 2

111 – 1

115 – DIALOGANDO 1, 2, ATIVIDADES 1 A, 1B, 2 A

116 – 5 A

117 – 1

______________________________________________

AULA 4

  • Leia o texto a seguir e grife as ideias centrais.

 Os hominídeos

Apesar de diversos estudos não sabemos quando surgiu o mais antigo antepassado do homem, mas conhecemos os restos de esqueletos de diversos animais, chamados hominídeos, que tinham algumas das características que só a espécie humana possui: andavam em pé e tinham mãos. Por 2 milhões de anos, esses hominídeos foram se tornando menos parecidos com os macacos, passaram a andar eretos com mais facilidade, suas mãos se tornaram mais hábeis, a caixa craniana aumentou, sua face ficou mais delicada. Há cerca de 200 mil anos, surgiram os primeiros antepassados diretos do homem, chamados pelos estudiosos de Homo sapiens (“homem que sabe”, em latim). Os grandes grupos étnicos atuais – negros, amarelos e brancos – formaram-se entre 40 mil e 80 mil anos atrás.

 Selecione oito palavras-chave para organizar um caça-palavras. Utilizando o lápis, espalhe pelos espaços as palavras em diversas posições: vertical, horizontal, de cima para baixo, de baixo para cima, por exemplo. Os espaços que ficarem em branco deverão ser preenchidos aleatoriamente com letras. Não se esqueça de anotar no espaço destinado ao banco de dados as palavras selecionadas, para que seu colega saiba quais palavras deverá procurar. Use lápis de cor para contornar as palavras escolhidas.

______________________________________________

AULA 5

Responda as questões abaixo que estão no seu livro didático, utilize também suas anotações e os slides do nosso Portal de História se desejar.

52 – DIALOGANDO;

58 – 1 C, 1 D, 1 E;

59 – 2 A, 2 B, 2 B, 4;

60 – 5 B, 7 A

______________________________________________

AULA 6

Em um texto único explique cada uma das imagens abaixo, descrevendo-as e relacionando uma com a outra de acordo com o conteúdo estudado.

Imagem1

Imagem2Imagem3Imagem4Imagem5

______________________________________________

AULA 7

Responda as questões abaixo que estão no seu livro didático, utilize também suas anotações e os slides do nosso Portal de História se desejar.

108 – 1, 2

111 – 1

115 – DIALOGANDO 1, 2, ATIVIDADES 1 A, 1B, 2 A

116 – 5 A

117 – 1

______________________________________________

AULA 8

Responda as questões abaixo utilizando o texto e também suas anotações.

1- Leia atentamente o texto a seguir, grife as ideias centrais e circule as palavras cujo significado você não conhece. Esses passos são fundamentais para entender o tema central do texto que você vai analisar.

 

      O Egito e o Rio Nilo

A civilização egípcia desenvolveu-se às margens do Rio Nilo, localizado no continente africano. O historiador grego Heródoto, em sua obra Histórias, escreveu: “O Egito é uma dádiva do Nilo”, o que significa que toda a vida das comunidades ali fixadas dependia do rio, e que essas comunidades entendiam que o rio era uma divindade. No vale do Rio Nilo, desde aproximadamente 7 mil anos atrás comunidades praticavam a agricultura, cultivando diversos alimentos, como trigo, alface, pepino e cevada. Acredita-se que o historiador grego Heródoto de Halicarnasso, que viveu no século V a.C, foi o primeiro a registrar que se não fossem as cheias do Nilo, não haveria áreas fertilizadas nessa região desértica, pois foi o rio, com seus sedimentos, que permitiu o plantio para a subsistência e, portanto, todo o desenvolvimento da civilização egípcia: a economia, a organização da sociedade, a estrutura política, as crenças e práticas culturais dessa população tiveram por base a sua relação com o rio. A faixa de terra fértil do Egito é estreita e se estende por poucos quilômetros beirando as margens do Rio Nilo.

 

Para ajudá-lo, destacamos algumas palavras-chave que são fundamentais para entender a ideia central do texto. Pesquise cada uma delas e retorne ao texto conferindo qual dos significados encontrados melhor se encaixa nas frases. Esse movimento de voltar ao texto é muito importante para compreendê-lo.

  1. a) Dádiva:___________________________________________________________________________________________________________________________
  2. b) Halicarnasso:______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
  3. c) Região desértica:_________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
  4. d) Subsistência:_______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

2- O espaço a seguir está reservado para as palavras do texto circuladas por você que não constam

na listagem apresentada. Anote-as e procure os significados no dicionário.

__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

3 – Registre no espaço a seguir a ideia principal e as secundárias, identificadas por ordem de importância e consideradas essenciais para a compreensão do texto.

Ideia principal:__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Ideias secundárias:______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

4 – Após a leitura, a análise do vocabulário e o levantamento das ideias principais e secundárias, chega o momento de escrever, com suas palavras, uma frase que sintetize a ideia principal do texto.

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

5 – Quais eram as principais características da religião no Egito Antigo? Quais os principais deuses do Egito Antigo?

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

6 – Os egípcios escreviam sobre diversas superfícies, mas uma, em especial, era a mais usada pelos escribas. Essa espécie de papel era produzida à base de fibras do caule de uma planta muito comum às margens do Rio Nilo. Assinale a resposta que corresponde ao nome dessa planta.

a) Lótus.

b) Papiro.

c) Bambu.

d) Tamareira.

e) Coqueiro.

______________________________________________

7º Ano

AULA 1

Escreva um texto de no mínimo 25 linhas explicando a importância do estudo da História.

______________________________________________

 

AULA 2

Responda as questões abaixo que estão no seu livro didático, utilize também suas anotações e os slides do nosso Portal de História se desejar.

    • Pág. 16 – Dialogando;
    • Pág. 18 – 1, 2, 3;
    • Pág. 23 – 2 a, 2 b, 3 a, 3 b;
    • Pág. 25 – 1, 2.

______________________________________________

AULA 3

  • Faça um painel com imagens sobre o feudalismo e escreva pequenos textos sobre as imagens (não esqueça de anotar as fontes consultadas).

______________________________________________

AULA 4

Escreva um texto com as principais informações sobre a religiosidade medieval europeia. Nesta atividade tome cuidado com os erros de ortografia e concordância. Também não se esqueça dos parágrafos. Bom trabalho.

______________________________________________

AULA 5

Reveja os slides e o vídeo desta aula e faça um pequeno mosaico sobre algum tema presente nesta situação de aprendizagem. Faça um desenho em cartolina branca, pinte-o e corte em pequenos pedaços, em seguida cole os pedacinhos em um retângulo de 12cm x 12cm.

 

______________________________________________

AULA 6

Produza um resumo com as principais informações pesquisadas em seu livro didático sobre os árabes. Bom trabalho!

______________________________________________

AULA 7

Pesquise temas relacionados às cruzadas, por exemplo Jerusalém, armamentos, cavaleiros, e muitos outros. Em seguida elabore um álbum de figurinhas colando ou desenhando imagens com pequenos textos explicativos. Faça no mínimo 12 imagens excetuando-se a capa.

______________________________________________

AULA 8

Escolha um tema (Formação de Portugal, Formação da Espanha, Formação da Inglaterra ou Formação da França) e elabore um resumo sobre o governo dos 3 primeiros reis.

______________________________________________

AULA 9

Pesquise o cotidiano de um grupo social medieval europeu e faça uma ilustração sobre o tema.

______________________________________________

AULA 10

Responda as questões abaixo que estão no seu livro didático, utilize também suas anotações se desejar.

  • Pág. 150 – 1, 2;
  • Pág. 152 – dialogando;
  • Pág. 159 – 2 a, 2 b, 2 c, 2 d, 3;
  • Pág. 160 – 2;
  • Pág. 162 – 1.

______________________________________________

  8º Ano

AULA 1

Escreva um texto de no mínimo 25 linhas explicando a importância do estudo da História.

______________________________________________

AULA 2

Responda as questões e pesquise três imagens de cada um dos temas e cole uma imagem sobre cada um dos temas:

  • Tema 1: o Poder Legislativo federal;
  • Tema 2: o Poder Legislativo estadual;
  • Tema 3: o Poder Legislativo municipal;
  • Tema 4: o Poder Executivo federal;
  • Tema 5: o Poder Executivo estadual;
  • Tema 6: o Poder Executivo municipal;
  • Tema 7: o Poder Judiciário.

a) Quem exerce esse Poder?
b) Como são escolhidas as pessoas que exercem esse Poder?
c) Qual é a duração de seu mandato?
d) Quais são as atribuições deste Poder?
e) Fontes de pesquisa:
______________________________________________

AULA 3

Elabore um caça-palavras sobre a aula 3. Reveja os slides se precisar.

caça-palavras EUA

______________________________________________

AULA 5

Utilizando seu livro didático, escolha três textos e faça um resumo abordando as principais ideias de cada um deles.

______________________________________________

AULA 6

Responda as seguintes questões utilizando os slides, seu livro didático e o vídeo abaixo.

Responda as seguintes questões:

  1. Quem foi o autor do hino nacional francês?
  2. Data da criação do hino nacional francês;
  3. Em que contexto histórico foi criado o hino nacional francês?
  4. Mensagem principal que o hino passa;
  5. Explicar quais eram os estados existentes no antigo regime e suas características;
  6. Quem eram os jacobinos e girondinos?
  7. O que foi a declaração dos direitos do homem e do cidadão e sua importância;
  8. O que foi o Golpe 18 Brumário?

______________________________________________

AULA 8

Confeccione um painel sobre o trabalho infantil a partir da Revolução Industrial, pesquisando e selecionando imagens sobre este tema. Não esqueça de anotar as fontes de pesquisa e seguir as orientações a seguir.

Título:

ATIVIDADE PRÁTICA FINAL

AULA 8

REVOLUÇÃO INDUSTRIAL E O TRABALHO INFANTIL

 

Imagens: Deverão estar distribuídas em todo o painel, de forma harmoniosa e preferencialmente coloridas (mínimo 12 imagens);

Frases contra o trabalho infantil: Deverão estar distribuídas em todo o painel, de forma harmoniosa. Poderão ser impressas ou manuscritas à caneta;

No painel deverá haver margem.

______________________________________________9º Ano

AULA 1

Escreva um texto de no mínimo 25 linhas explicando a importância do estudo da História.

______________________________________________

AULA 2

Responda baseando-se nos mapas, nos slides e no seu livro didático:

neocolonialismo

  1. Na África do Sul, uma das línguas oficiais é o inglês, outra é o zulu. Por quê?
  2. No Senegal, fala-se o francês. Por quê?
  3.  título de cada um dos mapas?
  4. A que séculos cada um dos mapas históricos se refere?
  5. Que informações podemos obter com a análise das legendas?
  6. Comparando os dois mapas, que mudanças você pôde observar?
  7. Leia o artigo a seguir, que faz parte da Ata Geral da Conferência de Berlim, de 27 de fevereiro:

Capítulo II – Declaração concernente ao tráfico dos escravos

“Artigo 9. Em conformidade com os princípios dos direitos dos indivíduos tal como eles são reconhecidos pelas Potências signatárias, estando proibido o tráfico dos escravos, e devendo igualmente as operações que, por mar ou por terra, forneçam escravos para o tráfico ser consideradas como proibidas, as Potências que exercem ou que vierem a exercer direitos de soberania ou uma influência nos territórios que formam a bacia convencional do Congo declaram que esses territórios não poderão servir nem de mercado nem de via de trânsito para o tráfico dos escravos de qualquer raça. Cada uma das Potências se compromete a empregar todos os meios disponíveis para pôr fim a esse comércio e para punir aqueles que dele se ocupam.”

 

Segundo esse artigo, qual foi a posição das potências que participaram da Conferência de Berlim no que se refere à escravidão? O que poderia explicar esse posicionamento?

 

  1. As afirmações a seguir são referentes ao Imperialismo. Assinale a alternativa correta.

I) A necessidade de novos mercados consumidores para seus produtos levou as potências industrializadas à expansão imperialista durante o século XIX.

II) A expansão imperialista do século XIX ocorreu, basicamente, em virtude do esgotamento das minas de metais preciosos na Europa.

III) As potências industrializadas necessitavam de novas áreas nas quais pudessem aplicar o capital excedente gerado pela expansão capitalista durante o século XIX.

Estão corretas:

a) todas as afirmações.

b) apenas I e II.

c) apenas I e III.

d) apenas II e III.

e) nenhuma das afirmações é correta.

______________________________________________

AULA 3

Escolha um tema e confeccione um cartaz seguindo a comanda da atividade.

Título: armas da primeira guerra mundial

Texto informativo sobre a arma pesquisada (1 pág – sulfite – arial 12 ou manuscrito)

Imagens

Gráfico com o número de mortos (canto inferior direito)

  • Número de mortos na Primeira Guerra Mundial (1914 -1918)

Alemanha 1.773.700

Império Russo 1.700.000

França 1.357.800

Império Britânico 908.371

Turquia 325.000

Temas:

  • Tema 1: Canhão de longo alcance
  • Tema 2: Morteiro
  • Tema 3: Fuzil
  • Tema 4: Metralhadora
  • Tema 5: Tanque de guerra
  • Tema 6: Submarino
  • Tema 7: Encouraçado ou couraçado
  • Tema 8: Avião
  • Tema 9: Balão dirigível
  • Tema 10: Gases tóxicos
  • Tema 11: Granada de mão
  • Tema 12: Lança-chamas

Nomes (canto inferior esquerdo)

______________________________________________

AULA 4

Utilizando seu livro didático escolha três textos sobre o assunto “Revolução Russa” e produza um resumo.

______________________________________________

AULA 5

Em um texto único explique cada uma das imagens abaixo, descrevendo-as e relacionando uma com a outra de acordo com o conteúdo estudado.

crise de 1929 e nazismo

______________________________________________

AULA 6

Escolha um dos temas e faça uma pesquisa (Trabalho deve ser manuscrito).

  • Tema 1: Guerra de Canudos
  • Tema 2: Guerra do Contestado
  • Tema 3: Revolta da Chibata
  • Tema 4: Revolta da Vacina
  • Tema 5: Cangaço
  • Tema 6: Revolta dos 18 do Forte de Copacabana
  • Tema 7: Revolução Paulista de 1924
  • Tema 8: Coluna Prestes
  • Tema 9: Greve Geral de 1917

______________________________________________

 1ª Série EM

AULA 1

Escreva um texto de no mínimo 25 linhas explicando a importância do estudo da História.

______________________________________________

AULA 2

Escreva um resumo de 20 linhas abordando os principais pontos explicados na aula 2

 

AULA 3

Responda as questões abaixo do seu livro didático e utilize também suas anotações.

13 – 1, 2

18 – 1, 2

20 – 1, 2 A, 2 B, 2 C, 2 D, 4

 

AULA 4

Responda as questões abaixo do seu livro didático e utilize também suas anotações.

43 – 1 / 2 /3

44 – 1 / 2 / 3 / 5

47 – 5 / 6

______________________________________________

 2ª Série EM

Utilizando folhas de almaço escreva todos os textos de apoio trabalhados este ano de forma manuscrita.

______________________________________________

3ª Série EM

Utilizando folhas de almaço escreva todos os textos de apoio trabalhados este ano de forma manuscrita.

Anúncios
Publicado on 17/08/2015 at 15:06  Comments (2)  

The URI to TrackBack this entry is: https://historiaja.wordpress.com/compensacoes-de-ausencias/trackback/

RSS feed for comments on this post.

2 ComentáriosDeixe um comentário

  1. Bom dia professor, o senhor passa trabalho de compensação de ausências para o 3ª ano no primeiro bimestre?

    • Olá, sim. Passarei para todos os alunos que ultrapassarem o limite de faltas. Beijos…


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: